INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM ATMOSFERAS POTENCIALMENTE EXPLOSIVAS -Junho -2017

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM ATMOSFERAS POTENCIALMENTE EXPLOSIVAS -Junho -2017

(Parte 6 de 6)

Já o método (MIC/MIV) agrupa um determinado gás ou vapor segundo os valores mínimos de corrente (MIC) ou tensão (MIV) necessários para provocar a ignição de uma atmosfera formada pelo gás e o ar. Por este método o hidrogênio é o gás mais crítico, apresentando a menor energia de ignição.

Sob o ponto de vista prático, o agrupamento segundo o MESG ou segundo o MIC/MIV apresentam o mesmo resultado, tanto que a partir de 1960, o agrupamento de gases deixou de se referenciar à este ou àquele método.

O agrupamento dos materiais segundo a IEC é similar àquele utilizado pelo NEC, mudando-se, entretanto, a nomenclatura e a simbologia. A IEC define dois grandes grupos de gases: o grisu (gás inflamável que encerra quantidades variáveis de metano) em minas subterrâneas de carvão responde pelo Grupo I e gases presentes nas demais plantas industriais sobre a superfície respondem pelo Grupo I. Esta diferenciação está relacionada mais com o tipo da planta industrial do que com o gás propriamente dito. Isto se faz necessário tendo-se em vista que ambientes em minas são consideravelmente mais agressivos, além de apresentar uma combinação de poeiras combustíveis com o grisu.

(Parte 6 de 6)

Comentários