Desafio Profissional Amor de Bebe

Desafio Profissional Amor de Bebe

DESAFIO PROFISSIONAL: PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIAS PARA UMA FÁBRICA DE MAMADEIRAS



ACADÊMICOS:

TUTOR DISTÂNCIA

TUTOR PRESENCIAL

CIDADE/ESTADO

UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP

CENTRO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

POLO

CURSO ADMINISTRAÇÃO

2017

DESAFIO PROFISSIONAL: PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIAS PARA UMA FÁBRICA DE MAMADEIRAS

Desafio Profissional - apresentado ao curso superior de Administração da Anhanguera Educacional Uniderp, como requisito parcial para a obtenção de média semestral nas disciplinas de Gestão da Qualidade, Administração de Materiais e Logística, Pesquisa Operacional, Jogos de Empresa e Dinâmica Competitiva.

Tutor (a) à distância:

Tutor Presencial:

CIDADE/ESTADO

UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP

CENTRO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

POLO

CURSO ADMINISTRAÇÃO

2017

SUMÁRIO

  1. Introdução.......................................................................................................4

  2. Análise Geral da Organização.................................................................5

    1. Onde Estamos.....................................................................................5

      1. Quem Somos..............................................................................5

      2. Missão.........................................................................................5

      3. Visão...........................................................................................5

      4. Stakeholders...............................................................................5

      5. Tendências de Mercado............................................................5

      6. Análise SWOT (Matriz FOFA).................................................6

    2. Para Onde Vamos..............................................................................7

    3. Como Chegaremos Lá........................................................................8

  3. Resolução de Problemas..........................................................................9

  4. Tratando da Qualidade do Produto......................................................12

  5. Lidando Com a Concorrência................................................................14

  6. Previsão do Lucro Operacional............................................................15

  7. Conclusão.................................................................................................20

  8. Referências...............................................................................................21

  1. Introdução

O presente trabalho visa resolver o desafio profissional proposto. Ricardo é um administrador contratado pela fábrica de mamadeiras Amor de bebê para analisar e resolver os problemas encontrados na organização. A empresa Amor de Bebê é uma fábrica de mamadeiras familiar, presente no mercado há cinco anos, que encontra-se com graves problemas administrativos que têm prejudicado imensamente o andamento dos processos produtivos e o andamento da empresa. Nas páginas seguintes serão apresentadas estratégias para a resolução de cada passo do desafio. Ao final, somadas todas as soluções propostas é esperado que os problemas sejam resolvidos satisfatoriamente, trazendo o sucesso econômico e o destaque no mercado infantil à Amor de bebê.

  1. Análise Geral da Organização

    1. Onde Estamos?

      1. Quem Somos

Presente há cinco anos no mercado infantil, a amor de bebê é uma empresa familiar que atua na fabricação de mamadeiras. Nos últimos anos, a presente organização vem passando por diversos problemas relacionados à gestão administrativa e na competitividade de mercado.

      1. Missão

Crescer no mercado infantil, proporcionando desenvolvimento e crescimento aos fornecedores e clientes, com responsabilidade social de manter preços justos e competitivos.

      1. Visão

Conquistar e manter a confiança e apreço dos clientes, proporcionando às crianças produtos de qualidade que permitam um saudável desenvolvimento infantil.

      1. Stakeholders

A organização Amor de bebê possui alguns stakeholders; Dentre os quais se inclui primeiramente a empresa concorrente, que atua no sentido contrário à empresa analisada, sendo um dos mais importantes agentes que alteram algo na organização. Há também os fornecedores, que são de suma importância na produção das mamadeiras exercendo papel crucial na qualidade e prazos de entrega dos produtos. Além dos citados, um importante grupo de stakeholders são os clientes; Pode-se dizer que são os principais, pois são aqueles que mantêm as vendas da empresa, fazem com que a organização altere seus preços, políticas e até mesmo o formato e aparência dos produtos. Outros sim, existem ainda outros agentes que influem no funcionamento organizacional, como a família proprietária, o Estado e também sindicatos que regem os funcionários.

