Português

Português

(Parte 1 de 6)

Prof. Décio Terrorw.pontodosconcursos.com.br

Apresentação

Olá! É com grande prazer que iniciamos nosso curso para Assistente Técnico-Administrativo do Ministério da Fazenda!

Meu nome é Décio Terror Filho. Atuo no ensino da Língua Portuguesa para concurso público há doze anos e venho estudando as principais estratégias de abordagem de prova das diversas bancas. Sou professor concursado na área federal e autor do livro “Resoluções de Provas de

Português – banca ESAF”, disponível na

Nossa estratégia é que você NÃO DECORE NADA e este curso vai lhe provar isso, com base nas questões de provas anteriores comentadas durante as aulas.

Na Seleção do material para nossas aulas, focarei as questões apenas da banca ESAF de nível superior, podendo ocorrer, em determinados temas, algumas questões de nível médio, para aprofundarmos nos assuntos e praticarmos mais.

Você terá uma base teórica e em seguida a aplicação em questões comentadas. Ao final serão elencadas as mesmas questões para sua revisão, porém sem o comentário.

A partir da aula 1, haverá questões de CERTO e ERRADO e de marcação de alternativas. Isso ocorre porque a banca ESAF, em apenas uma questão, explora, muitas vezes, 5 temas diferentes. Então ficaria difícil abordar uma questão sem que tivéssemos explicado todos os assuntos. Por isso, destaquei das questões de vários temas o que é importante para cada aula. A partir da quinta aula, em que teremos mais volume de matéria, as questões de cinco alternativas estarão mais presentes.

Outra coisa importante a ser comentada: as questões em concurso são cíclicas! O que quero dizer com isso? Em concurso, não podemos estudar ou enfatizar provas que caíram só neste ano. É natural que enfatizemos as provas

Português p/ Assistente Técnico-Administrativo (ESAF) (teoria e questões comentadas)

Prof. Décio Terrorw.pontodosconcursos.com.br

mais atuais, mas não desvalorizemos provas antigas; pois aprendemos muito com elas e há forte tendência por determinados tipos de cobrança voltarem. Isso é normal.

A distribuição dos assuntos nas aulas foi feita de maneira a abordar mais facilmente a matéria e a resolução das questões, por isso não seguiremos fielmente a ordenação, nem aprofundaremos demais em assuntos que não tenham tantas ocorrências nas provas anteriores, pois o que importa neste módulo é a prática daquilo que REALMENTE cai. Assim, o conteúdo será esquematizado para ser exercitado.

Críticas ao material e à abordagem do professor são sempre bem-vindas e não há qualquer melindre em recebê-las, mesmo porque o FOCO é seu aproveitamento e VOCÊ TEM TODO O DIREITO DE SUGERIR, QUESTIONAR, SOLICITAR MAIS EXPLICAÇÕES, MAIS QUESTÕES etc.

Conteúdo Programático:

Aula 0: Apresentação do curso e Ordenação de frases.

Aula 01: Pontuação (com os termos coordenados e com os termos subordinados adverbiais) e conjunções.

Aula 02: Sintaxe da oração, do período composto por subordinação substantiva e adjetiva e pontuação.

Aula 03: Concordância Verbal e Nominal. Aula 04: Regência Verbal e Nominal. Aula 05: Crase e interpretação de texto. Aula 06: Emprego das classes de palavras. Aula 07: Significação das palavras e continuação coesa e coerente. Aula 08: Ortografia, acentuação gráfica (Reforma Ortográfica).

Aula 09: Redação Oficial: Manual de Redação da Presidência da República.

Redação de correspondências oficiais: documentos oficiais utilizados pelas instituições públicas brasileiras.

Vamos à nossa aula demonstrativa!

(Ordenação de frases)

Este é um tema típico da ESAF. Ele é simples, mas muitas pessoas perdem tempo ou não entendem a sua estrutura e acabam errando durante a prova.

