eBook:

O que é e como funciona o Seis Sigma

Introdução4
Histórico5
O que é problema8
O que é Seis Sigma1
Como resolver problemas com Seis Sigma15
Conclusão25

Sumário 2

Resultados Gerados pelo Seis Sigma no século passado

Ganhos de US$ 2,2 bilhões entre o final da década de 80 e início da década de 90. Ganho médio de US$ 898 milhões/ano em um período de dois anos.

Ganho de US$ 1,2 bilhões

Ganho de US$ 1,5 bilhões Ganho de R$ 20 milhões

Asea Brown Boveri –ABB

AlliedSignal

General Eletric

Grupo Brasmotor

Início do

Seis Sigma

Início do Seis Sigma no Brasil com o Grupo Brasmotor

O Seis Sigma é uma metodologia de otimização que vem se consolidando no mundo, principalmente fora do Brasil. Porém, sua aplicação e resultados vem aumentando significativamente, tornando a metodologia cada vez mais necessária para o sucesso das empresas, seja do ramo de produção de produtos ou serviços, seja de pequeno ou grande porte. Neste e-book, iremos responder as perguntas ao lado e entender do que se trata o Seis Sigma e como podemos aplicá-lo em nossa rotina.

Introdução

O que é o Seis

Sigma?

Por que o Seis Sigma gerou tanto resultado? Qual a sua utilidade?

Histórico

Início dos Anos 80

Pioneirismo da Motorola

Início dos Anos 90 Conhecimento de Softwares

Abordagem sistemática para solucionar problemas de produtos complexos e a introdução de uma abordagem efetiva de melhoria de processos.

Nível avançado em estatística - muitos anos para chegar a solução de problemas difíceis não eram mais necessários. Era possível que um número muito maior de pessoas tivesse este nível de capacitação.

Linha do Tempo

Histórico

Meados dos Anos 90

Implementação da AlliedSignal& GE

Final dos Anos 90

Adaptado para problemas transacionais

Allied Signal e a GE comprovaram o poder do Seis Sigma através da implementação e transformaram o enfoque da melhoria de qualidade em melhoria dos negócios.

Seis Sigma deixou de ser somente para produção. Tornou-se um dos mais poderosos métodos de melhoria transacional disponíveis. Expandiu-se para criar projetos para processos e produtos, aumentando a capacidade deles em relação ao Seis Sigma.

Linha do Tempo

Histórico

Atualmente Seis Sigma no Mundo

Nos principais mercados mundiais o conceito de qualidade já está tão avançado que agora o Seis Sigma não é mais utilizado para satisfazer as necessidades dos clientes, mas para criar uma necessidade ainda não existente. No Brasil, ainda é um movimento lento e gradual, mas a tendência é de crescimento. Começou na indústria, basicamente com as multinacionais e grandes companhias. Foi atingindo a área de serviços, entrando nas médias e pequenas empresas e, hoje, está presente em boa parte das organizações.

Linha do Tempo

É uma metodologia para solução de problemas

Mas, afinal, o que é Seis Sigma?

O que é um problema?

É essencial, nesse momento, que a gente entenda bem o conceito:

• O que é um problema?

• Como esse conceito é trabalhado em organizações?

O que é um problema?

“Algumas empresas utilizam do conceito problema como uma oportunidade para desenvolver melhorias na sua operação”.

Resolver problemas é, então, “resolver” essa oportunidade

Se problema é oportunidade para desenvolver melhorias... O que é Seis Sigma?

Todas as empresas possuem problema, ou seja, oportunidade de melhoria. As oportunidades estão espalhadas por todos os processos da empresa. A metodologia Seis Sigma executa melhorias por meio da análise e diminuição drástica da variabilidade do processo, evitando desperdícios.

Antes de definir como a metodologia Seis Sigma faz isso, precisamos entender a variabilidade e o que é sigma?

Definições importantes

Todo processo possui variabilidade, ou seja, nenhum processo produz o mesmo resultado (produto) exatamente da mesma forma. Não importa o quanto padronizado ou bem estabelecido que seja, ou se, é uma indústria ou uma empresa de serviço. Haverá sempre variação. O Seis Sigma busca diminuir a variabilidade.

Definições importantes

Definições importantes

Em um processo 6

Sigma, temos apenas 3,4 defeitos por milhão de produção.”

Sigma (desvio padrão) é o nível de variação de um processo em relação a meta. Processos que possuem muita variação, são aqueles que apresentam maior quantidade de defeitos.

Porém, quando falamos em processos sigma, quanto maior o sigma do processo, menos defeitos temos, como mostrado na tabela ao lado.

Nível Sigma do Processo

Definições importantes

Deste estado de variabilidadePara esse estágio!

Portanto, o Seis Sigma busca sempre sair: Isto é, um processo que produz resultados cada vez mais perto da média.

Mas, como é aplicado o Seis Sigma?