      1. Tendências de Mercado

Analisando as tendências do mercado, é visíveis que, com o advento da globalização, os pais se tornaram cada vez mais exigentes quanto aos produtos oferecidos a seus filhos. Portanto, a funcionalidade e praticidade são cruciais para os mesmos na hora da escolha do produto. Sendo assim, a Amor de bebê deve buscar formas inovadoras, com multifuncionalidade nas mamadeiras, resistência e adaptabilidade ao dia a dia da criança.

      1. Análise SWOT (Matriz FOFA)

Segundo o artigo da administradora Gilles B. de Paula, Matriz SWOT ou Matriz FOFA: utilizando a Análise SWOT para conhecer as cartas do jogo e aumentar as chances de vitória de sua empresa, a análise SWOT, ou matriz FOFA, consiste numa ferramenta de muita utilidade à gestão empresarial para conhecer a organização, enxergando aqueles pontos onde deve exercer melhorias e como deve exercer o planejamento organizacional.A análise consiste em forças, oportunidades, fraquezas e ameaças. Na fábrica Amor de bebê, há como força a experiência de mercado dos proprietários. Com essa experiência no ramo, a empresa deverá buscar aperfeiçoar tais conhecimentos, além de promover treinamentos a partir dos proprietários para os funcionários, melhorando assim, o andamento da produção, além de gerar uma boa convivência com os colaboradores da organização. Dentre as fraquezas, a Amor de bebê possui a falta de documentação dos processos internos, que acaba por gerar falta de inspeção de qualidade nos produtos, atrasos nas entregas, e uma enorme deficiência, que além de atrasar, ainda torna a mercadoria mais cara, o que faz com que o produto seja menos competitivo no mercado. Outro ponto fraco é a constante quebra de equipamentos; a presente organização deve, de forma imediata, rever a qualidade de seu equipamento, fazendo os investimentos necessários, a fim de levar melhorias ao processo produtivo. Além disso, há também as Oportunidades. Com a variedade de produtos, as tendências ao mercado infantil crescem constantemente, buscando, principalmente praticidade e inovações. Portanto, isso é uma oportunidade para haver inovações na empresa, que vão desde o atendimento aos clientes até novidades no produto final, como formato das mamadeiras, a decoração e mesmo o formato dos bicos. Entretanto, também existem as ameaças, sendo a principal delas a concorrente instaurada, que levou consigo metade dos clientes da amor de bebê. Cabe à organização fazer a análise da concorrente, fazendo um levantamento da qualidade de seus produtos, o perfil de seus consumidores, seus preços, suas inovações, para que assim, possa entrar naqueles pontos fracos da concorrente, trazendo consigo de volta os clientes perdidos e, assim, aumentando os lucros.

Fatores Internos

Fatores Externos

Pontos Fortes

FORÇAS

Experiência no Ramo

OPORTUNIDADES

Tendências de Mercado

Pontos Fracos

FRAQUEZAS

Não Documentação de Processos

Equipamentos Deficitários

AMEAÇAS

Fábrica Concorrente

Tabela 1 - Análise SWOT

    1. Para Onde Vamos?

Dentre o cenário das tendências do mercado infantil, uma forte vertente é o uso de produtos temáticos, tendo personagens estampados. Segundo artigo do site www.administradores.com.br, produtos dessa natureza têm um potencial de venda que pode chegar a 20% a mais que outros produtos semelhantes, mas sem a estampa de personagens. Além disso, outra forma de expandir o negócio e ir além das mamadeiras. Com uma variedade maior de produtos o público-alvo é aumentado e, consequentemente, com o devido planejamento, as vendas também. Sendo assim, é necessário se pensar em outros produtos voltados ao mercado infantil como chupetas, por exemplo. Outros sim, deve-se investir num controle de estoque, usando o estoque mínimo, para que o capital não fique parado. Entretanto, esse estoque deve ser precisamente calculado, para que novas matérias primas sejam recebidas a tempo da produção, com o cuidado de não acumulá-las. Sendo assim, se faz necessário o investimento num profissional especializado no controle de estoque, para fazer o planejamento do mesmo, com os devidos cuidados. Faz-se necessário, também, a análise e pesquisa de fornecedores, buscando preferencialmente aquele que faz as entregas das matérias primas no tempo correto, sem atrasos juntamente com um baixo custo. Isso acarretará na redução dos custos de produção, tornando o produto extremamente competitivo no mercado. Da mesma forma, devem-se buscar formas de documentar os processos da organização. Somente com os processos documentados é que se pode fazer a análise dos possíveis erros cometidos pela gestão da empresa e torna-los aprendizados e, também, analisar aquilo que fez a organização crescer e, assim, fazer-se repetir tais ações, de forma a gerar desenvolvimento organizacional.