Para a resolução das questões de ordenação de frases, tomemos por base a seguinte questão:

Prof. Décio Terrorw.pontodosconcursos.com.br

Questão 1: Ministério da Integração Nacional – Nível Superior – 2012

O texto Grandes cidades nem sempre são as mais poluentes diz estudo, da France Press, publicado em http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/866228 (com acesso em 29/12/2011) foi adaptado para compor os fragmentos abaixo. Numere-os, de acordo com a ordem em que devem ser dispostos para formar um texto coeso e coerente.

( ) Nesse estudo, enquanto cidades do mundo todo foram apontadas como culpadas por cerca de 71% das emissões causadoras do efeito estufa, cidadãos urbanos que substituíram os carros por transporte público ajudaram a diminuir as emissões per capita em algumas cidades.

( ) Pesquisadores examinaram dados de cem cidades em 3 países, em busca de pistas sobre quais metrópoles seriam as maiores poluidoras e por que, de acordo com estudo publicado na revista especializada “Environment and Urbanization”.

( ) “Isso reflete a grande dependência de combustíveis fósseis para a produção de eletricidade, uma base industrial significante em muitas cidades e uma população rural relativamente grande e pobre”, informa o estudo.

( ) Por fim, quando os pesquisadores olharam as cidades asiáticas, latinoamericanas e africanas, descobriram emissões menores por pessoa. A maior parte das cidades na África, Ásia e América Latina tem emissões inferiores por pessoa. O desafio para elas é manter essas emissões baixas, apesar do crescimento de suas economias.

( ) O estudo também aponta outras tendências, como as cidades de climas frios terem emissões maiores, e países pobres e de renda média terem emissões per capita inferiores aos países desenvolvidos.

SEMPRE SIGA OS SEGUINTES PASSOS PARA ESTE TIPO DE QUESTÃO: 1º Procure a frase que possa iniciar o texto.

Sabemos que a frase que inicia um texto não possui palavras que façam referência a uma frase anterior, pois ela é a inicial. Assim, neste tipo de questão, evite as palavras que traduzam uma referência a vocábulo supostamente dito anteriormente.

A frase iniciada por “Nesse estudo” não pode iniciar o texto por fazer referência a algum estudo expresso em frase anterior.

Prof. Décio Terrorw.pontodosconcursos.com.br

A frase iniciada por “Pesquisadores examinaram dados” não possui vocábulos que fazem referência a uma frase anterior. Assim, possivelmente será ela a de introdução do texto.

A frase iniciada por “Isso reflete a grande” faz referência a algo anteriormente expresso, por isso não pode iniciar o texto.

A frase iniciada por “Por fim” finaliza uma sequência de informações, por isso não pode iniciar o texto.

A frase iniciada por “O estudo também aponta” não pode iniciar o texto por fazer referência a algum estudo expresso em frase anterior.

Assim, confirmamos que a frase iniciada por “Pesquisadores examinaram dados” é a primeira do texto.

2º Note a sequência que se formou:

Para visualizarmos essa sequência na resposta, temos que “deitá-la”, como a sequência abaixo:

Passo 3 Passo 4

3º Vá às respostas e procure eliminar as alternativas que não possuam a sequência acima.

Prof. Décio Terrorw.pontodosconcursos.com.br

4º Todo o seu trabalho agora será executado pelas respostas, pegue na sequência cada uma das alternativas possíveis (as que não foram eliminadas) e veja se a ordenação é coerente:

De acordo com a alternativa B [(2) (1) (3) (5) (4)], a frase que viria na sequência seria a iniciada por “Nesse estudo”. Isso está coerente, pois esta expressão retoma “Pesquisadores examinaram dados” e “estudo”. Além disso, a expressão “cidades do mundo todo foram apontadas como culpadas” amplia o termo “cem cidades em 3 países”. Veja:

(2°) Nesse estudo, enquanto cidades do mundo todo foram apontadas como culpadas por cerca de 71% das emissões causadoras do efeito estufa, cidadãos urbanos que substituíram os carros por transporte público ajudaram a diminuir as emissões per capita em algumas cidades.

(1°) Pesquisadores examinaram dados de cem cidades em 3 países, em busca de pistas sobre quais metrópoles seriam as maiores poluidoras e por que, de acordo com estudo publicado na revista especializada “Environment and Urbanization”.

