03 - rodolfo - nakamura moodle

03 - rodolfo - nakamura moodle

(Parte 1 de 3)

Comocriarumcursousando aplataformadeEnsinoàDistância

RodolfoNakamura

Moodle para Professores 1

Moodle

Como criar um curso usando a plataforma de Ensino à Distância

2 Rodolfo Nakamura

Farol do Forte Editora w.faroldoforte.com.br - F: (1) 3013.2083

Este livro pode ser distribuído via Internet, sob licença Creative Commons.

http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/br/ Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas.

Referência ao autor conforme ficha catalográfica.

O compartilhamento desta obra na Internet, por quaisquer meios ou recursos, deve manter o volume na íntegra, sem alterações ou edições de qualquer forma.

O arquivo original está disponível, na íntegra, para download gratuito no site da nossa livraria eletrônica Farol Digital (w.faroldigital.com.br/loja).

Praticidade e versatilidade

Este livro pode ser adquirido na loja virtual da editora: Farol Digital – w.faroldigital.com.br/loja

Ao comprar o livro em formato impresso, você estará colaborando com a editora e remunerando os esforços do autor, de acordo com a Lei de Direitos Autorais vigentes no país. Incentive a produção cultural e receba a praticidade e versatilidade que só um livro impresso proporciona.

Caso você esteja com um livro presencial, físico, certifique-se de que este é um volume original, observando:

• Selo holográfico de segurança, com a inscrição “Original Farol do Forte Editora”

• Impressão metalizada com o logotipo da editora na última capa do livro (hot-stamping)

Moodle para Professores 3 Rodolfo Nakamura

Moodle

Como criar um curso usando a plataforma de Ensino à Distância

São Paulo - 1ª Edição - 2008

4 Rodolfo Nakamura

Ficha Catalográfica Catalogação padrão AACR - Anglo-American Cataloguing Rules

Ficha catalográfica elaborada por Isabel Cristina Hipólito. Imagens da capa: Daniel Wildman, Craig Rodway (Stock.Xchng)

Nakamura, Rodolfo

Moodle: como criar um curso usando a plataforma de Ensino à Distância / Rodolfo Nakamura. -- São Paulo: Farol do Forte, 2009. 160 p. : 2 cm.

• Moodle 2. Ensino à Distância I. Título.

Moodle para Professores 5

Dedicatória

Dedico esta obra ao professor Carlos Valente que me apresentou ao universo do

Ensino à Distância, ao convidar-me a integrar a organização do I Congresso Second Life na Educação

6 Rodolfo Nakamura 6 Rodolfo Nakamura

Moodle para Professores 7

Agradecimentos

Agradeço, acima de tudo, a Deus, fonte eterna de inspiração e iluminação.

Agradeço à minha família, base de sustentação sobre a qual sinto-me forte para construir a minha história e contribuir com o Universo.

Aos amigos, os reais, que sempre depositam suas boas energias e confiança em todos os momentos, em que precisamos de uma simples palavra.

8 Rodolfo Nakamura 8 Rodolfo Nakamura

Moodle para Professores 9

“Louvarei sem cessar vosso nome; glorificá-lo-ei em meus louvores porque foi ouvida a minha prece.”

Eclesiático 51:15

10 Rodolfo Nakamura 10 Rodolfo Nakamura

Moodle para Professores 1

Prefácio

Escrever um texto é como a vida. Possui um início, meio e fim. No entanto, assim como na vida, muitos podem viver por viver e alguns conseguem transformar esse momento mágico, num instante maravilhoso e inesquecível.

Escrever por iniciativa própria é uma coisa, mas transcrever os nossos pensamentos para a abertura de um livro é maravilhoso. Sinto-me como no nascimento de um filho, aonde possibilitamos plantar uma pequena sementinha, mas sobre o que virá depois temos pouco controle…

E esta abertura é muito especial para mim. Pois, como nas primeiras palavras que carinhosamente o nosso Nakamura cita, dizendo que

12 Rodolfo Nakamura plantamos uma pequena sementinha ao seu oxigenado cérebro. Mas, jamais imaginávamos que como nas surpresas da vida, isso iria se transformar num adulto livro.

