Educação de Jovens e Adultos- EJA

Educação de Jovens e Adultos- EJA

Professora Izayana Feitosa – Psicologia & Educação

Alunos : Diniz R. Santos Filho

Ana Beatriz

história da eja

  • Em relação à história da alfabetização de jovens e adultos no Brasil, é preciso observar que os primeiros vestígios da educação de adultos no Brasil são perceptíveis durante o processo de colonização, após a chegada dos padres jesuítas, em 1549. (STEPHANOU, 2005)

  • De acordo com Piletti (1996, p. 68), os jesuítas foram expulsos das colônias em 1759, por Sebastião José de Carvalho e Melo, o Marquês de Pombal, primeiro-ministro de Portugal de 1750 a 1777, em função de radicais diferenças de objetivos.

  • Ensino Primário, Secundário e superior (1808) .

  • Método Lancasteriano (1821).

  • Constituição Imperial do Brasil de 1824.

  • Lei Saraiva (1881- 1985) . Censo de 1890.

movimentos de alfabetização no Brasil

  • SIREPA - Sistema Rádio Educativo da Paraíba .

  • CEPLAR - Campanha de Educação Popular da Paraíba.

  • CRUZADA ABC - Cruzada de Ação Básica Cristã.

  • MEB - Movimento de Educação de Base.

  • MOBRAL - Movimento Brasileiro de Alfabetização.

  • MOVA - Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos.

Sirepa (1959-1969)

  • Sistema de Rádio Educativo da Paraíba, que teve sua origem em 1947 na Colômbia, cuja experiência obteve como resultado, a alfabetização de 800 mil jovens através do rádio. Baseado nessa experiência, posteriormente, foram instaladas radio escolas em cada região e em cada estado. No caso da Paraíba, a Sirepa chegou a possuir 600 escolas radiofônicas espalhadas por todo Estado.

Cruzada abc (1964/66- 1970)

  • Campanha educativa para alfabetização de jovens e adultos realizada de 1966 a 1970 no período do regime militar. A Cruzada ABC (Ação Básica Cristã) substituiu os movimentos de educação e cultura popular CEPLAR. Sua projeção ficou registrada, na história das políticas governamentais de alfabetização de jovens e adultos, como uma das iniciativas de maior expressão promovida na época pelo Ministério da Educação (MEC). Segundo estudiosos, sua tarefa, alimentada pela motivação política dos setores sociais que apoiaram o movimento golpista de 64, era neutralizar as idéias difundidas pelas campanhas anteriores, principalmente em relação àquelas inspiradas nas orientações do pensamento marxista. A Cruzada ABC foi substituída em 1970 pelo MOBRAL. (SANTOS,2001)

O MEB tinha como objetivo inicial desenvolver um programa de educação de base, conforme definida pela Unesco, por meio de milhares de escolas radiofônicas, instaladas a partir de emissoras católicas.

  • O MEB tinha como objetivo inicial desenvolver um programa de educação de base, conforme definida pela Unesco, por meio de milhares de escolas radiofônicas, instaladas a partir de emissoras católicas.

  •  Após dois anos de funcionamento reviu esse objetivo e, alinhando-se aos outros movimentos de cultura popular, passou a entender a educação de base como processo de “conscientização” das camadas populares, para a valorização plena do homem e consciência crítica da realidade, visando sua transformação.

  • Sofreu influencia do Regime militar. Por ser ligado à Igreja Católica, foi o único movimento de educação popular que sobreviveu ao golpe. (FÁVERO,1983)

Algumas campanhas para a eja

  • CEAA (1947-1958) - A Campanha Nacional de Educação de Adolescentes e Adultos, com o objetivo de levar a educação de base aos brasileiros iletrados das cidades e das zonas rurais .(BEISIEGEL, 1982:14)

  • CNER (1952 - 1963)- Campanha Nacional de Educação Rural . (BEISIEGEL, 1982:14).

  • SENAR (1991)- O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural , foi criado voltado para a aprendizagem rural. (KUENZER, 1991: 7)

  • PRONERA (1998) - O Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária , propõe e apoia projetos de educação voltados para o desenvolvimento das áreas de reforma agrária. São os jovens e adultos dos projetos de assentamento criados e reconhecidos pelo Incra, assim como quilombolas e trabalhadores acampados cadastrados na autarquia.(Brasil,1998)

  • Brasil Alfabetizado (2003) , O MEC anunciou que a alfabetização de jovens e adultos seria uma prioridade do Governo Federal. Para isso, foi criada a secretaria extraordinária de erradicação do Analfabetismo, cuja meta é erradicar o analfabetismo durante o mandato de quatro anos do governo Lula. Para cumprir essa meta foi lançado o programa Brasil Alfabetizado, por meio do qual o MEC contribuirá com os órgãos públicos Estaduais e Municipais, instituições de ensino superior e organizações sem fins lucrativos para que desenvolvam ações de alfabetização.(Portal MEC)

Diretrizes da educação de jovens e adultos

  • A Educação de Jovens e Adultos (EJA) é uma modalidade de ensino, que perpassa todos os níveis da Educação Básica do país.

  • A Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB 9394/96), em seu artigo 37º § 1º diz: Os sistemas de ensino assegurarão gratuitamente aos jovens e aos adultos, que não puderam efetuar os estudos na idade regular, oportunidades educacionais apropriadas, consideradas as características do alunado, seus interesses, condições de vida e de trabalho, mediante cursos e exames.

  • Os antigos Cursos Supletivos particulares, que até alguns anos eram a única opção para que jovens e adultos cursassem principalmente o Ensino Médio (2º grau na época), perderam espaço, embora algumas Instituições continuem sendo referência.Segundo a LDB, em seu artigo 38º, “os sistemas de ensino manterão cursos e exames supletivos, que compreenderão a base nacional comum do currículo, habilitando ao prosseguimento de estudos em caráter regular”.

Diretrizes da educação de jovens e adultos

  • No mesmo artigo, é definida a idade mínima para a realização dos exames:

  • O que são e qual é a função das diretrizes curriculares?

  • As diretrizes curriculares preservam a autonomia dos professores?

  • Quais são as diferenças entre as diretrizes curriculares e os parâmetros curriculares?

  • Já as Diretrizes Curriculares Nacionais são normas obrigatórias para a Educação Básica que têm como objetivo orientar o planejamento curricular das escolas e dos sistemas de ensino, norteando seus currículos e conteúdos mínimos.

Diretrizes curriculares nacionais

  • As Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação de Jovens e Adultos no Ensino Fundamental foram publicadas em três segmentos e estão disponíveis no site do MEC . Já o currículo para o EJA no Ensino Médio utiliza como referência a Base Nacional Comum, que deve ser complementada por uma parte que atenderá a diversidade dos estudantes. Geralmente, as pessoas que se formam nessa modalidade de educação, assim como as formadas pelo ensino regular, podem apresentar desempenho satisfatório no mercado de trabalho, assim como na continuidade dos estudos, inclusive no Ensino Superior.

Por hoje... MUITO Obrigado!

Referencias bibliográficas

Comentários