Absorção – (1) fixação de uma substância, geralmente líquida ou gasosa, no interior da massa de outra substância, em geral sólida, e resultante de um conjunto complexo de fenômenos de capilaridade, atrações eletrostáticas, reações químicas etc. (2) função pela qual as células dos seres vivos fazem penetrar em seu meio interno, em uma parte da célula ou em espaços intercelulares, as substâncias que lhes são necessárias.

Adsorção – é a retenção efetuada pelos coloides do solo a retirada de substâncias contidas no ar ou na água.

Erosão – desgaste progressivo do solo provocado pelo arraste de partículas de tamanho variável que o compõe, normalmente provocado pela ação da água, do vento, do homem ou dos animais.

Exsudação – (1) líquido animal ou vegetal que atravessa os poros e se deposita nas superfícies. (2) transpiração.

Lixiviação – processo superficial sofrido por rochas e solos ao serem lavados pelas águas das chuvas no qual os minerais de maior solubilidade são levados para camadas mais profundas dos solos ficando na superfície os minerais de menor solubilidade, tornando-os mais pobres.

Mineralização- trata-se da liberação dos nutrientes imobilizados (retidos) nos restos vegetais e outros materiais depositados no solo através de mineralização e solubilização tornando esses nutrientes disponíveis para as plantas.

Imobilização- A imobilização é o processo inverso a mineralização, onde a biomassa microbiana retém substâncias químicas complexas que antes estavam disponíveis para as plantas, passam a não serem mais disponíveis. A imobilização é um processo temporário.

Intemperismo – (1) conjunto de processos físicos, químicos e biológicos que atuam sobre rocha e minerais que resulta na sua desintegração ou decomposição. Foi através desta ação que surgiram os solos. (2) conjunto de processos que ocorrem na superfície terrestre que levam a decomposição dos minerais das rochas, devidos a fenômenos físicos, químicos e biológicos. Os principais controladores da dinâmica dos processos intempéricos e do tipo de intemperismo são o clima, a temperatura, a umidade, o regime de ventos, a evaporação insolação e a ação biológica.

Precipitação- (1) transformação de uma substância solúvel em insolúvel, por adição de reagente, evaporação, resfriamento ou eletrólise. (2) condensar-se (a umidade atmosférica) e cair como chuva, neve etc.

Síntese – (1) reunião de elementos concretos ou abstratos em um todo; fusão, composição. (2) operação química por meio da qual as células vivas fabricam as várias substâncias de que necessita o organismo a que pertencem. (3) preparação de composto a partir das substâncias elementares que o constituem, ou de substâncias compostas mais simples.

Solubilização – capacidade que uma substância tem de se dissolver num meio líquido.

Comentários