resoluçao dos exercicios de Biologia-Volume 03

resoluçao dos exercicios de Biologia-Volume 03

(Parte 1 de 5)

Biologia Volume 3

Bernoulli Resolve

2 Coleção Estudo

Sumário - Biologia

Módulo B

Módulo D

3 Editora Bernoulli

MÓDULO – A 05

Composição química dos seres vivos: vitaminas

Exercícios de Fixação

Questão 01 – Soma = 17

Comentário: A proposição 02 está incorreta porque a pelagra é causada pela deficiência da vitamina B3(vitamina P), que é hidrossolúvel. A proposição 04 está incorreta porque o escorbuto é causado pela deficiência da vitamina C, que é hidrossolúvel. A proposição 08 está incorreta porque a vitamina A não é hidrossolúvel e nem previne a anemia perniciosa. A vitamina A é lipossolúvel e as vitaminas que previnem a anemia perniciosa são as vitaminas B12 e B9. A proposição 32 está incorreta porque a vitamina C não é lipossolúvel e nem previne a cegueira noturna. A vitamina C é hidrossolúvel e previne o escorbuto. A vitamina que previne a cegueira noturna (hemeralopia) é a vitamina A.

Questão 02 – Letra B

Comentário: As vitaminas são substâncias requeridas em pequenas quantidades pelo organismo e correspondem a menos de 1% da massa total do corpo.

Questão 03 – Letra D

Comentário: Embora requeridas em pequenas quantidades, as vitaminas são substâncias essenciais (indispensáveis) ao organismo, uma vez que atuam, principalmente, como coenzimas. Dessa forma, são necessárias para o funcionamento normal de muitas enzimas.

Questão 04 – Soma = 03

Comentário: As incorreções das demais afirmativas podem ser assim justificadas:

04. As principais fontes alimentares de vitamina D são leite e seus derivados, ovos, óleo de fígado de bacalhau.

08. A vitamina que previne a pelagra é a vitamina B3 ou nicotinamida.

16. Beri béri decorre da carência da vitamina B1 ou tiamina.

Questão 05 – Letra A

Comentário: O raquitismo é uma avitaminose que tem como causa a deficiência de vitamina D. A vitamina D age no metabolismo do cálcio e do fósforo, estimulando a absorção desses elementos no intestino e a fixação dos mesmos nos ossos e dentes. Essa vitamina é encontrada principalmente no leite e derivados, gema do ovo e óleo de fígado de peixes (óleo de fígado de bacalhau, por exemplo), sendo também sintetizada em nossa pele através da exposição aos raios solares.

Exercícios Propostos

Questão 01 – Letra A

Comentário: Como as vitaminas são obtidas através da alimentação e sendo o beribéri uma doença de carência de uma vitamina (vitamina B1), o principal fator relacionado à sua incidência é a dieta.

Questão 02 – Letra B

Comentário: As vitaminas lipossolúveis são as vitaminas A, D, E e K. Desse grupo de vitaminas, a nossa microbiota (flora) intestinal produz apenas a vitamina K, que tem papel importante no processo da coagulação sanguínea. Dessa forma, o uso do antibiótico em questão pode destruir ou diminuir a população das bactérias da nossa microbiota intestinal, causando no organismo carência da vitamina K e, consequentemente, comprometendo o processo normal da coagulação sanguínea, o que favorece a ocorrência de hemorragias.

Questão 03 – Letra B

Comentário: O pernilongo deverá preterir (desprezar) o indivíduo que tem cegueira noturna (hemeralopia), avitaminose resultante da carência da vitamina A.

Questão 04 – Letra D

Comentário: A proposta I está incorreta porque não existe vacina para prevenir o beri béri.

Questão 05 – Letra B

Comentário: Essa questão sobre vitaminas mesclou a nomenclatura usual dessas substâncias com a nomenclatura química. Tiamina é a vitamina B1 e nicotinamida, a vitamina B3 (vitamina P). A carência de vitamina A pode causar xeroftalmia e hemeralopia (cegueira noturna), e a carência da tiamina (B1), o beribéri. A falta da vitamina C causa o escorbuto e a da nicotinamida (B3), a pelagra.

