Reforma do Ensino Médio em 2016

Reforma do Ensino Médio em 2016

Professor: Marlúcio Tavares

Alunas: Anne Caroline, DanielyBarros, Jordana Goulart e NaaraFerreira da Silva.

▪É uma alteração na estrutura do sistema atual do ensino médio que tem por objetivo fundamental a melhoria da educação no país.

▪Sua principal proposta é a flexibilização da grade curricular.

▪Será estruturado em uma parte que será comum e obrigatória (Base Nacional Comum Curricular) e outra parte flexível.

▪Ele será norteado pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) que definirá as competências e conhecimentos essenciais que deverão ser oferecidos na parte comum (1.800 horas).

▪ As disciplinas obrigatórias nos 3 anos serão Língua Portuguesa e matemática. O restante será eletivas ou cursos técnicos apresentados abaixo:

✓I- Linguagens e suas tecnologias;

✓I- Matemática e suas tecnologias;

✓I- Ciências da natureza e suas tecnologias;

✓IV- Ciências humanas e sociais aplicadas;

✓V- Formação técnica e profissional. 3

▪O novo modelo depende ainda da BNCC que está em elaboração.

▪ Após essa etapa, no primeiro ano letivo subsequente à data de publicação da BNCC, os sistemas de ensino deverão estabelecer um cronograma de implementação.

▪A previsão é que até meados de 2017 a BNCC seja encaminhada ao

Conselho Nacional de Educação, que terá que aprova-la para depois ser homologada pelo MEC. 4

▪A proposta prevê que serão todas obrigatórias no ensino médio.

▪Sendo apenas língua portuguesa e a matemática obrigatórias nos três anos independente da área de aprofundamento que o estudante escolher.

▪A LDB não trazia a língua inglesa como estudo obrigatório.

▪A reforma torna o inglês obrigatório desde o 6° ano do ensino fundamental e no ensino médio.

▪Sendo que poderão ofertar outras línguas estrangeiras, preferencialmente o espanhol.

▪Por que a língua inglesa é a mais disseminada e a mais ensinada no mundo inteiro.

▪Metade do ensino médio será comum a todos os estudantes, garantido os conhecimentos básicos de formação geral

▪Na outra parte, os estudantes poderão optar por diferentes ênfases nas cinco áreas de conhecimento

▪Que são: Linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências sociais e humanas e formação técnica e profissional.

▪O PNE estabelece que, ate 2024, o país deve atender, 25% das matriculas.

▪Atualmente são 386 mil alunos matriculados.

▪Para aluno ▪2400 horas Ensino Médio

▪1200 horas do técnico

▪O novo ensino médio permitira que o jovem opte por uma formação técnica profissional dentro da carga horária do ensino médio regular desde que ele continue cursando português e matemática.

▪Recebera diploma do ensino médio e certificado do ensino técnico

▪Não

▪A medida permite que os sistemas de ensino autorizem profissionais com notório para ministrar aulas exclusivas em disciplinas dos cursos técnico e profissionalizantes.

▪O professor com licenciatura poderá fazer complementação pedagógica para dar aula de outra disciplina dentro da sua área de conhecimento.

Comentários