    1. Como chegaremos lá?

Além de definir os objetivos, é necessário também encontrar os caminhos para alcançá-los. Primeiramente, deve-se fazer uma pesquisa de mercado consumidor, a fim de verificar qual será a aceitabilidade dos produtos temáticos. Além disso, é preciso verificar quais são aqueles personagens infantis mais aceitos do mercado, com o intuito de aferir quais serão os com maior demanda, e assim, investir em maiores quantidades de tais produtos, de forma a aumentar os lucros. Do mesmo modo, a pesquisa de mercado deve levantar também a demanda de outros produtos que serão fabricados, buscando investir naqueles com melhores tendências, como as chupetas com formatos variados. As chupetas personalizadas tem uma tendência a serem aceitas, devido ao quesito novidade, que comumente chama a atenção do consumidor e também das crianças, o que tenderá a levar ao consumo. Para que tais objetivos sejam alcançados se faz preciso o investimento em algumas máquinas, além de treinamento de funcionários para a capacitação para fabricação de novos produtos. Além disso, um caminho importante será o marketing dos novos produtos, preferindo pela visibilidade das mídias sociais. Como afirma o site www.administradores.com.br, o marketing digital é uma forte tendência e é uma ferramenta inovadora, mais barata, com um grande número de receptores, que, além disso, é possível fazer a seleção do público-alvo, tornando a propaganda mais eficiente. Deve-se atentar pela criação de um site para a fábrica Amor de bebê, com layout atrativo e criativo, a fim de atrair os clientes. Igualmente, é de suma necessidade o cadastro de perfis em redes sociais, fazendo postagens constantes dos produtos ofertados. Por fim, cabe frisar que nada disso será eficaz se o produto for inferior ao da concorrência, sendo assim é necessário fazer a análise do concorrente, buscando ofertar um produto, superior, ou, no mínimo, do mesmo nível que a empresa adversária, e, se possível um preço mais atrativo ao público consumidor. Desse modo, o marketing digital será extremamente eficiente e, posteriormente, mais eficaz, aumentando a demanda de produtos e, consequentemente, os lucros da organização.

