Roteiro - anatomia musculos

Roteiro - anatomia musculos

ROTEIRO DE AULA PRÁTICA DE MÚSCULO ESQUELÉTICO

Listagem Geral dos Músculos

Esternocleidomastoideo

Peitoral Maior

Peitoral Menor

Deltoide

Bíceps braquial

Braquial

Braquioradial

Grupo dos flexores do carpo e dos dedos

Grupo dos extensores do carpo e dos dedos

Intercostais

Diafragma

Reto do Abdômen

Transverso do Abdômen

Obliquo Externo

Obliquo Interno

Iliopsoas ( Iliaco + psoas maior)

Quadríceps femoral (Vasto lateral, vasto intermédio, vasto medial e reto femural)

Sartório

Tensor da fáscia lata

Grupo dos Adutores: Adutor longo, curto e magno

Grácil

Tibial anterior

Extensores dos dedos e do hálux

Redondo Maior

Redondo menor

Trapézio

Tríceps braquial

Grande dorsal

Supra espinhal

Infra espinhal

Subescapular

Glúteo Máximo

Glúteo médio

Glúteo Mínimo

Piriforme

Isquiotibiais (Biceps femoral, semitendinoso e semimenbranoso)

Quadrado femoral

Tríceps sural: Gastrocnêmio (cabeça medial e lateral) e sóleo

Fibular longo

Fibular Curto

ORÍGEM, INSERÇÃO E AÇÃO

ESTERNOCLEIDOMASTOIDEO

Origem:Manúbrio do esterno e terço medial da clavícula

Inserção:Processo mastoide

Ação:flexão lateral e rotação da cabeça.

PEITORAL MAIOR

Origem:Metade medial da clavícula, esterno e seis primeiras cartilagens costais, aponeurose do músculo oblíquo externo do abdome.

Inserção:Crista do tubérculo maior do úmero.

Ação: Adução e flexão do braço.

PEITORAL MENOR

Origem:2ª á 5ª costela, próximo á união da cartilagem costal com a costela.

Inserção:borda medial do processo caracóide.

Ação:Estabiliza a escápula.

DELTOIDE

Origem:Espinha da escapula, acrômio e terço lateral da clavícula.

Inserção:Tuberosidade deltoidea do úmero.

Ação:Flexão abdução e extensão do braço

BÍCEPS BRAQUIAL

Origem:Porção longa: tubérculo supra glenoidal; Porção curta: processo caracóide da escápula

Inserção:tuberosidade do rádio e, através da aponeurose do bíceps na fáscia do antebraço.

Ação:Flexiona a articulação do cotovelo e supina o antebraço.

BRAQUIAL

Origem:2\3 distais da face anterior ao úmero.

Inserção: Tuberosidade da ulna

Ação:Flexão do antebraço.

BRAQUIORADIAL

Origem:crista supracondilar lateral do úmero.

Inserção:processo estiloide do rádio

Ação:Flexão de cotovelo.

RETO DO ABDOME

Origem: Cartilagem costal das costelas V e VII e processo xifóide do esterno.

Inserção: Púbis.

Ação: Flexão do tronco; comprime o abdômen e auxilia a expiração forçada.

TRANSVERSO DO ABDOME

Origem: Face interna das 6 últimas cartilagens costais, fáscia toracolombar dos processos transversos das vértebras lombares, lábio externo da crista ilíaca e ligamento inguinal.

Inserção: Linha Alba nos três quartos superiores.

Ação: aumento da pressão intra-abdominal e estabilização da coluna lombar.

OBLIQUO EXTERNO

Origem: Face externa das 7 ultimas costelas.

Inserção: metade anterior da crista ilíaca, EIAS, tubérculo do púbis e linha alba.

Ação: Contração unilateral: rotação com o tórax girando para o lado oposto. Contração bilateral: flexão do tronco e aumento da pressão intra-abdominal.

OBLIQUO INTERNO

Origem: 3 ultimas cartilagens costais, crista do púbis e linha alba.

Inserção: crista ilíaca, EIAS e ligamento inguinal.

Ação: idem no obliquo externo, porém realiza rotação do tórax para o mesmo lado.

ILIOPSOAS

Origem: Fossa ilíaca e espinha ilíaca ântero-inferior (Ilíaco) e Corpos vertebrais de T12 a L4 e processos costais de L1 a L4 (Psoas).

Inserção: Trocanter menor.

Ação: Flexão e rotação do quadril; Flexão e extensão da coluna lombar.

QUADRICEPS FEMORAL (vasto lateral, vasto intermédio, vasto medial e reto femoral).

VASTO LATERAL

Origem: lábio lateral da linha áspera e Trocanter maior.

Inserção: tuberosidade da tíbia.

Ação: Todos tem ação na flexão do quadril, extensão do joelho, e tensão da cápsula articular do joelho.

VASTO INTERMÉDIO

Origem: face anterior do fêmur.

Inserção: tuberosidade da tíbia.

Ação: Todos tem ação na flexão do quadril, extensão do joelho, e tensão da cápsula articular do joelho.

VASTO MEDIAL:

Origem: lábio medial da linha áspera.

Inserção: tuberosidade da tíbia.

Ação: Todos tem ação na flexão do quadril, extensão do joelho, e tensão da cápsula articular do joelho.

RETO FEMORAL

Origem: espinha ilíaca- ântero-inferior

Inserção: tuberosidade da tíbia.

Ação: Todos tem ação na flexão do quadril, extensão do joelho, e tensão da cápsula articular do joelho.

