(Parte 1 de 2)

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM

2º SEMESTRE

JOSIANE CRISTINA PRUDENTE BARGIELA PELLÓN

RA 1691325384

PROJETO INTERDISCIPLINAR APLICADO IAO CURSO SUPERIOR EM GESTÃO PÚBLICA

Projeto Experimental de Viabilidade para a implantação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) na Dulce Chocolates – Ltda- ME, na ramo de alimentos.

PROFESSOR-TUTOR ELETRÔNICO ()

PROFESSOR-TUTOR PRESENCIAL ERICA GRACIANO

SOROCABA - SP

2015

Projeto Interdisciplinar II apresentado como requisito para obtenção de nota na disciplina, do Curso de Tecnologia em Gestão Pública da Universidade Anhanguera, Polo Sorocaba, sob a orientação do(a) Professor(a)-Tutor(a) Presencial Erica Graciano.

RESUMO

Com as diversas mudanças climáticas ocorrendo no mundo as pessoas começam a se preocupar cada dia mais com o meio ambiente no qual vivem, e criam diversas soluções para suas ações terem um impacto menor no meio ambiente, e as empresas se tornam mais cobradas para aderirem aos novos padrões e leis respeitando ao meio ambiente. Por isso, neste trabalho temos como objetivo implantar um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) na empresa Dulce Choco, uma distribuidora e atacado de chocolates com grande diversidade de marcas, localizada em Sorocaba, na região central. Pensando em ter como consequência um lucro maior, pesquisamos um sistema que gere melhor resultado para a empresa e tenha menor custo.

SUMARIO

1. INTRODUÇÃO__________________________________________________04

2. APRESENTAÇÃO DO ALVO DO PROJETO________________________05

2.1. CONTEXTUALIZAÇÃO DA PESQUISA_____________________05

2.2. FUNDAMENTAÇÃO TEORICA____________________________06

3. DIAGNOSTICO EMPRESARIAL__________________________________07

4. DESENVOLVIMENTO E IMPLEMENTAÇÃO______________________10

5. RESULTADOS ESPERADOS_____________________________________14

6. CONSIDERAÇÕES FINAIS_______________________________________15

7. REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS_______________________________16

  1. INTRODUÇÃO

A tendência atual é que as empresas façam do seu desempenho ambiental um fator diferencial no mercado. O que significa, em alguns casos, adotar requisitos internos até mais restritivos que os legalmente impostos no país.

O estudo para implantação de sistemas de gestão ambiental tem, ultimamente, galgado um nível de importância bastante elevado, pois cada vez mais tornou-se indispensável às empresas o adequado gerenciamentos dos seus recursos, processo e produtos de forma a não agredir o meio ambiente e obter o melhor desempenho econômico. Desta forma, em todo mundo observa-se uma corrida pela certificação ambiental, como forma de garantir posição no mercado e melhoria do seu desempenho global.

Essas ações são devidas as pressões da sociedade, que ainda e muito pequena principalmente Brasil e em outros países em desenvolvimento. Em relação a pressão dos clientes, o que se tem observado e que as maiores empresas estão buscando certificados e ao mesmo tempo estão pressionando seus fornecedores para que assim o façam e assim sucessivamente.

Consequentemente buscar-se descobrir dentro do tema de empreendedorismo sustentável a melhor maneira de agir no atual mercado, buscando empreender para alcançar a prosperidade financeira, bem como a prosperidade nos diversos ambientes em que a empresa possa se situar, e com isso ganhar e garantir credibilidade de seus colaboradores e clientes para que os mesmos estejam satisfeitos não só com o produto e sim também com a responsabilidade social.

2. APRESENTAÇÃO DO ALVO DO PROJETO

Dulce chocolates – Ltda-ME é uma empresa se enquadra no porte de Pequena Empresa de acordo com a Lei complementar n°123 de 14 de dezembro de 2006. Esse enquadramento é feito a partir do faturamento anual da empresa, e influência nos benefícios e carga tributaria.

Ramo de atividade se refere à área em que a empresa pretende atuar. No caso

desta empresa seu ramo será prestação de serviços no setor alimentício.

Os produtos comercializados são ovos de páscoa diversos, bombons, trufas etc.

2.1. CONTEXTUALIZAÇÃO DA PESQUISA

Gestão Ambiental é o controle dos impactos ambientais provocados por uma atividade empresarial qualquer. A implementação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) constitui em uma estratégia para que o empresário, em processo contínuo, identifique oportunidades de melhorias que reduzam os impactos das atividades de sua empresa sobre o meio ambiente, conscientizando os colaboradores na melhoria contínua e fazendo a escolha certa desde a matéria prima ao produto final.

