1 protistas

1 protistas

REINO PROTISTA

  • REINO PROTISTA

  • organismos eucariontes, unicelulares, autótrofos e heterótrofos.

Protistas heterótrofos protozoários.

  • Protistas heterótrofos protozoários.

  • Habitat: água e o solo, matéria em decomposição, orgânico

  • Nº spp: 65.000 espécies conhecidas, das quais 50% são fósseis.

  • Modo de Vida:

    • 25.000  vida livre,
    • 10.000  parasitos dos mais variados animais,
    • 30 espécies atingem o homem (TORTORA, 2000).
    • Tamanho: 3 e 700 m

Protistas autótrofos algas inferiores

  • Protistas autótrofos algas inferiores

  • euglenófitas,

  • pirrófitas (dinoflagelados) e

  • crisófitas (diatomáceas).

Para cada função existe uma organela própria:

  • Para cada função existe uma organela própria:

  • Cinetoplasto: provavelmente é uma mitocôndria especializada, sendo muito rico em DNA;

  • Corpúsculo basal: base de inserção de cilios e flagelos;

  • Vacúolo: supõe-se que seja um local de secreção, excreção e ingestão de macromoléculas, por pinocitose;

  • Lisossoma: permite a digestão intracelular de partículas;

  • Aparelho de Golgi: síntese de carboidratos e condensação da secreção proteica;

Locomoção:

  • Locomoção:

    • A) Flagelos
    • B) Cílios
    • C) Pseudópodos
    • D) Sem estrutura locomotora
  • Classificação: Em função da forma de locomoção, podemos dividir os protozoários em 4 grandes Filos:

  • A) Mastigophora ou Flagelados: Trypanossoma, Giardia, Leishmania

  • B) Sarcodina: Amebas

  • C) Ciliophora: Paramecium

  • D) Sporozoa: Plasmodium, Toxoplasma

Nutrição

  • Nutrição

  • holofíticos ou autotróficos: conseguem sintetizar energia a partir da luz solar (fotossíntese);

  • holozóicos ou heterotróficos: ingerem partículas orgânicas, digerem-nas (enzimas) e, posteriormente, expulsam os catabólitos. Essa ingestão se dá por fagocitose ou pinocitose;

  • saprozóicos: "absorvem", substancias inorgânicas, já decompostas e dissolvidas em meio líquido;

  • mixotróficos: quando são capazes de se alimentar por mais de um dos métodos acima descritos.

  • Assexuada

  • divisão binária ou cissiparidade;

  • brotamento ou gemulação;

  • esquizogonia: é uma fissão múltipla; o núcleo se divide múltiplas vezes antes da célula se dividir. Após a formação de vários núcleos, uma pequena porção do citoplasma se concentra ao redor de cada núcleo e então, uma única célula se separa em células-filhas.

Sexuada

  • Sexuada

  • conjugação: união temporária de dois indivíduos, com troca mútua de materiais nucleares;

  •  

  • singamia ou fecundação: união de microgameta e macrogameta formando o ovo ou zigoto, o qual pode dividir-se para fornecer um certo número de esporozoítos. O processo de formação de gametes recebe o nome de gametogonia e o processo de formação dos esporozoítos recebe o nome de esporogonia (TORTORA, 2000).

Dependendo do número de flagelos, podem ser classificados em:

  • Dependendo do número de flagelos, podem ser classificados em:

    • A. Oligomastigina: 1 ou 2 flagelos
    • B. Polimastigina: + ou – 8 flagelos
    • C) Hipermastigina: Muitos flagelos

Locomoção por meio de pseudópodos

  • Locomoção por meio de pseudópodos

    • Lobópodes
    • Filópodes
    • Axópodes
  • Alimentação por endocitose

    • Pinocitose
    • Fagocitose
    • Atrocitose
    • Alguns apresentam um esqueleto interno ou carapaça, de calcário (foraminíferos) ou de sílica (radiolários).

Possuem corpo recoberto por cílios que são estruturas similares aos flagelos, porém mais curtos e espessos.

  • Possuem corpo recoberto por cílios que são estruturas similares aos flagelos, porém mais curtos e espessos.

São representados pro protozoários que não apresentam estruturas locomotoras. Todos seus representantes são parasitas.

  • São representados pro protozoários que não apresentam estruturas locomotoras. Todos seus representantes são parasitas.

  • Ex: Plasmodium spp.

Comentários