SARTÓRIO

Origem: espinha ilíaca ântero-superior.

Inserção: tuberosidade da tíbia, formando a pata de ganso.

Ação: Flexão, rotação lateral e abdução do quadril, flexão e rotação medial do joelho.

TENSOR DA FASCIA LATA

Origem: Espinha ilíaca ântero-superior.

Inserção: extremidade lateral da tíbia, abaixo do côndilo lateral através do trato íliotibial.

Ação: Flexão e abdução medial do quadril e estabilização do joelho.

ADUTOR LONGO

Origem: Púbis

Inserção: lábio medial da linha áspera

Ação: adução, flexão e rotação lateral da coxa.

ADUTOR CURTO

Origem: ramo inferior do púbis.

Inserção: lábio medial da linha áspera.

Ação: adução, flexão e rotação lateral da coxa.

ADUTOR MAGNO

Origem: Ramo inferior do púbis e na tuberosidade isquiática.

Inserção: Lábio medial da linha áspera.

Ação: adução, flexão e rotação lateral da coxa.

GRÁCIL

Origem: sínfise pública.

Inserção: extremidade proximal da tíbia, formando a pata de ganso.

Ação: Adução flexão e rotação lateral do quadril; flexão e rotação medial do joelho.

TIBIAL ANTERIOR

Origem: Côndilo lateral e 2\3 proximais da tíbia.

Inserção: base do 1º metatársico e fase medial do cuneiforme medial.

Ação: dorsiflexão e supinação do pé.

TRAPÉZIO FIBRAS SUPERIORES

Origem: linha nucal superior, protuberância occipital externa, ligamento nucal, processos espinhosos de todas as vértebras torácicas.

Inserção: terço lateral da clavícula, acrômio e espinha da escápula.

Ação: eleva, abaixa e retrai a escápula

TRÍCEPS BRAQUIAL

Origem: Porção longa: tubérculo infraglenoidal da escápula; Porção lateral: face posterior do úmero acima do sulco para o n. radial; Porção medial: face posterior do úmero abaixo do sulco para nervo radial.

Inserção: Face posterior do olecrano da ulna.

Ação: Extensão do antebraço.

GRANDE DORSAL

Origem: Processo espinhoso das 6 ultimas vértebras torácicas, crista ilíaca e fáscia toracolombar.

Inserção: Crista do tubérculo menor e assoalho do sulco Inter tubercular.

Ação: Extensão, educação e rotação medial do braço.

SUPRA ESPINHAL

Origem: Fossa supraspinhal da escápula.

Inserção: tubérculo maior do úmero

Ação: Abdução do braço, e estabiliza o úmero.

INFRA ESPINHAL

Origem: Fossa infraspinhal da escapula.

Inserção: Tubérculo maior do úmero

Ação: Rotação lateral do braço, adução dele, e estabiliza o úmero.

SUBSCAPULAR

Origem: Face costal da escapula.

Inserção: Tubérculo menor do úmero.

Ação: Rotação medial do úmero; estabiliza o ombro.

GLÚTEO MAXIMO

Origem: No ílio, posteriormente, á linha glútea posterior, face posterior do sacro e ligamento sagro tuberal.

Inserção: Tuberosidade glútea.

Ação: Extensão rotação lateral e abdução no quadril e auxilia na extensão do joelho.

GLÚTEO MÉDIO

Origem: Face glútea da asa do ílio.

Inserção: Trocanter maior.

Ação: Flexão, abdução e rotação medial.

GLÚTEO MÍNIMO

Origem: No ílio, entre a linha glútea posterior e anterior.

Inserção: Trocanter maior.

Ação: Abdução e rotação medial da coxa. As fibras anteriores realizam flexão do quadril.

PIRIFORME

Origem: Fase pélvica do sacro (2ª á 4ª vertebras sacrais).

Inserção: Trocanter maior.

Ação: Abdução e rotação lateral da coxa.

ISQUIOTIBIAIS (Bíceps femoral - porção longa e curta, semitendinoso e semimenbranoso)

Bíceps femoral

Origem: Porção longa: tuberosidade isquiática e Porção curta: linha áspera do fêmur

Inserção: Porção longa e curta: cabeça da fíbula

Ação: extensão, adução e rotação lateral da coxa, flexão e rotação lateral da perna.

Semitendíneo

Origem: tuberosidade isquiática

Inserção:face medial do corpo da tíbia

Ação: rotação medial, extensão e adução da coxa, flexão e rotação medial da perna

Semimembranáceo

Origem: tuberosidade isquiática

Inserção: côndilo medial da tíbia

Ação: rotação medial, extensão e adução da coxa, flexão e rotação medial da perna

QUADRADO FEMORAL

Origem: Borda lateral da tuberosidade isquiática.

Inserção: Crista intertrocantérica.

Ação: Rotação lateral da coxa.

TRÍCEPS SURAL (Gastrocnêmio - cabeça medial e lateral e sóleo)

Gastrocnêmio

Origem: Cabeça lateral: côndilo lateral do fêmur; Cabeça medial: acima docôndilo medial do fêmur.

Inserção: tendão do calcâneo

Ação: flexão plantar

Sóleo

Origem: porção proximal e posterior da fíbula

Inserção: tendão do calcâneo

Ação: flexão plantar

FIBULAR LONGO

Origem: Fíbula

Inserção: 1º metatarsiano.

Ação: Pronação e flexão plantar

FIBULAR CURTO

Origem: Fíbula

Inserção: 5º metartasiano.

Ação: Pronação e flexão plantar.

Comentários