  1. Resolução de Problemas

Para alcançar metas estabelecidas se faz necessário a resolução problemas encontrados na organização. Primeiramente, deve-se tratar o problema da documentação de processos. Foi identificado que os processos não são documentados, o que impossibilita o acompanhamento do histórico operacional. Consequentemente, não há formas de fazer a análise dos resultados obtidos com possíveis alterações nos processos de fabricação. Quando há prejuízos, sem a documentação, torna-se complexa a identificação do que fez com que isso acontecesse. Da mesma forma com lucros; no momento em que aumento dos lucros é identificado, com a ausência da documentação dos processos, torna-se difícil executar a identificação da causa do aumento dos lucros na produção, fazendo com que torne difícil a repetição das ações causadoras de tal fenômeno. A fim de que os processos sejam corretamente documentados se faz necessária aplicação da Gestão de Documentos. Com base no artigo “Gestão Documental: Vantagens Para sua Empresa”, do endereço virtual www.grupomex.com.br, é possível dizer que a Gestão de Documentos é de extrema importância para o andamento organizacional, no que diz respeito ao acesso de informações rápidas, práticas e claras. Portanto, vê-se a importância da documentação digitalizada e arquivada em banco de dados. Com os arquivos digitalizados é possível se estabelecer um sistema de informações de acesso rápido e fácil, o que torna os processos mais rápidos e acelera a tomada de decisões. Além disso, o uso da digitalização documental reduz custos na organização; custos esses provenientes desde o tempo dos colaboradores dedicados à procura de documentos físicos, até os elevados gastos com papéis, impressões e até mesmo o espaço utilizado para o armazenamento dos mesmos. Sendo assim, se vê a necessidade da instalação de software de Gestão Documental, a fim de que tais progressos obtenham êxito. Além disso, outro grave problema é em relação a diversas pausas mensais na produção, devido a problemas no maquinário e falta de controle do estoque de matérias primas. Primeiramente, deve ser tratado o problema em relação às máquinas. De modo inicial, deve-se contratar uma equipe especializada em cada máquina para fazer uma avaliação da situação do maquinário, e realizar as devidas manutenções. Deve-se, também, adotar um sistema de Gestão semelhante ao utilizado na fábrica Lolly Baby. O sistema da organização citada é composto por diversos terminais, um instalado em cada equipamento, que informa qual o funcionário que a opera, mede a produção do equipamento, avalia a qualidade da peça produzida e calcula a eficiência da máquina. Com tal sistema, possíveis problemas podem ser identificados antes mesmo de gerarem consequências ao andamento, e assim, poderão ser resolvidos sem necessidade de pausas na produção. A tal sistema deve ser adicionado um mecanismo que meça a quantidade de matéria prima restante, calcule por quanto tempo ela ainda durará e alerte o operador, com uma hora de antecedência, a necessidade de inserção de mais material. Juntamente a isso, a Amor de bebê deve, também, fazer o controle de estoque. A falta de matérias primas constantemente causa paradas na produção. A fabricação só retorna ao se conseguir mais material, que é solicitado a um fornecedor com prazo de entrega de até dois dias, entretanto, com maiores valores. Dessa forma, o custo de produção é elevado, fazendo com que tal aumento seja repassado ao produto final, que se torna mais caro e, logicamente, menos atrativo no mercado. Entretanto, manter grandes quantidades do material nos estoques também é prejudicial, pois acumular estoque é sinônimo de manter capital parado, que consequentemente, causa grandes prejuízos à organização. Como é dito no site www.logicainfo.com.br: A administração do controle de estoque deve minimizar o capital total investido em estoques, pois ele é caro e aumenta continuamente, uma vez que, o custo financeiro também se eleva”. Sendo assim, o controle correto deve ser feito. Com a quantidade de uma tonelada de polipropileno são produzidas 40 mil mamadeiras. Entretanto, a mesma quantidade de silicone produz 200 mil bicos. Sendo assim, com a quantidade necessária para a produção de uma mamadeira é possível a produção de 5 bicos de silicone. Portanto, não devem ser compras quantidades iguais do mesmo material. Ou seja, deve se aplicar a compra na projeção 1:5. Por exemplo, ao se comprar uma tonelada de silicone para a produção dos bicos, deve se comprar também cinco toneladas de polipropileno, sendo possível, assim, a produção de 200 mil mamadeiras completas (corpo de polipropileno e bico). De forma alguma deve faltar matéria-prima para a produção, para não haver paradas. Para isso, primeiramente é preciso saber o que se tem no estoque; fazendo o controle de entrada e saídas isso é possível. Utilizando um software, deve ser registrado imediatamente todas as entregas que o fornecedor fizer, registrando também as quantidades exatas. Da mesma forma, ao se utilizar o material, o registro deve ser executado, de forma que a qualquer momento se possa verificar a quantidade de matéria-prima ainda disponível no almoxarifado. É preciso também, se atentar para que não ocorram acúmulos no almoxarifado, pois o material parado significa capital de giro em estagnação. Tal capital enquanto está parado poderia ser utilizado em outras áreas da empresa, trazendo lucros. Portanto, material parado é sinônimo de prejuízos. Segundo o SEBRAE, uma das formas de encontrar o equilíbrio e produzindo a partir das metas de venda. Fazendo uma projeção das vendas é possível fazer a fabricação das mamadeiras conforme essa quantidade. Outros sim, é de saber comum que possíveis contratempos podem ocorrer, como atrasos da entrega do fornecedor, aumento repentino nas vendas (acima da meta), matéria-prima inadequada, entre outros. Portanto, é preciso ter um estoque de segurança para que a produção não seja interrompida. Exemplificando, supondo-se que a demanda da fábrica seja de 10 mil mamadeiras por dia. Para a produção dessa quantidade são necessários 250 quilogramas de polipropileno e 50 quilogramas do material de silicone. Levando em consideração, que após o pedido, os fornecedores dos materiais demorem cinco dias corridos para a entrega dos materiais, nesse período entre o pedido e a entrega, serão utilizados pela fábrica 1250 kg de polipropileno e 250 kg de silicone. O estoque de segurança deve ser suficiente para suprir a falta de materiais por dois dias. Portanto, nesse caso, o pedido deve ser feito exatamente no momento que ainda restarem 350 kg de silicone, e 1750 kg de polipropileno, sendo estoque de segurança 100 kg de silicone e 500 kg de polipropileno.