O NAKAS - maneira como, carinhosamente o chamo em nossas conversas - é como o Capitão Gancho, aonde ele circula, sempre a sua poderosa presença engancha em alguém, e ali por um bom tempo fica. Assim espero que este livro faça com os seus importantes leitores. Pois, assim como eu fiquei fixado ao conteúdo do mesmo, fiz questão de perder, ou melhor, ganhar com o meu tempo. E até cheguei a indicar na Internet, para Grupos de Discussão, para que outros professores explorassem melhor o Moodle.

Como em suas interessantes palestras, o NAKAS, consegue conquistar a atenção da gente. Seja, por sua potente voz radiofônica, ou mesmo por sua trama inteligente de temas e assuntos que vai explanando ao longo de sua exposição e amarrando seus pensamentos aos nossos.

Assim ele fez também com esse livro. Com a sua peculiar inteligência, conseguiu abordar de uma forma inédita os segredos do Moodle, e explicar melhor as entranhas dessa excepcional ferramenta de educação para professores, leigos ou não.

inteligente sempre segue adiante

Acredito que o NAKA avance a partir daqui, pois com certeza, após este esperado lançamento, muitos leitores pedirão para dar continuidade às suas idéias. Se um homem fica realizado ao fazer três coisas clássicas, o NAKAS se realizará ao lançar o seu terceiro livro. Um homem

SUCESSO, querido NAKAS

E fico aguardando ansiosamente por mais essa surpresa da vida!! Carlos Valente

Moodle para Professores 13

Apresentação

A proposta deste livro é levar um pouco mais de luz aos colegas professores no uso das novas tecnologias.

Espero, humildemente, contribuir o aprimoramento de suas aulas, e, finalmente, com a boa formação e capacitação de alunos para uma humanidade melhor e mais justa.

14 Rodolfo Nakamura

Sobre o Autor

Rodolfo Nakamura é publicitário, jornalista e professor universitário, além de conferencista e escritor. É autor do livro “E-commerce na Internet”, Diretor dos serviços interativos w.eAgora.com.br e w.presskit.com.br, além dos blogs w.viaperegrina.com.br e w.maxbusiness.com.br. Pesquisador em comunicação digital, é um dos idealizadores do I Congresso Second Life e Educação.

Para saber mais sobre o autor, acesse: w.meadiciona.com/rodolfonakamura

Moodle para Professores 15 Índice

1 - Introdução21
1.1 - Moodle23
1.2 - Visão construtivista24
1.2.1 - Administração do Aluno25
1.3 - Sistema de Avaliação26
1.4 - Mais dados mercadológicos27
2 - Visão Geral29
2.1 - Controle de Usuários29
2.2 - Hyperlinks31
2.3 - Grupos31
2.4 - Fórum31
2.4.1 - Orientações Gerais32
2.4.3 - Fórum dos tutores32
2.5 - Módulos Informativos3
2.5.1 - Calendário3
2.5.2 - Atividade Recente34
2.6 - Recursos35
2.7 - Link a Arquivo ou Site35
2.8 - Atividades37
2.8.1 - Bases de Dados37
2.8.2 - Chats37
2.8.3 - Escolha38
2.8.4 - Fóruns38
2.8.5 - Glossários38
2.8.6 - Laboratório de Avaliações39
2.8.7 - Lições39
2.8.8 - Pesquisas de Avaliação39
2.8.9 - Questionários40
2.8.10 - Tarefas41
2.8.1 - Wiki42
2.9 - Sistemas de Avaliação43
2.9.1 - Escalas43
2.9.2 - Notas43
2.10 - Relatórios4
2.1 - Gerenciador de Arquivos45
3 - Inclusão de dados46
3.1 - Formatação de textos47
3.2 - Formulários50
3.2.1 - Radio Button50
3.2.2 - CheckBox50
3.2.3 - Drop-Down51
3.2.4 - TextArea51
3.2.5 - Submit51
3.3 - Modo de Edição52
4 - Implantar a Aula Virtual5
4.1 - Planejamento5
4.2 - Plano de Disciplina56
4.2.1 - Ementa56
4.3 - Objetivos Gerais e Específicos58
4.3.1 - Pré-Requisitos60
4.3.2 - Conteúdo Programático61
4.3.3 - Estratégia de Ensino62
4.3.4 - Recursos64
4.3.5 - Avaliação64
4.4 - Plano de Aula65
4.5 - Lição – A aula virtual no Moodle65
4.6 - Configurando a Aula69
4.6.1 - Criação de página com Painel de Navegação75
4.6.2 - Criação das páginas e questões75
4.6.3 - Organização das questões79