Diante dos problemas identificados no estudo durante nossas pesquisas, propomos à empresa, inicialmente medidas que amenizem os impactos ambientais, criando para eles uma forma de adequação ao desenvolvimento sustentável.

Podemos verificar já no início do desenvolvimento deste projeto, que o consumo de energia elétrica e água são excessivos, bem como não existe o descarte correto de materiais recicláveis e resíduos. Realizamos pesquisas de mercado que sempre demonstram uma produtividade e aceitação no mercado, das empresas que possuem o SGA e a consciência do desenvolvimento sustentável.

Fizemos a coleta dos dados necessários através de entrevistas com as gestoras e os colaboradores, apontando as mudanças necessárias embasados em nosso projeto.

2.2. FUNDAMENTAÇÃO TEORICA

A preocupação com o meio ambiente é um assunto discutido frequentemente

nos dias atuais, principalmente nas empresas. Dependemos do meio ambiente para a

sobrevivência e evolução, pois a sociedade e a economia não são capazes de

sustentar – se sem água potável, ar puro, solo fértil e um clima ameno.

O processo de Sistema de Gestão Ambiental tem como objetivo identificar e

controlar os impactos ambientais. A evolução dos processos ambientais com ênfase na

sustentabilidade não é somente favorável para a sociedade, mas também para

empresas, inclusive na parte financeira, pois reduzem as perdas na cadeia produtiva,

principalmente as perdas de matéria-prima (ETHOS, 2015).

O Sistema de Gestão Ambiental (SGA) é fundamental para o cumprimento da legislação e benéfica para o ambiente, trazendo vantagens para a organização como um todo.

É primordial para a preservação dos recursos naturais com a conscientização da sociedade como um todo, para que no futuro sejam gestores e colaboradores mais conscientes.

Nossa missão é de uma forma objetiva, apresentar soluções para a diminuição dos impactos ambientais que a empresa Dulce Chocolates Ltda. - ME, hoje produz.

A adoção de práticas de gestão ambiental altera profundamente o desempenho ambiental e econômico da organização ou destino, assim como seu relacionamento com fornecedores, consumidores, empregados, agências de financiamento e reguladores das políticas ambientais.

  1. DIAGNÓSTICO EMPRESARIAL

O levantamento de dados abrangeu a situação ambiental da empresa, essa metodologia procurou integrar os princípios básicos da sustentabilidade no âmbito da ISSO 14001, buscando desenvolver, dentre outros:

  • Redução de custo de disposição de resíduos;

  • Melhoria da imagem, da relação com os clientes, além de melhorar o relacionamento com as autoridades reguladoras;

  • Redução dos riscos de responsabilidade de despoluição;

  • Redução do consumo de energia;

  • Demonstração de comportamento ambiental esperado;

  • Orientação para que essa organização possa atingir estratégias e vantagens competitivas e sustentáveis através de um Sistema de Gestão Ambiental.

A empresa analisada se localiza na região central de São Paulo, possuindo 23 funcionários, tendo um valor médio por mês para pagamento de energia eletrica de R$ 681,78 e para água de R$347,39 .

Não haviam pensado na importância da política ambiental, e não existia política de meio ambiente. Desse modo identificamos as atividades que causavam impactos ao meio ambiente, e assim, foi identificada a mudança ambiental aplicável.

O controle de ar-condicionado, como também o controle das emissões de gases para a atmosfera, bem como o controle da qualidade da água não eram realizados.

A água utilizada era lançada no corpo receptor da região e a gestão desse insumo também não ocorria, todo o lixo gerado era recolhido pela empresa coletora e enviado para aterros.

Não existia treinamento de funcionários nesse sentido de orientação sobre a utilização de água, energia e descarte ideal do lixo, do mesmo modo que também não havia um sistema formalizado de comunicação interna, nem documentações para dar ciência aos colaboradores e sócios dos fatos e dados relativos a questões ambientais na organização.

Ficou indiscutivelmente visível que esta organização necessitava incorporar à variável ambiental no processo gerencial, nessa situação a organização corria riscos de elevação dos gastos com multas, recuperação de áreas contaminadas, perda de mercado e depreciação da imagem institucional.

  1. DESENVOLVIMENTO E IMPLEMENTAÇÃO

Será necessários desenvolver soluções para evitar impactos ao meio ambiente para preservá-lo corretamente, atendendo as necessidades humanas, sem o comprometimento da futura geração, como o que se segue:

  • Reduzir os recursos naturais, utilizando tecnologias com foco no crescimento da produtividade, contribuindo para a minimização de água e energia;

(Parte 1 de 2)

Comentários