Gráfico 1 – Quantidade de Matéria-Prima x Tempo

Como os materiais não são perecíveis, eles podem ficar estocados nesse período (7 dias) sem prejuízos para sua qualidade. Além do mais, a organização estará atendendo seus clientes de forma satisfatória e sem atrasos, recuperando a confiança do consumidor.

  1. Tratando da Qualidade do Produto

A fábrica Amor de bebê encontra-se num cenário complexo, onde os últimos lotes de mamadeiras produzidas foram reprovados pelo INMETRO, por não atenderem às especificações do produto. Uma das mais prováveis causas de tal situação é a ausência da gestão de qualidade na empresa. Geralmente, para fazer a inspeção de qualidade ela recorre a serviços terceirizados para realizar as verificações, o que torna o processo mais caro, lento e prejudicial à organização. O termo qualidade visa muito mais que apenas o produto propriamente dito. A Gestão de qualidade deve buscar formas para que o produto tenha qualidade intrínseca, atendendo às especificações legais e cumpra o objetivo da utilidade e qualidade a qual é destinado. Além disso, o bem produzido deve atender por completo às necessidades do cliente, sendo um produto agradável útil e satisfatório. Da mesma forma, os stakeholders devem também ter suas necessidades atendidas, pois são participantes ativos nos resultados obtidos na organização. Consequentemente, quando bem aplicada, a Gestão de Qualidade gera diversos benefícios para a empresa. Primeiramente, os custos de produção são consideravelmente reduzidos, levanto em conta a quantidade de matéria-prima economizada, com a diminuição dos desperdícios. Igualmente, a competitividade da organização é melhorada, ganhando a confiança no mercado, oferecendo produtos de qualidade. E, logicamente, com a competitividade melhorada, a clientela também será aumentada. O INMETRO exige que seja possível a análise de exemplares dos produtos. Para isso, o órgão disponibiliza de aos fabricantes dois modelos de certificação: 5 e 7. O modelo de certificação 5 consiste em auditorias na fábrica e retirada de exemplares no comércio. Já o modelo de certificação 7 é mais simplificado, e implica no ensaio de lote produzido. No cenário encontrado na equipe da Amor de bebê, é mais vantajoso optar pelo modelo de certificação 7, pois os últimos lotes foram reprovados na avaliação, portanto, a fabricação de novos lotes, aplicando a gestão de qualidade fará com que o produto final se torne aceitável e aprovado na nova certificação dos mesmos, garantindo aos produtos uma qualidade intrínseca, atendendo às especificações do INMETRO. Os lotes reprovados apresentaram falhas quanto às normas da ABNT NBR 13793/2012 no que concerne à resistência térmica das mamadeiras. Portanto, a Amor de bebê deve fazer a revisão completa do seu processo de produção analisando qual a fonte da falha. Resolvendo o problema no início, ficará mais simples e rápida a verificação dos lotes, evitando assim a perda de futuros produtos. Uma das prováveis causas da falha é a falta de documentação e padronização dos processos, problemas esses que foram apresentadas soluções no ponto 3 desse desafio. Juntamente a isso, o ambiente de produção pode estar afetando o desempenho do corpo de colaboradores, principalmente no período do processo de produção que enquadra a conferência de resistência às mamadeiras. Deve ser analisada também a matéria prima que é recebida do fornecedor. Com um material sem qualidade é impossível produzir mamadeiras com qualidade e resistência. Em um caso mais radical, de persistência da falta de qualidade da matéria-prima, deve ser cogitada a troca planejada do fornecedor. Igualmente, devido aos problemas frequentes no maquinário, as máquinas com falta de manutenção podem estar afetando a qualidade final das mamadeiras. Da mesma forma da documentação, a proposta de solução para a questão da manutenção do maquinário também foi apresentada no ponto 3 do presente desafio. Da mesma forma, existe a possibilidade da soma dos fatores apresentados anteriormente estarem colaborando para o problema mostrado. Logo após resolver o problema da qualidade, devem-se buscar formas de descartar os lotes reprovados de forma sustentável. De início, é necessário fazer a desmontagem das mamadeiras, separando o polipropileno do silicone. O polipropileno se trata de um termoplástico, portanto pode ser aquecido, se tronando maleável, sendo matéria-prima para outros produtos. Da mesma forma o silicone; antes de tudo, o silicone é um tipo de borracha, portanto, pode ser derretido e remodelado para a fabricação de outros produtos. Contudo, a Amor de bebê deve levar esse serviço de descarte a uma empresa de reciclagem, vendendo os lotes para a mesma. Para a fábrica analisada fazer tal reciclagem levaria tempo causando até mesmo possíveis prejuízos. Ao vender as mamadeiras à reciclagem, a Amor de bebê irá economizar tempo e capital, além de cumprir seu papel social de preservação do meio ambiente.

