PROCFAB.02-Furação e Mandrilagem

PROCFAB.02-Furação e Mandrilagem

PROCFAB 20

ISMAI – CET de Design e Inovação Industrial 2013-2014

A Furação é uma operação que permite a abertura de furos, o seu alargamento e o seu acabamento.

Os furos podem ser passantes ou cegos e podem ter como finalidade receber:

Parafusos, pinos, cavilhas, rebites, veios, êmbolos, etc.

Numa Furadora, pode-se: Furar, alargar, mandrilar, rebaixar, escarear:

FURAÇÃO 01

PROCFAB 21

ISMAI – CET de Design e Inovação Industrial 2013-2014 GEOMETRIAS OBTIDAS NAS FURADORAS:

A Furadora é uma máquina na qual se podem realizar operações de furação, de roscagem com macho de roscar, e de mandrilagem, geralmente interior, com barra de mandrilar ou com mandril.

A Furadora tem uma árvore rotativa, onde é fixada a ferramenta, a qual vai dispor de um avanço axial (este avanço pode ser manual ou mecânico).

FURAÇÃO 02

PROCFAB 2

ISMAI – CET de Design e Inovação Industrial 2013-2014 ESQUEMAS E FOTO DE FURADORAS:

FURAÇÃO 03

PROCFAB 23

ISMAI – CET de Design e Inovação Industrial 2013-2014 FERRAMENTADAFURADORA: ABROCA

A broca possui duas cavas (canais) em hélice, dando origem a duas arestas cortantes que se reunem na ponta da broca, sendo que cada uma remove a sua parte de material.

As brocas são usualmente consideradas apropriadas para a execução de furos de comprimento inferior a 5 (cinco) vezes os seus diâmetros.

FURAÇÃO 04

PROCFAB 24

ISMAI – CET de Design e Inovação Industrial 2013-2014

As brocas helicoidais são fabricadas em aço ferramenta, em aço rápido (com ou sem revestimentos) e em carbonetos (integrais ou com pastilhas de fização mecânica).

As brocas de aço rápido (HSS) são mais baratas e permitem velocidades de corte moderadas.

As brocas de carbonetos sinterizados, nuas ou revestdas, permitem elevadas velocidades de corte, sendo recomendadas para afuração de materiais de elevada resistência mecânica, como os aços temperados e os ferros fundidos muito duros.

FURAÇÃO 05

PROCFAB 25

ISMAI – CET de Design e Inovação Industrial 2013-2014

A operação de MANDRILAGEM é efectuada para acabamento de um furo realizado previamente.

A MANDRILAGEM é usada para alargar e melhorar a face de acabamento de furos.

Os MANDRIS são feitos de aço de ferramenta, tendo por vezes arestas de corte de carbonetos sinterizados. Estes últimos são apenas usados para remover uma pequena parte de material, o que permite um melhor acabamento do furo.

Além dos mandris cilìndricos há também mandris cónicos destinados a furos cónicos.

MANDRILAGEM 01

PROCFAB 26

ISMAI – CET de Design e Inovação Industrial 2013-2014 FOTOS DE FURADORAS E DE MANDRILADORAS

MANDRILAGEM 02

PROCFAB 27

ISMAI – CET de Design e Inovação Industrial 2013-2014 LISTADE VÍDEOS SOBRE FURAÇÃO E MANDRILAGEM http://youtu.be/qF4x7jxDHXM movimentos da furadora 02:10 http://youtu.be/9cICRrKfCFU descrição de uma furadora 02:07 http://youtu.be/mbWUIxvBmAo furadora de base magnética 03:14 http://youtu.be/JYyqVqwOHaA como fazer um furo quadrado 02:18 http://youtu.be/y7fbHhG_NNU furadora automatizada 07:05 http://youtu.be/lJKZMhRhkJY furadora de bancada 02:09 http://youtu.be/gjt4J9HrN-4 aula de mandrilamento 12:20 http://youtu.be/i4rRQQDjjLs operação-mandrilamento 0:52 http://youtu.be/FNDziMNxPWY mandriladora moderna 08:54

MANDRILAGEM 03

Comentários