(3°) “Isso reflete a grande dependência de combustíveis fósseis para a produção de eletricidade, uma base industrial significante em muitas cidades e uma população rural relativamente grande e pobre”, informa o estudo.

(5°) Por fim, quando os pesquisadores olharam as cidades asiáticas, latinoamericanas e africanas, descobriram emissões menores por pessoa. A maior parte das cidades na África, Ásia e América Latina tem emissões inferiores por pessoa. O desafio para elas é manter essas emissões baixas, apesar do crescimento de suas economias.

(4°) O estudo também aponta outras tendências, como as cidades de climas frios terem emissões maiores, e países pobres e de renda média terem emissões per capita inferiores aos países desenvolvidos.

Prof. Décio Terrorw.pontodosconcursos.com.br

Como a alternativa (B) se fez coerente, continuemos com sua sequência:

A próxima frase é a iniciada por “Isso reflete”, em que o pronome “Isso” se refere à expressão “cidades do mundo todo foram apontadas como culpadas por cerca de 71% das emissões causadoras do efeito estufa”.

(2°) Nesse estudo, enquanto cidades do mundo todo foram apontadas como culpadas por cerca de 71% das emissões causadoras do efeito estufa, cidadãos urbanos que substituíram os carros por transporte público ajudaram a diminuir as emissões per capita em algumas cidades.

(1°) Pesquisadores examinaram dados de cem cidades em 3 países, em busca de pistas sobre quais metrópoles seriam as maiores poluidoras e por que, de acordo com estudo publicado na revista especializada “Environment and Urbanization”.

(3°) “Isso reflete a grande dependência de combustíveis fósseis para a produção de eletricidade, uma base industrial significante em muitas cidades e uma população rural relativamente grande e pobre”, informa o estudo.

(5°) Por fim, quando os pesquisadores olharam as cidades asiáticas, latinoamericanas e africanas, descobriram emissões menores por pessoa. A maior parte das cidades na África, Ásia e América Latina tem emissões inferiores por pessoa. O desafio para elas é manter essas emissões baixas, apesar do crescimento de suas economias.

(4°) O estudo também aponta outras tendências, como as cidades de climas frios terem emissões maiores, e países pobres e de renda média terem emissões per capita inferiores aos países desenvolvidos.

Assim, já temos certeza de que a alternativa (B) é a correta, mas devemos confirmar os referentes.

Note que a expressão “O estudo também aponta outras tendências” está paralela à expressão “Isso reflete a grande dependência de combustíveis fósseis”, as quais se referem aos diagnósticos de tal pesquisa. Isso é reforçado com emprego do advérbio “também” e do pronome “outros”, os quais sinalizam que já houve um diagnóstico e uma tendência anteriormente expressos.

A expressão “Por fim” finaliza o texto. Além disso, perceba que a frase “A maior parte das cidades na África, Ásia e América Latina tem emissões inferiores por pessoa.” amplia a informação de que “países pobres e de renda média terem emissões per capita inferiores aos países desenvolvidos”.

Veja toda a estrutura:

Prof. Décio Terrorw.pontodosconcursos.com.br

(2°) Nesse estudo, enquanto cidades do mundo todo foram apontadas como culpadas por cerca de 71% das emissões causadoras do efeito estufa, cidadãos urbanos que substituíram os carros por transporte público ajudaram a diminuir as emissões per capita em algumas cidades.

(1°) Pesquisadores examinaram dados de cem cidades em 3 países, em busca de pistas sobre quais metrópoles seriam as maiores poluidoras e por que, de acordo com estudo publicado na revista especializada “Environment and Urbanization”.

(3°) “Isso reflete a grande dependência de combustíveis fósseis para a produção de eletricidade, uma base industrial significante em muitas cidades e uma população rural relativamente grande e pobre”, informa o estudo.