Questão 06 – Letra A

Comentário: A informação I está incorreta porque as vitaminas não são fontes de energia, mas frequentemente atuam como cofatores de reações metabólicas importantes no organismo.

Questão 07 – Letra E

Comentário: Trata-se de uma questão de leitura e interpretação. O texto é claro quando informa que alguns benefícios atribuídos à vitamina C ainda são questionáveis. Entretanto, ele mostra que a referida vitamina é essencial à dieta humana. Assim, a resposta da questão encontra-se no próprio enunciado.

4 Coleção Estudo

Seção Enem

Questão 01 – Letra E

Eixo cognitivo: I Competência de área: 4 Habilidade: 14

Comentário: As incorreções das demais alternativas podem ser assim justificadas:

A) As vitaminas não têm função energética.

B) Embora requeridas em pequena quantidade, as vitaminas são essenciais ao organismo.

C) As vitaminas não reagem com o remédio em questão. Este atua inibindo a ação das lipases.

D) As lipases são enzimas específicas para catalisar as reações de desdobramento dos lipídios.

Questão 02 – Letra D Eixo cognitivo: I Competência de área: 4

Habilidade: 17

Comentário: A afirmativa I está incorreta porque o cálcio não previne o escorbuto. A prevenção do escorbuto é feita pela vitamina C, também conhecida por antiescorbútica. A afirmativa I está incorreta porque a vitamina A não previne a diarreia. Além se ser importante para a manutenção da integridade do tecido epitelial, a vitamina A previne a xeroftalmia e a hemeralopia.

MÓDULO – A 06

Citologia: revestimentos externos da célula

Exercícios de Fixação

Questão 01 – Letra B

Comentário: A célula de um procarionte não possui membrana nuclear (carioteca) e, portanto, o material genético, presente no cromossomo único que possui, encontra-se em contato direto com o material citoplasmático. Não há, portanto, um núcleo diferenciado, separado do citoplasma pela carioteca.

Questão 02 – Letra D

Comentário: A figura mostra que no processo A a substância atravessa a membrana no sentido da região onde está mais concentrada para a região onde a sua concentração é menor, o que caracteriza esse processo como sendo uma difusão (transporte passivo sem gasto de ATP). No processo B o fluxo da substancia é feito no sentido contrário ao da difusão, ou seja, da região de menor concentração para a região de maior concentração com gasto de ATP, o que caracteriza esse processo como sendo um transporte ativo.

Questão 03 – Letra B

Comentário: Os glicídios que aparecem na face externa da membrana plasmática, associados a certas proteínas ou mesmo aos lipídios, formam o chamado glicocálix. O glicocálix é responsável pelo reconhecimento de células de uma mesma variedade ou de um mesmo tecido ou órgão.

As incorreções das demais alternativas podem ser assim justificadas:

A) A bomba de sódio e potássio é um exemplo de transporte ativo e, portanto, sua atividade requer gasto de energia.

C) Segundo o modelo de Singer e Nicholson (modelo do mosaico fluido), as proteínas não têm um lugar fixo, podendo se deslocar de um lado para outro ao longo da matriz lipídica, ir à tona ou mergulhar no citoplasma.

D) Osmose é um tipo de difusão (difusão apenas do solvente).

Questão 04 – Letra A

(hipotônica) para a mais concentrada I (hipertônica)Na figura
intracelularNa figura I houve um aumento do volume

Comentário: Como na figura I não houve alteração no volume das hemácias, conclui-se que a solução na qual essas células foram colocadas tinha uma concentração igual (isotônica) a do meio intracelular. Vamos lembrar que na osmose, o fluxo do solvente (água) é feito da solução menos concentrada I houve uma diminuição do volume das hemácias (hemácias enrugadas) devido a perda de água para o meio extracelular, ou seja, a solução na qual foram colocadas as células tinha uma concentração maior (hipertônica) em relação ao meio das hemácias devido a entrada de água nessas células, o que causou, inclusive, a hemólise. Assim sendo, na figura I a solução na qual as hemácias foram colocas era menos concentrada (hipotônica) em relação ao meio intracelular.

