FACULDADE PITÁGORAS

RELATÓRIO EXPERIMENTAL DE LOCALIZAÇÃO DE UMA COORDENADA PRÉ-DETERMINADA IDENTIFICANDO E DESCREVENDO SEUS IMPACTOS E ASPECTOS AMBIENTAIS

Alexandre Dias Leite

Antônia Cristina Alves

Carlos Augusto Pereira Rocha

Jamil Daniel Fonseca Silva

Josivan Loureiro Rabelo

Karla Graciane

Lucas Eduardo Aragão

Neuraci Colares Martins

Rose Vânia Pereira da Silva

Curso: Engenharia Ambiental

Disciplina: Fundamentos de Cartografia e Topografia

Turma: 313

Turno: Matutino

São Luís/MA

  • INTRODUÇÃO

Nas últimas décadas a questão ambiental tem ocupado um papel cada vez mais importante nas relações internacionais contemporâneas, onde os impactos provocados pela ação antrópica têm causado alterações significativas ao meio ambiente. Esse fato pode ser verificado pelo rápido aumento da população urbana, aliado ao desenvolvimento econômico, deixando as cidades mais sujeitas a crises periódicas ou permanentes, em razão da pobreza, da degradação ambiental associada às invasões frequentes, da má qualidade dos serviços urbanos e das precárias condições de infraestrutura, potencializando cada vez mais os problemas sociais e ambientais.

No município de São Luís, também não é muito diferente. Diante de incentivos fiscais e financeiros na área da construção civil por parte do Governo Federal e de iniciativas privadas, aliados a especulação imobiliária, cada vez mais a cidade tem se expandido e sofrido impactos negativos com o avanço da urbanização. Segundo Mafra et al (2010) “A urbanização é uma das principais fontes de devastação e destruição do meio natural atualmente. Esta, quando não acompanhada de planejamento prévio, pode proporcionar danos de tamanhos incalculáveis e irreparáveis”.

Benoni (2004, p. 213) reflete que as áreas verdes em espaços urbanos, à medida que se tornam mais raras e menores, pressionadas pelo crescimento das cidades, são cada vez mais valorizadas. O desmatamento nas últimas décadas tem sido apontado como o principal causador da remoção de cobertura vegetal, principalmente pela grande pressão urbana sobre essas áreas. No município de São Luís com ações e incentivos do governo federal grande áreas são suprimidas para a construção de empreendimentos imobiliários, e a APA do Itapiracó está inserida nesse contexto, aonde nos últimos anos vem sofrendo diversos impactos ambientais pelo crescimento urbano em sua área.

A região estudada gira em torno das coordenadas N 0587143,00 W 9721010,00. Ponto limítrofe com a Área de Proteção Ambiental do Itapiracó e está localizado no município de São Luís, Maranhão. Conta com elevadíssima densidade habitacional, sofre com a existência de práticas antrópicas que estão presentes em diferentes maneiras e em altíssimo grau, e que é evidente a presença de grande contingente de ocupações fronteiriças, além de loteamentos e conjuntos habitacionais no seu entorno e como consequência a ação de diferentes tipos de impactos ao ambiente naquela área. Mas que recentemente a região sofreu intervenções por parte do poder público com a realização da primeira etapa do Complexo Ambiental da APA Itapiracó.

O presente estudo objetivo identificar e descrever os diversos impactos gerados através da ação humana em todo o perímetro região das coordenadas predeterminadas em área adjacente da APA do Itapiracó.

  • OBJETIVO

O objetivo deste trabalho foi efetuar um diagnóstico da situação atual da Área de Proteção Ambiental de Itapiracó buscando identificar pontos para produção do mapa, assim identificar impactos por meio de interpretação visual.

  • PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

MATERIAL

  • GPS de navegação (GARMIN MODELO ETREX 10);

  • Software GPS TRACKMAKER;

  • TRACKMAR PRO;

  • Aplicativo Google EARTH;

PROCEDIMENTO

Ao se iniciar um trabalho de levantamento topográfico em campo, deve-se levar em consideração fatores que influenciam na qualidade do sinal recebido pelos satélites tais como:

  • Vegetação densa (Mata fechada)

  • Campo eletromagnético

  • Grandes concentrações de agua

  • Multicaminhamento dos sinais (Local com grandes concentrações de prédios)

Para que o receptor fixe posição é necessário que se aguarde a inicialização do sistema para resolução de 4 elementos.

As coordenadas e o sincronismo dos relógios (GPS) ressaltando que foi necessário um mínimo de 7 satélite para se ter dados confiáveis.

CONFIGURAÇÃO DO GPS

1.CONFIGURAÇÃO

    1. FERRAMENTAS

-OPÇÕES

1.2 COORDERNADAS

-GRADES RETANGULARES (CLICAR)

1.UTM

    1. DATUM (WGS 84) não substitui o sirgas 2000 que mais preciso;

    2. UNIDADES;

    3. METROS (selecionar metros como unidades de comprimento) METRO/MINUTO;

    4. ACESSAR: HORA: -3, fundamentos fuso horário de Brasília.

SISTEMAS

GPS+GLONAIS

São 24 satélites oferecidos pelo sistema norte americano, GLONAIS são os satélites russos que são 12.

Voltar a tela inicial: SATELITE/ACESSAR

Aguardamos a quantidade de satélites para se fazer a coleta do ponto. Após realizada a coleta dos dados, estas foram transferidas para o computador que foi gerado um modelo tridimensional da área.

