Relatorio Quimica Experimental Recristalizaçao

Relatorio Quimica Experimental Recristalizaçao

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS - DEPARTAMENTO DE QUÍMICA

QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL

6

TÉCNICA DE PURIFICAÇÃO: RECRISTALIZAÇÃO

Acadêmicos: RA:

Prof.

MARINGÁ

2016

1 - INTRODUÇÃO:

A recristalização - método de purificação de substâncias sólidas- consiste em dissolver a substância a ser purificada em um solvente em ebulição. Para que o experimento funcione é primordial que a propriedade da diferença de solubilidade em função da temperatura seja explorada. Isso porque, aumentando a temperatura da solução a solubilidade do sólido também aumenta.

As impurezas sólidas que deseja-se separar são então adsorvidas - isto é: retidas na superfície de sólidos através de interações- com carvão ativado.

2 - PROCEDIMENTO:

  1. Pesamos 2 gramas de ácido benzoico, colocando a substancia em um béquer (100mL). Nesta amostra, foi adicionado uma espátula de carvão ativado e 50mL de água destilada;

  2. A amostra foi submetida ao aquecimento. Cuidamos para que esta não borbulhasse impedindo assim que carvão viesse a se dissolver, tingindo a amostra;

  3. Filtramos a solução ainda quente, recolhendo o filtrado em um outro béquer (250mL) – antecedentemente passamos o funil pela água quente para evitar que a substancia se cristalizasse novamente e grudasse na parede do funil antes que o material fosse devidamente filtrado;

  4. Deixamos o filtrado esfriar;

  5. Colocamos o béquer com os cristais de ácido benzoico em banho de gelo (no isopor) enquanto o processo de recristalização se completava;

  6. Usamos água gelada para filtrar uma segunda vez a solução de água + cristal (a solução estava saturada com cristais de ácido benzoico) – escolhemos essa temperatura de água porque na temperatura ambiente a água é mal solvente para o ácido benzoico- com o intuito que o cristal ficasse contido no filtro separando-o da água;

  7. Pesamos o conjunto: vidro relógio + etiqueta + filtro: 64g

Materiais utilizados: vidro relógio, funil, fósforo, pinça, Kitassato, tampa de vácuo, tripé, tela de amianto, suporte universal, filtro de papel, carvão ativado, frasco Erlenmeyer, béquer e funil de Buchner.

3 - RESULTADOS E DISCUSSÃO:

A grande perda de substância, possivelmente ocorreu na primeira filtração, onde parte da substância ficou presa na parede do filtro. Além disso, outro fator de perda foi a transferência da substância para outro béquer ao se fazer o aquecimento pela segunda vez. Entretanto, apesar da grande perda, o processo de recristalização em si foi bem sucedido.

MASSA

Ácido Benzoico

2,019g

Vidro relógio + Filtro de papel + Etiqueta

64,096g

Vidro relógio + Filtro de papel + Ácido Benzoico + Etiqueta

65,424g

Ácido Benzoico (após recristalização)

1,328g

Calculamos o percentual de erro utilizando a seguinte fórmula:

4 - CONCLUSÃO

Por fim, pode-se concluir que o processo de recristalização, apesar de bem sucedido em seu propósito: separação e purificação de substâncias sólidas , é um processo que carece de grande quantidade de soluto - que é desperdiçada - por isso, deve-se fazer uma análise do soluto a ser utilizado. Salientando também, que o processo é relativamente demorado, apresentando várias etapas.

5 - REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

[1] VOGEL, A, I., Química orgânica: análise orgânica qualitativa, 3ª Ed., Rio de Janeiro, Ao Livro Técnico S.A., 1981. V. 1

[2] http://qmcbasica.paginas.ufsc.br

[3] Manual de laboratório de química UEM

Comentários