  1. Lidando com a concorrência

Dentre as diversas dificuldades enfrentadas pela organização, sem dúvidas, uma das maiores é a questão da empresa concorrente. Essa adversária, por diversos fatores arrebatou 50% dos clientes da fábrica. Tal perda de clientela é extremamente prejudicial à empresa, pois representa uma significativa perda de vendas e, consequentemente, lucros. Caso a atual situação permaneça e a concorrente não invista em estrutura, cada organização ficará com a quantidade de clientes que está. Entretanto, se as devidas mudanças obtiverem sucesso, será possível recuperar pelo menos 20% dos clientes perdidos, caso a concorrente também faça investimentos em infraestrutura (ficando a Amor de Bebê com 60% dos clientes e a antagonista com os 40% restantes). A melhor situação para a fábrica será com as mudanças feitas corretamente, com a adversária ficando para trás, sem investir em infraestrutura. Nesse cenário, a concorrente ficará apenas com 30% da clientela, enquanto a Amor de Bebê terá 70%. Entretanto, cabe frisar que não é interessante depender da falha do concorrente para manter os clientes. Sendo assim, as mudanças devem ser feitas o mais rápido possível, para assim reaver a clientela perdida e melhorar a situação econômica e financeira da organização. Em “A Arte da Guerra”, Sun Tzu diz:

Se conheceres os demais e te conheceres a ti mesmo, nem em cem batalhas correrás perigo; se não conheces os demais, porém conheces a ti mesmo, perderás uma batalha e ganhará outra; se não conheces a os demais nem te conheces a ti mesmo, correrás perigo em cada batalha (SUN TZU, 2012, p.18).

Sendo assim, no intuito de conquistar o payoff (recompensas do jogo empresarial, que no caso, são os clientes), é necessário que a organização tenha conhecimento de todos os seus processos efetivamente e realize as devidas mudanças necessárias, o mais rápido possível. Além disso, para ser líder no mercado local, a Amor de Bebê deve conhecer ao máximo a concorrente, entendendo seus pontos fracos e atacando-os. Nesse competitivo jogo empresarial de luta pela hegemonia de mercado, é indispensável investir em inovações. Uma estratégia viável é a fabricação de chupetas personalizadas. Tal produto consiste em chupeta, com bico comum, entretanto com a base personalizada. Tal base pode ser em formato de lábios, com grandes dentes, cores fluorescentes, bocas de animais, rosto de personagens de desenhos animados, escudo de clubes de futebol, dentre outros. Outra personalização atrativa é fazer alguns lotes de chupetas com os nomes mais comuns na atualidade. Com essa novidade, os familiares se sentirão atraídos pela pessoalidade que a chupeta oferecerá à família, contendo o nome do bebê em questão. A ideia central é atrair os pais, com esses formatos, aumentando a compra dos produtos oriundos da Amor de Bebê. Um erro que acontece na empresa é a não diferenciação da clientela; que pode ser dividida em clientes frequentes, casuais ou potenciais. Os clientes frequentes são aqueles que compram constantemente e mantêm certa fidelidade, casuais consistem naqueles que compram ocasionalmente o produto e, por fim, potenciais, que são possíveis compradores. Provavelmente, na Amor de Bebê foram perdidos clientes do grupo de clientes frequentes. Para esse grupo, uma ferramenta para reconquistar os clientes perdidos é o contato direto. Tal estratégia deve ser executada pelo setor de marketing da organização. Caso sejam revendedores (como lojas de produtos infantis ou supermercados) devem-se enviar e-mails atrativos, fazer ligações, além de, se necessário, enviar representante da organização, mostrando novos produtos e fazendo ofertas promocionais. Dessa forma, o cliente se sentirá importante para a empresa, e será atraído de volta. De igual modo, deve-se atentar aos clientes casuais perdidos, que podem ter se tornado frequentes à concorrente. Esses devem enxergar qualidades nos produtos da Amor de Bebê, que não estão na concorrente. Tal diferença pode ser demonstrada na qualidade do produto e na inovação. Da mesma forma, é importante buscar os potenciais consumidores. Para eles, deve se utilizar o marketing digital. Essa nova ferramenta de conquista de mercado está crescendo rapidamente no cenário da atual revolução tecnológica. A maioria dos potenciais consumidores permanece conectada durante horas por dia, e é nesse contexto que o marketing digital deve agir, investindo em propagandas em redes sociais, com anúncios atrativos ao consumidor. Em consequência das ações citadas, a Amor de Bebê irá concorrer de maneira forte no cenário, conquistando a hegemonia de mercado local.