O Seis Sigma é aplicado nas empresas por meio da metodologia DMAIC. A metodologia aborda 5 etapas:

1. Definir; 2. Mensurar; 3. Analisar; 4. Melhorar; 5. Controlar

Definir

Nessa etapa, é quando o problema é definido. Para isso, é necessário entender quais são as prioridades da empresa e quais processos precisam ser melhorados. Existem várias ferramentas que auxiliam na definição do problema a ser tratado.D

Investimento TempoObjetivo

A seleção de projetos em Seis Sigma vem das diretrizes estratégicas da empresa. O projeto a ser executado deve estar alinhado com os objetivos estratégicos, trazer um grande retorno financeiro e ser viável de ser executado em um tempo hábil

Definir

Uma das ferramentas amplamente utilizadas nessa etapa é a coleta da voz do cliente, que é a tradução das suas necessidades, expectativas e exigências. O monitoramento constante dos requisitos do cliente é decisivo para obter uma excelente qualidade no produto.

Outra ferramenta muito usada é o SIPOC, que tem o objetivo de proporcionar uma visão geral do processo a ser estudado. A ferramenta começa com o entendimento de quem são os fornecedores e as entradas do processo, para depois gerar um fluxo macro do processo em si (podendo ser interno à organização ou externo).

Medir

Nessa etapa, o principal foco é medir o processo definido na etapa anterior. Para isso, necessita-se de conhecimentos estatísticos para a realização da mensuração do processo, que é essencial para se entender melhor o problema. São realizados gráficos como os citados abaixo: M

Box PlotHistogramaGráfico de dispersão

Análise

Depois da medição dos dados a respeito do processo, é hora de analisar o que foi mensurado. Portanto, nessa etapa são feitas até analises estatísticas mais avançadas, que não serão tratadas aqui. Além disso, é comumente elaborado o gráfico de Pareto e o gráfico Ishikawa para a análise. Como saída dessa etapa, temos as proposições de melhorias.

Problema

Anote aí!

O que é o gráfico de Ishikawa?

O gráfico de Ishikawa, também conhecido como espinha de peixe, é uma ferramenta para a análise da causa raiz de um determinado problema. Nele são listados, por meio de brainstorm e análises, as principais causas de um problema, sendo normalmente usado na divisão apresentada abaixo. Por meio da listagem e correlação entre as causas, chega-se as causas raízes do problema.

Problema

Melhoria

Uma vez realizadas as análises e os estudos sobre as causas que afetam o problema proposto, é hora de promover melhorias! Nessa etapa, são desenvolvidas e testadas melhorias/ mudanças propostas. Algumas perguntas podem nortear a execução das melhorias na sua organização. I

Perguntas de orientação: Quais mudanças foram desenvolvidas?

O que queremos realizar?

Como sabemos que a mudança é uma melhoria?

Todas as mudanças serão testadas?

Que mudanças poderemos fazer que resultem em melhorias?

Melhoria

A ferramenta mais utilizada nessa etapa é o 5W2H, simples e reconhecida mundialmente. Ela se baseia em detalhar as ações a serem executadas em 7 perguntas, como veremos abaixo.I

What – O que será feito? When– Quando será feito?

Where– Onde será feito?

Why – Por que será feito?

Who– Quem vai fazer?

How– Como será feito? How much – Quanto custará?

Controle

Essa é última etapa do DMAIC e de um projeto Seis Sigma. Após executar as melhorias, temos que manter o resultado. Portanto, devemos padronizar as melhorias e depois controla-las para que o resultado se mantenha. As ferramentas mais usadas são o POP (Procedimento Operacional Padrão), a Carta de Controle e o OCAP (Out of Control Action Plan).

POP (Procedimento Operacional Padrão):

É um documento utilizado pelas empresas, pela qual a padronização das atividades é registrada. Seu objetivo é a utilização nas operações da empresa, facilitando a execução e também o treinamento de operadores e supervisores. Como resultado, temos os funcionários executando as mesmas atividades, assegurando a padronização do processo no estado ótimo (com as melhorias implantadas).

Conclusão de um projeto Seis Sigma

Esta foi a introdução ao Seis Sigma.

Chegou a hora de colocar seu conhecimento em prática. Veja como a Voittoe Nomuspodem ajudar sua empresa.

Com um modelo de gestão inovador, a Voittopromove a capacitação de estudantes, profissionais e empresas em todo o território nacional. Especializada nas áreas de LeanSeis Sigma, Softwares Empresariais, Sistemas de Gestão, Desenvolvimento Humano e Segurança Operacional, oferecemos treinamentos orientados para o mercado de trabalho, transformando conhecimento em diferencial competitivo para os nossos clientes.

Por isso somos focados na geração de resultados através de uma metodologia de ensino dinâmica, própria e personalizada, que articula teoria e prática através de aulas participativas e dinâmicas, permitindo a aplicação imediata dos conteúdos abordados em sua rotina de trabalho.

w.voitto.com.br

A Nomusdesenvolve softwares completos para indústrias e possui um método de implantação, idealizado e aplicado por engenheiros, que irá ajudar sua indústria alcançar o sucesso de gestão, superando seus desafios e utilizando todo o potencial que a sua fábrica tem a oferecer.

Vejacomoextrairtodaa capacidadeda sua indústria, acesse:

nomus.com.br nomus.com.br/blog-industrial

Comentários