Moodle para Professores 17

4.6.4 - Incluindo Imagens e Arquivos Multimídia nas Aulas 82

5.1 - Acessando a plataforma85
5.2 - Configurações de Usuário8
5.2.1 - Modificar o Perfil89
5.3 - Criando um Curso94
5.4 - Primeiras atividades9
5.5 - Calendário101
5.6 - Escalas102
5.7 - Notas103
5.8 - Atividades de comunicação104
5.8.1 - Chats104
5.8.2 - Fórum105
5.9 - Atividades de Conteúdo107
5.9.1 - Glossário107
5.10 - Atividades de Avaliação110
5.10.1 - Escolha110
5.10.2 - Laboratório de Avaliação112
5.10.3 - Pesquisa de Avaliação113
5.10.4 - Questionário113
5.10.5 - Criando as Perguntas118
5.10.6 - Tarefa119
5.10.7 - Wiki120
5.1 - Criando Grupos121
5.1.1 - Utilidade de se criar grupos121
5.1.2 - Acrescentando usuários a grupos121
5.12 - Relatórios123
5.12.2 - Atividades128
6 - Ferramentas Complementares ao Ensino à Distância132
6.1 - Web 2.0132
6.1.1 - Pequenas peças frouxamente unidas135
6.1.2 - Documentos Online135
6.1.3 - Blog137
6.1.4 - Foto Digital140
6.1.5 - Apresentações e Compartilhadores de arquivos141
6.1.6 - Wiki141
6.1.7 - Vídeo Digital143
6.1.8 - IpTV144
6.1.9 - Second Life©146
6.2 - Google©146
6.2.1 - Google Docs©146
6.2.2 - Google Agenda©149
6.2.3 - iGoogle149
6.3 - SLOODLE150
6.3.1 - Sloodle Toolbar155
6.3.2 - Instalando o Sloodle155
6.3.3 - Sala de aula pronta157
7 - Bibliografia159

Moodle para Professores 19

Figura 1 - Tela de Abertura de um curso no Ambiente Moodle3
Figura 2 - Barra de Formatação47
Figura 4 - Tela de abertura do curso, em modo de edição52
Figura 5 - Lista de Recursos que podem ser acrescentados na aula53
Figura 6 - Lista de Atividades que podem ser acrescentados na aula53
Figura 7 - Tela de Configuração da Lição68
Figura 8 - Opções após finalizar as configurações da aula75
Figura 9 - Tela para criação de questões7
Figura 10 – Tela para configuração do painel de navegação81
Figura 1- Incluindo Imagem na Aula Virtual (Lição)82
Figura 12 - Incluindo a imagem83
Figura 13 - Tela de acesso à Plataforma86
Figura 14 - Tela de Login do Moodle87
Figura 15 - Tela de cadastro de novo usuário87
Figura 16 - Criando um novo curso94
Figura 17 - Formulário de criação de um curso100
Figura 18 - Criação de um evento101
Figura 19 - Criação de uma nova escala102
Figura 20 - Configurar Notas103
Figura 21 - Formulário para criação de um questionário115
Figura 2 - Visualizando grupos e membros de cada grupo12
Figura 23 - Acrescentando ou removendo usuários de um grupo123
Figura 24 - Tela de configuração de pesos da avaliação126
Figura 25 - Excluindo alunos de uma avaliação127
Figura 26 - Tela inicial do menu de relatório de atividades128
Figura 27 - Log (registro) das atividades129

Moodle para Professores 21 1 - Introdução

“Aperfeiçoar a si mesmo é a única coisa que podemos fazer para transformar o mundo.” Ludwig Wittgenstein.

Ao iniciar uma discussão sobre Ensino à Distância (EaD), em um ambiente internet, deparei-me com o ambiente Moodle como a principal solução utilizada pelo mercado. Adotada por várias instituições, inclusive no Brasil, e está se tornando padrão de mercado – se já não se tornou, efetivamente.

Sua utilização é muito abrangente. Pode ser adotado por:

• Instituições de ensino, em cursos presenciais, telepresenciais ou de ensino à distância;

• Empresas, para treinamento de funcionários;

• Universidades corporativas;

2 Rodolfo Nakamura

• Pessoas e grupos de pessoas, que desejam criar cursos ou ambiente de treinamento.

