Preparação dos Ácidos Carboxílicos

Preparação dos Ácidos Carboxílicos

Preparação dos Ácidos Carboxílicos

São citados pelo livro 6 métodos de preparação dos ácidos carboxílicos, sendo eles demonstrados abaixo.

  1. Por oxidação dos alcenos: os alcenos podem ser oxidados a ácidos carboxílicos com KMnO4, alcalino a quente.

  1. Por oxidação de aldeídos e álcoois primários: os aldeídos podem ser oxidados a ácidos carboxílicos com agentes oxidantes moderados tal como Ag(NH3)2+OH-. Os álcoois primários podem ser oxidados com KMnO4.

  2. Por oxidação dos alquilbenzenos: Os grupos alquila primário e secundário (mas não os grupos 3°) diretamente ligados ao anel benzênico são oxidados pelo KMnO4, resultando no grupo ---CO2H.

  1. Por oxidação das metil cetonas: As metil cetonas podem ser convertidas a ácidos carboxílicos via reação do halofórmio.

  1. Por hidrólise de cianoidrinas e outras nitrilas: Aldeídos e cetonas podem ser convertidos a cianoidrinas e que estas podem ser hidrolisadas a ácidos alfa-hidroxilados. Na hidrólise, o grupo ---CN é convertido ao grupo –CO2H.

As nitrilas também podem ser preparadas pelas reações de substituição nucleofílica dos haletos de alquila com cianeto de sódio.Este método sintético é geralmente limitado ao uso de haletos de alquila primários. Os haletos de arila (exceto aqueles com grupos nitro na posição orto e para) não reagem com cianeto de sódio.

  1. Por carbonatação dos reagentes de Grignard: os reagentes de grignard reagem com o dióxido de carbono dando carboxilatos de magnésio. A acidificação produz ácidos carboxílicos:

Esta síntese de ácidos carboxílicos aplica-se a haletos primário, secundário, terciário, alílico, benzílico e de arila, desde que eles não tenham grupos incompatíveis com a reação de Grignard.

Adição-Eliminação Nucleofílica no Carbono Acíclico

Para os ácidos carboxílicos e seus derivados descobrimos que suas reações são caraterizadas pelo mecanismo de adição-eliminação nucleofílica que ocorre em seus átomos de carbono acílico (carbonila).

A Reatividade Relativa dos Compostos Acílicos

Dos derivados de ácido, os cloretos de acila são os mais reativos com relação à adição-eliminação nucleofílica e as amidas são as menos reativas. Em geral, a ordem de reatividade global é:

A ordem geral de reatividade dos derivados de ácido pode ser explicada considerando a basicidade dos grupos retirantes.

Quando reagem

Grupo retirante

Cloretos de acila

Íon cloreto

Anidridos de ácido

Ácido carboxílico ou íon carboxilato

Ésteres

Álcool

Amidas

Amina ou amônia

De todas essas bases, os íons cloreto são as bases mais fracas, e os cloretos de acila são os compostos acílicos mais reativos. As aminas são as bases mais fortes e as amidas são os compostos acílicos menos reativos.

Comentários