Questão 05 – Letra C

Comentário: A diferença de concentração dos íons Na e K entre os meios intracelular e extracelular mostrada na figura é mantida por um mecanismo de transporte ativo (bomba de sódio e potássio) que, como tal, gasta energia fornecida pela degradação de moléculas de ATP. Esse mecanismo impede que ocorra normalmente a difusão desses íons através da membrana celular. Caso a produção de ATP seja bloqueada na célula, o referido mecanismo de transporte ativo não ocorre. Com isso, por difusão, mecanismo de transporte passivo que não gasta energia, os referidos íons começam a atravessar a membrana, distribuindo-se de tal modo que suas concentrações nos meios intra e extracelular se tornem aproximadamente iguais.

Exercícios Propostos

Questão 01 – Letra A

Comentário: Glicídios ligados a certas proteínas da membrana plasmática de células animais formam uma malha de aspecto gelatinoso que envolve externamente a célula, denominada glicocálix. Além de conferir maior proteção à célula, o glicocálix também é responsável pelo reconhecimento de determinadas linhagens de células.

Questão 02 – Letra D

Comentário: As estruturas apontadas pelas setas são os desmossomos, que têm a função de manter a aderência entre células vizinhas.

5 Editora Bernoulli

Questão 03 – Letra B

Comentário: Se a membrana fosse permeável ao soluto e ao solvente, o volume das duas câmaras na situação final (equilíbrio) seria o mesmo. Como a figura mostra que na situação de equilíbrio há uma diferença de volume entre os dois compartimentos, conclui-se que a membrana que os separa é semipermeável, ou seja, deixa passar apenas o solvente. Trata-se, portanto, de um caso de osmose (passagem apenas do solvente pela membrana), em que o fluxo sempre é da solução hipotônica (menos concentrada) para a hipertônica (mais concentrada). Como houve passagem do solvente da câmara 2 para a câmara 1, então, na situação inicial, a solução da câmara 2 era hipertônica em relação à solução da câmara 1.

Questão 04 – Soma = 26

Comentário: As incorreções das demais afirmativas podem ser assim justificadas:

01. Os desmossomos são estruturas de natureza proteica.

04. Osmose é a passagem apenas do solvente do meio hipotônico para o meio hipertônico.

32. Hemácias mergulhadas em um meio hipotônico ganham água por osmose e, consequentemente, aumentam de volume.

Questão 05 – Letra D

Comentário: O processo descrito e representado na figura refere-se à bomba de sódio e potássio, um exemplo de transporte ativo (envolve gasto de ATP e a participação de proteínas carreadoras da membrana plasmática).

Questão 06 – Letra A

Comentário: Uma hemácia quando colocada em um meio hipertônico (mais concentrado) perde água por osmose e, consequentemente, diminui o seu volume (fig.1).

Questão 07 – Letra C

Comentário: As figuras A e B mostram que a célula vegetal perdeu água para o meio, ou seja, sofreu plasmólise, fato que pode ser evidenciado pela redução do volume intracelular. A figura C mostra que a célula vegetal retorna ao seu volume normal devido à entrada de água no meio intracelular, ou seja, a célula que estava plasmolisada voltou a ter o volume que tinha antes da plasmólise. Portanto, a figura C ilustra uma deplasmólise.

Seção Enem

Questão 01 – Letra D Eixo cognitivo: I Competência de área: 5

Habilidade: 17

Comentário: As incorreções das demais alternativas podem ser assim justificadas:

A) O e CO entram na célula e dela saem por difusão simples, mecanismo de transporte realizado sem a participação de proteínas carregadoras.

B) O transporte ativo de qualquer substância, bem como a endocitose e a exocitose, é um mecanismo realizado com gasto de energia (ATP).

C) A difusão facilitada é realizada com a participação de proteína carregadora e sem gasto de energia (ATP).

E) As macromoléculas entram na célula por endocitose e saem dela por exocitose.

