Água para uso farmacêutico

Água para uso farmacêutico

Água para uso farmacêutico

Acadêmicas: Carla Lanius, Cheila Vogt e Leticia Frizon

É considerada Água para uso Farmacêutico, as diferentes formas de água utilizadas durante os seguintes processos:

Os requisitos de qualidade da água dependerão de sua finalidade e emprego, e a escolha do sistema de purificação destina atender ao grau de pureza estabelecido.

  • Os processos de purificação, armazenamento e distribuição devem garantir que as especificações farmacopeicas sejam atendidas, mantidas e controladas adequadamente.

O controle da contaminação da água é crucial, uma vez que a água tem a capacidade de agregar compostos diversos e, também, de se contaminar novamente após a purificação

Tipos de água

SISTEMAS DE PURIFICAÇÃO DE ÁGUA

  • Pré filtração

  • Adsorção por carvão vegetal ativado

  • Tratamento com aditivos químicos

  • Tratamento com abrandadores

  • Deionização e eletrodeionização contínua

  • Osmose reversa

  • Ultrafiltração

  • Filtração com carga eletrostática

  • Microfiltração – retenção de micro-organismos

  • Radiação ultravioleta (UV)

  • Destilação

Pré filtração

Tratamento com aditivos químicos

Deionização e eletrodeionização contínua

Osmose reversa

Ultrafitração

Radiação Ultravioleta (UV)

Destilação

DISTRIBUIÇÃO, SANITIZAÇÃO,

ARMAZENAMENTO E

VALIDAÇÃO

Distribuição

Armazenamento

Validação

  • Bibliografia :

ANVISA. AGENCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Farmacopeia Brasileira, volume 1. 5ª Ed. Brasilia,2010b.

Comentários