  1. Previsão de Lucro Operacional Mensal

Uma importante tarefa é fazer a previsão do lucro mensal da organização. Para tal fim, serão analisados cinco diferentes valores de venda: 4, 5, 6, 7 e 8 reais. No intuito de calcular o lucro, é necessário saber a demanda, com preços de venda. A equação da demanda(z) é: Z= 10000 – 3000x + 3000y, em que x é o preço de venda da Amor de Bebê e y é o preço de venda médio da concorrência, que é dado como R$ 6,00. Sendo assim, a equação pode ser reescrita da seguinte forma: Z = 10000 – 3000x + 3000*6, ficando, por fim: Z = 10000 – 3000x + 18000. Desse modo, é possível fazer uma previsão de lucro mensal com cada valor. Calculando primeiramente a demanda, com o valor da demanda, estima-se o custo e o montante total da venda. Usando o valor do montante e subtraindo o custo total, tem-se o lucro mensal.

Com o valor de venda de 4 reais por unidade, tem-se a equação da demanda: Z = 10000 – 3000*4 + 18000. Realizando as devidas operações, é obtido o resultado de uma demanda total de 16 mil unidades.

Z = 10000 – 3000*4 + 18000

Z = 10000 – 12000 + 18000

Z = - 2000 + 18000 Z = 16000

Portanto, com o resultado da demanda, é possível fazer a estimativa do lucro mensal da empresa.

Tabela 2 - Cálculo do Lucro, aplicando valor unitário de 4 R$

Com os dados obtidos, fica visível que, apesar da alta demanda, 16 mil unidades, efetuar vendas com esse valor é pouco viável, pois os lucros são extremamente baixos. Comparando com o custo total de produção das 16 mil unidades, o lucro de 1.200 reais corresponde apenas a, aproximadamente, 1,91% do custo total de produção, que é 62.800 reais. Da mesma forma, pode ser calculado o valor total da demanda e o lucro, a partir de um preço estimado de venda de cinco, seis, sete e oito reais:

Tabela 3 - Cálculo do Lucro, aplicando valor unitário de 5 R$

Nessa projeção, a demanda cai de 16.000 unidades para 13.000 unidades, uma redução significativa, de 18,75%. Entretanto, o lucro tem um enorme crescimento, partindo de 1.200 R$, para 12.100 R$. Portanto, é mais viável que a proposta de efetuar vendas no valor de 4 reais.

Tabela 4 - Cálculo do Lucro, aplicando valor unitário de 6 R$

Num primeiro olhar, esse valor de venda seria o mais aconselhável, pois, apesar de uma demanda menor, o lucro final acaba sendo maior, devido às reduções de custo. Entretanto, numa melhor análise, é possível ver que a concorrente também aplica o mesmo valor de venda, o que acaba dificultando a escolha desse valor de venda.