Ao iniciar a pesquisa, percebi que toda a documentação que encontrada sobre o ambiente estava relacionada a uma instituição de ensino específica, ou ainda no próprio site do desenvolvedor1 , endereço que, inclusive, serviu de fonte para muitos dos conceitos aqui discutidos.

No entanto, senti falta de algum material orientativo, que fosse mais do que um Guia de Referência, tanto para o meu próprio desenvolvimento como para difundir esta cultura entre os membros da comunidade acadêmica na qual me incluo.

, ambienteMoodle de

Entre elas, está a própria Dozen Educacional2 apoio aos autores da editora Farol do Forte, pela qual este livro está sendo editado, e que pertence ao mesmo grupo.

Embora as telas de apresentação estejam relacionadas à esta instituição, a instalação do Moodle da Dozen Educacional seguiu o “standard”, para que a informação estivesse mais objetiva e atendesse melhor aos objetivos deste trabalho.

Vamos apresentar o programa de forma a obter melhor aproveitamento por parte dos profissionais de educação, facilitando o processo de criação de cursos neste ambiente.

Para a instalação do programa, caso você tenha interesse em criar seu próprio ambiente, recomendamos que seja acessado o site do desenvolvedor. Além da versão em português do próprio endereço, existem comunidades e wikis em português para brasileiros.

1 http://www.Moodle.org 2 http://www.dozen.com.br/Moodle

Moodle para Professores 23

No próprio site da Dozen Educacional, há um documento que orienta os alunos a como utilizar o ambiente para o desenvolvimento de suas atividades.

1.1 - Moodle

Acrônimo de Modular Object Oriented Distance LEarning – MOODLE – é um sistema modular de ensino à distância orientado a objetos.

O termo “orientado a objetos” está, na verdade, relacionado à maneira como o sistema foi construído. Trata-se de um paradigma de análise, projeto e programação de sistemas de software 3 baseado na composição e interação entre diversas unidades de software chamadas de objetos.

Na prática, segundo TEODORO e ROCHA (2007), o MOODLE é um sistema construído para criar ambientes virtuais voltados à aprendizagem. Ou ainda, um “sistema para gerenciamento de cursos destinado a auxiliar educadores na implantação de cursos em um ambiente virtual. Podemos dizer também que o Moodle é um Sistema de Gerenciamento de Aprendizagem em trabalho colaborativo (SGA)”.

Traduzindo em miúdos, é um programa criado para facilitar a implementação de cursos em ensino à distância.

Criado em 2001, a proposta do Moodle, segundo Martin Dougiamas, desenvolvedor do projeto que lidera até hoje, é bastante diferenciada. Trata-se de aprender em colaboração no ambiente on-line, baseando-se na pedagogia sócio-construtivista. Portanto, trata a aprendizagem como atividade social além de concentrar a atenção na aprendizagem que acontece enquanto construímos ativamente os artefatos (textos, vídeos, imagens etc.) para que outros vejam ou utilizem.

3 Software ou programa de computador.

24 Rodolfo Nakamura

Atualmente é utilizado em mais de 80 países, e centenas de instituições de ensino. É distribuído gratuitamente, sob licença GNU-GPL4 . Pode ser instalado em diversos ambientes como MS-Windows, Linux e Unix e conta com um grupo de desenvolvimento ativo que, em colaboração com usuários, adaptam essa plataforma para diferentes necessidades.

1.2 - Visão construtivista

O Moodle foi desenhado baseando-se no princípio do “construtivismo social”:

“O Construtivismo afirma que a aprendizagem é especialmente efetiva quando se realiza tendo em vista a partilha com outros. Essa experiência pode ser, por exemplo, uma frase pronunciada; uma mensagem na internet ou elementos mais complexos como uma pintura, uma casa ou uma aplicação informática.

O conceito de construtivismo social amplia as idéias expostas e as direciona a um grupo social que constrói a sua aprendizagem conjuntamente, criando em colaboração uma cultura de partilha de conteúdos e significados. Quando nos submergimos em uma cultura como essa, vamos aprender continuamente como ser uma parte desta cultura em muitos níveis.”