(5°) Por fim, quando os pesquisadores olharam as cidades asiáticas, latinoamericanas e africanas, descobriram emissões menores por pessoa. A maior parte das cidades na África, Ásia e América Latina tem emissões inferiores por pessoa. O desafio para elas é manter essas emissões baixas, apesar do crescimento de suas economias.

(4°) O estudo também aponta outras tendências, como as cidades de climas frios terem emissões maiores, e países pobres e de renda média terem emissões per capita inferiores aos países desenvolvidos.

Gabarito: B

Questão 2: Analista-Tributário da Receita Federal 2010

Os trechos a seguir constituem um texto adaptado de O Globo, Editorial, 14/10/2009, mas estão desordenados. Ordene-os nos parênteses e indique a sequência correta.

(2º) Esse quadro se alterou significativamente: em volume, a produção nacional de petróleo vem se mantendo próxima aos patamares de consumo doméstico. A redução dessa dependência no campo da energia foi acompanhada por um salto expressivo nas exportações brasileiras (que cresceram uma vez e meia na última década), com razoável equilíbrio entre produtos básicos e manufaturados na pauta de vendas. (1º) Apesar de a economia brasileira ter ainda um grau de abertura relativamente pequeno para o exterior — se comparado à média internacional —, o câmbio sempre foi apontado com um dos fatores mais vulneráveis do país. No passado, o Brasil era muito dependente de petróleo importado e de insumos essenciais para a indústria. (3º) Além desse equilíbrio, os programas de ajuste macroeconômico têm garantido uma estabilidade monetária que ampliou o horizonte de

Prof. Décio Terrorw.pontodosconcursos.com.br

investimentos e as possibilidades de um desenvolvimento sustentável de longo prazo. (5º) Tal promoção foi reforçada pela capacidade de reação da economia brasileira à recente crise financeira, a mais grave que o mundo atravessou desde o fim da Segunda Guerra Mundial. (4º) Assim, as principais agências classificadoras de risco promoveram a economia brasileira para a categoria daquelas que não oferecem risco cambial aos investidores estrangeiros.

Para acharmos a primeira frase na ordenação, não pode haver referência a termo dito anteriormente. Assim, na primeira frase, iniciada por “Esse quadro”, o pronome “Esse” possui referente em frase anterior, por isso não pode ser a introdução do texto. A frase iniciada por “Apesar de a economia brasileira” não possui vocábulo que necessita de referente anterior, por isso esta pode ser a frase inicial do texto. As frases iniciadas por “Além desse equilíbrio” e “Tal promoção” possuem os pronomes “desse” e “Tal”, os quais exigem referentes em frases anteriores. A frase iniciada por “Assim” possui uma conjunção conclusiva que não pode iniciar um texto.

Portanto, a primeira frase na ordenação do texto só pode ser a iniciada por “Apesar de a economia brasileira”. Com isso, devem-se eliminar as alternativas (B, C, D). Veja o esquema:

(2º) Esse quadro se alterou significativamente: em volume, a produção nacional de petróleo vem se mantendo próxima aos patamares de consumo doméstico. A redução dessa dependência no campo da energia foi acompanhada por um salto expressivo nas exportações brasileiras (que cresceram uma vez e meia na última década), com razoável equilíbrio entre produtos básicos e manufaturados na pauta de vendas. (1º) Apesar de a economia brasileira ter ainda um grau de abertura relativamente pequeno para o exterior — se comparado à média internacional —, o câmbio sempre foi apontado com um dos fatores mais vulneráveis do país. No passado, o Brasil era muito dependente de petróleo importado e de insumos essenciais para a indústria. (3º) Além desse equilíbrio, os programas de ajuste macroeconômico têm garantido uma estabilidade monetária que ampliou o horizonte de investimentos e as possibilidades de um desenvolvimento sustentável de longo prazo. (5º) Tal promoção foi reforçada pela capacidade de reação da economia brasileira à recente crise financeira, a mais grave que o mundo atravessou desde o fim da Segunda Guerra Mundial. (4º) Assim, as principais agências classificadoras de risco promoveram a economia brasileira para a categoria daquelas que não oferecem risco cambial aos investidores estrangeiros.

(Parte 1 de 6)

Comentários