Utilizamos os programas TRACKMAKER E TRACKMAKER para feito usuários que utilizam o GPS profissionalmente ou para fins acadêmicos, ou seja, necessitam que calculem a área, transferência de dados auxiliando também em levantamentos topográficos mais precisos, realizados com teodolito estação total e outros equipamentos topográfico de precisão.

Outra ferramenta utilizada foi o Google EARTH que é um aplicativo de mapas em três dimensões mantido pelo gigante das buscas, ele permite passear virtualmente por qualquer lugar do planeta, graças as imagens capturas por satélites.

  • RESULTADO E DISCUSSÃO

Concedido as coordenadas N 0587143,00 W 9721010,00 que foi inserido no aparelho GPS e no mesmo, foi obtido o local do ponto buscado, localizado no bairro do Parque Vitória, na cidade de São Luís/MA, precisamente no estacionamento da reserva itapiracó, com a confrontante ao Norte da Av. Celso Coutinho, ao Oeste localiza-se o posto de saúde Djalma Marques, ao Leste tem-se a junção da pista de skate da reserva itapiracó e ao Sul localiza-se a parte vegetativa da reserva.

Figura - local exato da localização da coordenada pré-determinada

Observando a área das coordenadas obtidas, com uma área de 4573 km² é capaz de concluir que uma cota da reserva foi desmatada para a construção da calçada do parque, pista de skate, estacionamento e quadras poliesportivas. Além desses fatores foi observado que no ponto 1, com as coordenadas N 0587143,00 W 9721010,00 foi desmatada uma grande extensão de mata nativa para a construção do estacionamento da reserva e colocado bloquetes de concreto sobre o solo, dificultando assim a infiltração dá água da chuva no solo e impedindo a formação do mesmo.

Figura - estacionamento em torno da coordenada.

Na área 3, com as coordenadas N 0587188,37 W 97211016,52 localizado ao Leste ouve desmatamento dá área para a construção de pista de skate com as seguintes coordenadas N 0587176,00 W 9721017,00.

Figura - pista de skate.

Na área 4, com as coordenadas N 0587124,65 W 9720961,99 ao Sul, na parte posterior do posto de saúde e do estacionamento foi observado que a uma área de compensação ambiental para tentar compensar o desmatamento da área no local, com as seguintes coordenadas da área de compensação N 0587136,13 W 9720986,54.

Figura - área de compensação.

Posterior ao ponto 1 N 0587143 W 9721010,00 e ao local poluído pelos resíduos sólidos com as coordenadas N 0587167,00 W 9721007,00 ao Sul foi observado que a bastante resíduos espalhados pela mata nativa, assim ameaçando a fauna e flora da reserva.

Figura - pista de cooper e vegetação.

Figura - resíduos sólidos na área.

Figura - degradação da área.

Figura - resíduos sólidos dentro da área da vegetação.

Na área de estudo foram identificados diversos impactos ambientais decorrentes das atividades exercidas no local e no seu entorno. Impacto ambiental pode ser definido como qualquer alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do meio ambiente, além desses fatores foi constatado que no local estudado a uma vasta quantidade de lixeiras acopladas em postes de iluminação, compreende-se que os usuários do local desqualificam as lixeiras, ocasionando assim a poluição pela localidade.

Figura - área desmatada para construção da pista de skate.

Outro impacto observado é a veiculação de resíduos sólidos na drenagem dá água, como no local tem uma vasta quantidade de resíduos sólidos e orgânicos como folhas pode acarretar o entupimento na área de drenagem do esgoto da reserva, pode-se evitar esse fator conscientizando todos que frequentam o local e também executar a coleta de resíduos orgânicos pelo órgão responsável pela limpeza da reserva.

Figura - ferramenta de drenagem.

  • CONCLUSÃO

Tendo em vista os aspectos observados foi possível identificar os impactos ambientais decorrentes de obras civis que foram implantados numa área de preservação ambiental de alta complexidade, como é a APA do Itapiracó, é previsível constatar que ocorreu eventuais impactos ambientais negativos, pela remoção de uma pequena parte dá cobertura vegetal pra intervenções estruturais, e consequentemente levaram a pequenas alterações dá biota. Porém vale ressaltar, que todos os esforços foram direcionados com a finalidade de minimizar os impactos, que não provocassem interferências capazes de causa desequilíbrio no comportamento dá fauna, flora e nem altera - se negativamente a rotina das comunidades do entorno.

  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

MAFRA, G. A. et al (2010). “Impactos socioambientais decorrentes do processo de urbanização

sofridos pela Área de Proteção Ambiental do Itapiracó, São Luís – MA”. Disponível

em: <http://www.agb.org.br/evento/download.php?idTrabalho=1902>. Acesso em: 01 dez 2017.

BONONI, V. L. R. Controle ambiental de áreas verdes (2004). In: PHILIPPI JR, A.; ROMÉRO, M. de A.; BRUNA, G. C. Curso de gestão ambiental. 1 ed. Barueri: Manole. 1050 p.

ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL DO ITAPIRACÓ: EVOLUÇÃO DO USO E COBERTURA DO SOLO NO PERÍODO DE 1999 A 2010 EM SÃO LUÍS MA. Acesso em: 01dez2017

ANEXO

Comentários