In: TEODORO e ROCHA (2007)

4 GNU-GPL é um termo utilizado inicialmente por Richard Stallman, em 1984, para designar software livre. GNU é o nome do sistema operacional livre idealizado por Stallman, enquanto GPL (General License Public) é traduzido como Licença Pública

Geral. Atualmente, a GPL é a licença com maior utilização em de projetos de software livre.

Moodle para Professores 25

Portanto, a idéia que serve de base para o Moodle é possibilitar que o aluno atue ativamente na sua aprendizagem, obtendo um significado para seu novo aprendizado. Permite-se que aluno analise, investigue, colabore, compartilhe e, finalmente, construa seu conhecimento baseando-se no que já sabe.

Na didática, é importante a percepção de que os estudantes já têm uma opinião pré-estabelecida, formada pela sua própria experiência e aprendizados anteriores. Cada indivíduo é livre para filtrar tudo a que está exposto – conteúdo e experiências – gerando suas próprias interpretações.

A proposta do programa é criar oportunidades e permitir que todos possam expressar-se, promovendo e construindo novas idéias. Também considera que os alunos aprendem melhor quando estão agindo efetivamente e que o aprendizado ocorre não só pela interação com o professor, mas com os demais alunos e também consigo mesmo.

A característica de ser base para o Ensino à Distância, permite atividades assíncronas – que não acontecem sincronizadas (ou simultaneamente) para todos os alunos ou mesmo entre aluno e professor. Este, inclusive, é um argumento positivo do EaD, pois permite que o aluno tenha flexibilidade e decida sobre o ritmo e intensidade de suas atividades durante o curso.

1.2.1 - Administração do Aluno

Mais do que gerir as informações do curso, o Moodle permite a gestão dos alunos, de vários modos. O sistema permite:

• Acesso, pelo professor, às informações sobre os alunos de sua disciplina;

• Formação de grupos de alunos;

26 Rodolfo Nakamura

• Aplicar diversas escalas para classificar os alunos;

• Monitorar e registrar os acessos dos usuários (incluindo medida de tempo de conexão);

• Verificar a atividade de todos os participantes do curso;

• Agendar atividades que são informadas a todos os alunos;

• Sistema de notas a partir de critério de classificações nos fóruns, trabalhos, diários, questionários, lições e oficinas;

• Upload de arquivos, pelos alunos e professores, que são parte do curso.

1.3 - Sistema de Avaliação

O Moodle é bastante completo neste item. Tanto nos critérios de avaliação a serem definidos (escalas, notas, conceitos) e administração (diário de classe e controle de atividades) quanto nas atividades (questionários, tarefas e demais atividades).

Possui também ferramentas específicas para a avaliação do próprio curso, colaborando para o seu melhor desenvolvimento.

Moodle para Professores 27

1.4 - Mais dados mercadológicos

O Moodle tem sido considerado pelo mercado como uma boa ferramenta de gerenciamento de conteúdo para ensino. Tanto que, ao acessar as estatísticas5 de uso do programa, chegamos a números astronômicos. Em maio de 2008, mês que foi fechada a primeira edição deste livro, o Moodle tinha o seguinte perfil no mundo:

• Está presente em 43.654 sites registrados, distribuídos em 195 países. Teve um crescimento muito grande, considerando que eram 23.742, em abril de 2007, e 9.843 no mesmo mês em 2006.

• Somente no Brasil, já eram conhecidos mais de dois mil sites que utilizam a plataforma Moodle (2.140 endereços). É utilizado tanto por instituições dedicadas a ensino à distância, quanto por faculdades, colégios e cursos livres presenciais. O perfil inclui instituições públicas e privadas, além de empresas que o utilizam como ambiente de treinamento. Também é possível encontrar pessoas físicas e profissionais liberais utilizando a plataforma para divulgar suas idéias, gerando uma nova possibilidade de negócios.

• BRNO University of Technology6 é a instituição com maior número de cursos. São 19.223 e 41.305 usuários.

• Mais de vinte milhões de usuários registrados (20.285.961) utilizam o Moodle para aprender, enquanto quase dois milhões de professores (1.895.497) o utilizam para ensinar.

5 http://moodle.org/stats/ 6 https://w.vutbr.cz/

28 Rodolfo Nakamura

• Haviam 262 com mais de 10.0 usuários. O site com o maior número de usuários era o “The Open University” com 3.590 cursos e 452.483 usuários.

(Parte 1 de 3)

Comentários