500 entrada de materiais

500 entrada de materiais

Entrada de Materiais Topo Anterior Próximo

O processo de Entrada de Materiais no estoque é utilizado para registrar todo produto que é adquirido e irá permanecer por algum tempo em estoque. Com isso é possível gerênciar além da dispensação por unidade, o lote através da data de vencimento e característica do produto.

Propósito da Funcionalidade Topo Anterior Próximo

Registrar a entrada de todo produto que é adquirido e irá permanecer por algum tempo em estoque. Para efetuar as entradas dos produtos no estoque, deve acessar a aplicação Entrada Simples de Materiais (CEENTEstoque.exe).

(Entrada Simples de Materiais) Abaixo seguem os botões da barra de ferramenta com informações de uso.

(Barra de Ferramenta - Entrada Simples de Materiais)

NOVO: através desse comando pode ser criado um novo documento para entrada de material em algum almoxarifado da instituição; ALTERAR: dever ser utilizado quando desejar alterar algum dado do documento criado para entrada de material;

IMPRIMIR: utilizar quando desejar imprimir um dos relatórios que esteja vinculado a esta aplicação. Deve-se acionar a seta para selecionar o relatório desejado;

DETALHES: utilizar quando desejar visualização detalhada determinado produto. Este botão, somente aparecerá habilitado quando o usuário selecionar um produto na guia Itens;

NOVO: utilizar quando desejar incluir um novo produto no documento de entrada simples de material. Este botão, somente aparecerá habilitado quando o usuário tiver criado o documento de entrada simples de material para determinado almoxarifado;

PROCESSAR: utilizar quando for efetuar a entrada de material. Este botão será habilitado após criar o documento de entrada simples para deter mina do a lmox arifado.

PROC.TODOS: este botão deve ser utilizado quando o usuário possuir vários documentos de entrada de material prontos para serem processados, mas que ainda estejam pendentes. Ao acioná-lo o sistema efetuará a entrada de todos os produtos de cada documento de entrada simples pe nde nt e.

ETIQUETA: utilizar quando desejar imprimir ou configurar as etiquetas dos produtos.

Objetivos Específicos Topo Anterior Próximo

O Processo de Entrada de Materiais, possibilita o registro de todas as entradas de produtos, os quais serão gerenciados pelo Almoxarife.

A forma de dar entrada de produtos/itens em estoque/almoxarifado da instituição é feita de maneira integrada com a recepção de produtos do módulo de compras. A integração desses dois módulos se dá via nota fiscal de entrada entregue pelo fornecedor quando da recepção de produtos entregues, que servirá também como elemento de movimento de entrada em estoque.

A lista produzida na recepção do almoxarifado, quando da entrega do material pelo fornecedor, possui toda a identificação do produto, tais como: Código do produto, fornecedor, lote, nome comercial, preço de compra, quantidade, unidade, se o produto pode ser estocado ou não, unidade de entrega no caso de produtos não estocáveis, etc. Quando o produto não puder ser estocado, será gerada uma entrada e saída simultânea ou, como alguns chamam, uma entrada e saída direta.

Uma outra forma de entrada de itens no estoque é quando a origem dos produtos não for o sistema de compras. Nesse caso, todas as informações devem ser digitadas em interface própria.

Conhecimentos Necessário e Público Alvo Topo Anterior Próximo

Con hecimentos N ecessários :

Para utilizar a funcionalidade de Entrada de Materiais é importante ter conhecimento das regras de negócio que a envolvem e familiaridade com o uso e interação do sistema SIE/SIM com relação a operações de cadastros (inserir, alterar, salvar, localizar, etc).

Público Alvo:

Esta funcionalidade esta direcionada a Unidade/Setor de Almoxarifado da instituição, mais especificamente ao Almoxarife ou usuário designado e capacitado pelo mesmo.

Configurações / Pré-Requisitos Topo Anterior Próximo

Con figu raç ões

1. Tabelas Estruturadas As seguintes tabelas estruturadas devem estar configuradas na aplicação Tabela Estruturada - (AMTabEstrutEx.exe).

Uma vez inserido itens, as alterações de Código bem como sua remoção não é aconselhada. Tais modificações podem implicar inconsistências no sistema e requer uma análise mais aprofundada sobre sua validade ou não.

