O farmacêutico e a dispensação de medicamentos na rede particular

O farmacêutico e a dispensação de medicamentos na rede particular

O FARMACÊUTICO E A DISPENSAÇÃO DE MEDICAMENTOS NA REDE PARTICULAR

A atuação direta do profissional farmacêutico nas farmácias da rede particular oferece vários benefícios ao público alvo. A assistência farmacêutica é relevante no que se trata da racionalização da utilização de medicamentos e da aproximação em relação ao paciente. Portanto, faz-se necessário a utilização de métodos mais rígidos na dispensação de medicamentos nas instituições e este acompanhamento deve ser feito por um profissional capacitado na área.

O farmacêutico, como profissional da Saúde exerce, entre outras atribuições, a dispensação de medicamentos. Nesta perspectiva, este estudo busca apresentar a importância do profissional farmacêutico na dispensação de medicamentos na rede particular. O farmacêutico deve manter o paciente informado das doses e demais peculiaridades referentes ao medicamento receitado, tais como: se a receita atende aos critérios de dispensação, se tem conhecimento de quem está adquirindo o medicamento e o tratamento, bem como das legislações que envolvem este processo. Além disso, deve manter uma postura profissional e colaborar com a funcionalidade da instituição.

Por se tratar do profissional farmacêutico esta pesquisa é interessante aos estudantes de farmácia bem como, a estudiosos que busquem informações no que se refere o tema proposto. A dispensação de medicamentos tornou-se uma ação mecanizada e não se tem dado a devida importância a sua atuação direta na saúde da sociedade, esta questão torna relevante o tema de pesquisa. Este estudo contribui para a comunidade científica, bem como para os estudos farmacêuticos e para ampliação de novas visões e resoluções futuras acerca do tema.

Comentários