Questão 02 – Letra B Eixo cognitivo: IV Competência de área: 5 Habilidade: 18

Comentário: Segundo o modelo proposto por Singer e Nicholson, a membrana plasmática possui uma matriz constituída por duas camadas de fosfolipídios onde se inserem proteínas. Ainda, segundo esse modelo, em algumas proteínas, associam-se carboidratos, formando o glicocálix. Assim, na comparação proposta na questão, as placas de isopor (A e B) estão representando as camadas fosfolipídicas; a cenoura, o jiló, o rabanete e as peras correspondem às proteínas; as folhas da cenoura e do rabanete representam os carboidratos associados às proteínas.

Questão 03 – Letra E Eixo cognitivo: I Competência de área: 4 Habilidade: 14

Comentário: A solução 0,15 mol/L de NaCl presente no interior das células humanas é hipotônica (menos concentrada) do que uma solução de 0,20 mol/L (hipertônica em relação à solução presente no interior das células humanas). Assim sendo, se uma célula humana for colocada numa solução de 0,20 mol/L ocorrerá passagem do solvente (osmose) do interior da célula (onde a solução é hipotônica) para o meio extracelular (onde a solução é hipertônica).

MÓDULO – B 05

Histologia animal: tecido nervoso

Exercícios de Fixação

Questão 01 – Letra C

Comentário: Trata-se de uma questão cujo objetivo é verificar se o aluno sabe reconhecer em uma figura ou ilustração as partes componentes de um neurônio. O algarismo I está indicando os dendritos, ramificações mais finas que partem do corpo celular (algarismo I). O corpo celular é a parte onde, além de parte do citoplasma, se encontra o núcleo da célula. O axônio (I) corresponde ao prolongamento maior do axônio que também parte do corpo celular, terminando de forma ramificada (terminações axônicas).

Questão 02 – Letra E

Comentário: As células gliais auxiliam e dão suporte ao funcionamento do tecido nervoso, mas não são capazes de promover regeneração de neurônios.

Questão 03 – Letra D

Comentário: As incorreções das demais alternativas podem ser assim justificadas:

A) Os neurônios sintetizam, normalmente, proteínas. Alguns mediadores químicos e neurormônios produzidos por essas células são de natureza proteica. O neurônio também realiza, normalmente, a respiração celular com promoção de ATP. A repolarização da membrana celular do neurônio, mecanismo necessário para a propagação do impulso nervoso, consome energia (ATP).

6 Coleção Estudo

B) A bomba de sódio e potássio é um mecanismo de transporte ativo e, portanto, é realizado contra um gradiente de concentração, contrariando as leis físicas da difusão.

C) O potencial de repouso é restaurado com a repolarização, ou seja, a saída de sódio da célula é maior do que a entrada do potássio.

E) Em 1, a membrana está polarizada; em 2, a região da membrana está despolarizada e, em 3, há uma repolarização.

Questão 04 – Letra C

Comentário: Na figura em questão, o número 1 indica um dendrito; o número 2 indica o corpo celular; o número 3, a bainha de mielina que envolve o axônio, e o número 4 indica uma terminação do axônio.

Questão 05 – Letra D

Comentário: O impulso nervoso é uma onda de despolarização que percorre a membrana plasmática do neurônio, obedecendo ao seguinte sentido de propagação: dendrito → corpo celular → axônio.

Exercícios Propostos

Questão 01 – Letra B

Comentário: Os mediadores químicos (neurotransmissores) são sintetizados no citoplasma do corpo celular do neurônio e armazenados em vesículas (vesículas sinápticas) que se concentram nas terminações do axônio (telodendro). Essas substâncias são liberadas no espaço sináptico quando as vesículas sinápticas se fundem com a membrana das terminações do axônio.

Questão 02 – Letra C

Comentário: A sinapse interneural (entre neurônios) normalmente ocorre entre as terminações axônicas de um dos neurônios com os dendritos do outro neurônio. Por isso essas sinapses também são chamadas de sinapses axônico-dendríticas (axodendríticas). Na figura em questão a região onde pode ocorrer esse tipo de sinapse está indicada pelo algarismo I.

(Parte 1 de 5)

Comentários