Tabela 5 - Cálculo do Lucro, aplicando valor unitário de 7 R$

Adotando o valor de venda de 7 R$ por unidade, a empresa pode ser amplamente prejudicada. Primeiramente, o lucro e diminuído em relação ao valor anterior, de 6 R$, com redução de 1.100 R$ em relação ao lucro anterior (17.000 R$). Igualmente, a questão da luta com a concorrência é prejudicada. A partir do momento em que a empresa adversária pratica um preço menor que a local, essa perde parte da clientela. Na atual situação da Amor de Bebê, uma possível perda de clientes e inaceitável, pois metade dos antigos compradores já foi perdida para tal a organização concorrente.

Tabela 6 - Cálculo do Lucro, aplicando valor unitário de 8 R$

De igual modo ao valor anterior de 7 R$ por unidade, a escolha do valor de venda de 8 reais é totalmente inviável. De início, a demanda para esse valor é extremamente baixa, apenas 4 mil unidades. O que torna o lucro baixo, em relação às outras propostas de valores de venda. Comparado com a opção de venda a 5 R$, o lucro será, aproximadamente, 3.300 R$. Portanto, dentre os valores propostos, essa não é a melhor opção, pois, além de ter uma rentabilidade menor, a batalha com a concorrência também é prejudicada. Sendo assim, entre todos os valores propostos, a melhor opção é estabelecer o valor unitário de venda da mamadeira a 5 R$ por unidade. Isso se dá pelo fato da concorrente aplicar um valor de venda de 6 R$, o que torna inviável a Amor de Bebê praticar esse valor. Caso fizesse as opções de 7 ou 8 reais, a concorrente ganharia essa disputa, por praticar um preço menor. Entretanto, com um valor baixo como a opção de 4 R$ a unidade, apesar da demanda ser a maior, o lucro seria extremamente baixo (apenas 1.200 R$), causando o descarte dessa opção. Dessa forma, fica como melhor, a venda com o preço unitário de 5 R$.

  1. Conclusão

Estando presente num cenário econômico complexo e desafiador, a empresa Amor de Bebê terá ainda muitos desafios pela frente. Entretanto, aplicando as soluções propostas em cada ponto, a organização terá uma força e competitividade maior no mercado.

Para sobreviver no mercado, se faz necessário aplicar as mudanças o mais rápido possível, ganhando cada vez mais força na disputa empresarial. É preciso conhecer a organização, reconhecer os principais problemas e resolvê-los. Igualmente, como há uma concorrente forte, é imprescindível que a mesma seja analisada, de modo que se faça possível concorrer de forma forte, para ganhar a liderança de mercado. Por fim, é mister alcançar uma grande demanda dos produtos, mantendo os atuais clientes, conquistando novos e recuperando aqueles que foram perdidos.

Com todos os pontos apresentados, fica visível a extrema necessidade da aplicação de uma gestão administrativa de qualidade, pois, sem essa, a organização é extremamente prejudicada, perdendo clientes, mercado e lucro, correndo o iminente risco de chegar à falência.

  1. Referências Bibliográficas

Análise SWOT ou Matriz FOFA: Utilizando a análise SWOT para conhecer as cartas do jogo e aumentar as chances de vitória de sua empresa. Disponível em: <https://www.treasy.com.br/blog/matriz-swot-analise-swot-matriz-fofa> Acesso em: 22 Setembro de 2017.

CARVALHO, Marly M. de; PALADINI, Edson P. (orgs.) et al. Gestão da Qualidade: Teoria e Casos. 2ª ed. Rio de Janeiro: CAMPUS, 2012.

Confira Como a Mamadeira da Lolly Baby é Fabricada. Disponível em: < https://exame.abril.com.br/negocios/confira-como-a-mamadeira-da-lolly-baby-e-fabricada/> Acesso em: 29 Setembro 2017.

Controle de Estoque de Matérias-Primas. Disponível em: < http://www.logicainfo.com.br/noticias/150/controle-de-estoques-de-materias-primas/> Acesso em: 25 Setembro 2017.

Gestão documental: vantagens para sua empresa. Disponível em: <http://grupomexbrasil.com.br/noticias/gestao-documental-vantagens-sua-empresa/> Acesso em: 20 Setembro 2017.

Oportunidades Para o Mercado Infantil. Disponível em: <http://www.administradores.com.br/artigos/empreendedorismo/oportunidades-para-o-mercado-infantil/101112/> acesso em 28 setembro 2017.

TZU, Sun; A arte da Guerra. 2ª ed. Leme – SP: CL EDIJUR, 2012.

10

Comentários