- Tipo de Movimentos - Tabela de Código: 115 Itens : 1 - Entrada 2 - Saída 3 - Entrada e Saída Direta 4 - Estorno de Entrada 5 - Estorno de Saída 6 - Estorno de Entrada/Saída Direta 7 - Transferência

Os itens acima são fixos, portanto alteração em sua numeração e descrição podem gerar inconsistências, pois estão previstos em regras internas do sistema.

(Tabela Estruturada 115 - Tipo de Movimentos)

- Detalhamento do Movimento - Tabela de Código: 116 Itens : 101 - Compra 104 - Transferência (Entrada) 200 - Requisição 204 - Transferência 301 - Estorno Os itens acima são fixos, portanto alteração em sua numeração e descrição podem gerar inconsistências, pois estão previstos em regras internas do sistema. Além disso, essa tabela estruturada segue o seguinte padrão: 1XX são itens de entrada, 2XX de saída e 3XX de estorno. Os demais itens existentes serão de acordo com os critérios e necessidade de cada instituição.

(Tabela Estruturada 116 - Detalhamento do Movimento) (Tabela Estruturada 116 - Detalhamento do Movimento)

- Situação do Movimento - Tabela de Código: 117 Itens : 1 - Em Análise pela Gestora 2 - Em Análise pelo Almoxarife 3 - Movimentada 4 - Recusada pela Gestora 5 - Processado 6 - Pendente 7 - Em Separação 8 - Entregue 9 - Cancelado

Os itens acima são fixos, portanto alteração em sua numeração e descrição podem gerar inconsistências, pois estão previstos em regras internas do sistema.

(Tabela Estruturada 117 - Situação do Movimento)

- Tipo de Consumidor de Almoxarifado - Tabela de Código: 719 Itens : 1 - Unidade Administrativa

O item acima é fixo, portanto alteração em sua numeração e descrição podem gerar inconsistências, pois estão previstos em regras internas do siste ma.

(Tabela Estruturada 719 - Tipo de Consumidor de Almoxarifado)

2. Configuração de Tipo de Documento no Cadastro de Almoxarifado

O tipo de documento que será utilizado para dar Entrada Simples de Material para determinado almoxarifado deverá ser configurado na aplicação de Cadastro de Almoxarifados (CEMAlmox.exe), guia Tipos Documento. Esta configuração deve ser realizada para todos os almoxarifado da instituição. Ou seja, se a instituição possuir dois almoxarifados, no cadastro de ambos deve ser configurado o documento que será utilizado por esta f unc iona lida de.

(Cadastro de Almoxarifado - Configuração de Tipos de Documento para Entrada Simples de Material) (Cadastro de Almoxarifado - Configuração de Tipos de Documento para Entrada Simples de Material)

Pré- Requisitos

1. Cadastro do Almoxarifado

O almoxarifado que irá receber os produtos da entrada simples de material deverá estar previamente cadastrado na aplicação de Cadastro de Almox arifados (CE MAlmox .e xe).

2. Cadastro de Tipo de Documento

O tipo de documento que será utilizado para dar Entrada Simples de Material deverá estar previamente cadastrado através da aplicação Cadastro de Tipos e Fluxos de documentos (TRMTDocumento.exe). Faz necessário salientar que o fluxo de cada documento será definido conforme a necessidade de cada instituição.

No documento que lançará a entrada simples dos produtos no almoxarifado recomenda-se configurar um passo de fluxo simples (1 - 9).

Neste, deve-se configurar a aplicação de ação (CEACProcessaDoc.exe), a qual efetuará a entrada dos produtos no estoque. No passo de fluxo de cancelamento deve-se configurar a aplicação de ação (CEACCancelaDocumento.dll), a qual efetuará a liberação dos itens do documento.

3. Catálogo de Produto

Para que o usuário possa localizar o produto que deseja dar entrada no estoque, o catálogo de materiais deverá estar devidamente cadastrado na aplicação Catálogo de Produtos (CEMEstruturaProduto.exe).

4. Módulo Compras

Havendo integração com o módulo de compras, o mesmo deverá estar em produção, assim será possível efetuar a entrada de produtos através da localização de empenho ou nota fiscal após a recepção de material.

Comentários