O PARQUE INDUSTRIAL BRASILEIRO

O PARQUE INDUSTRIAL BRASILEIRO

(Parte 1 de 2)

1914 – Primeira Guerra Mundial; Queda do Comércio do Café;

Redução das Importações e produzir no país os Bens necessários.

1921 – 1924: Primeiro Investimento na Indústria – Maquinários

1924 – 1929: Crise da Bolsa de Nova Iorque;

Indústria

Era Vargas (1930): Investimento na

PROF. JAIRO BRASIL w.profjairobrasil.blogspot.com

Indústria de Base

Siderúrgica de Volta Redonda – Rio de Janeiro (Antiga Capital);

Abastecimento da Indústria Bélica – ALIADOS;

Primeiras Fábricas de Montagem de Veículos: FNM e VEMAG.

PROF. JAIRO BRASIL w.profjairobrasil.blogspot.com

Os primeiros modelos saídos das Fábricas:

1919: Ford inicia a montagem do Ford “T” em São Paulo.

1925: GM monta o Cabeça de Cavalo.

PROF. JAIRO BRASIL w.profjairobrasil.blogspot.com

PROF. JAIRO BRASIL w.profjairobrasil.blogspot.com

DÉCADA DE 1950

Indústrias de Bens Perecíveis e Semi-

duráveis (indústria têxtil, alimentar, gráfica, editorial, de vestuário, fumo, couro e peles) – normalmente familiares;

Precursores: Francisco Matarazzo & Ermírio de Moraes.

PROF. JAIRO BRASIL w.profjairobrasil.blogspot.com

PROF. JAIRO BRASIL w.profjairobrasil.blogspot.com

PROF. JAIRO BRASIL w.profjairobrasil.blogspot.com

COMPLETO Indústria de Consumo: produção de bens e serviços destinados à direta satisfação dos consumidores (alimentos, roupas, calçados);

Indústria de Bens Intermediários: bens que necessitam de transformações finais (ferro, aço, trigo, combustíveis);

Indústria de Bens de Capital: organizada para dar eficiência ao trabalho humano, tornando-o mais produtivo (máquinas, estradas, portos, etc.).

PROF. JAIRO BRASIL w.profjairobrasil.blogspot.com

A concentração industrial no Sudeste é maior no Estado de São Paulo, por motivos históricos.

Espaços geográficos diferenciados e grandes desigualdades dentro da própria região.

ABCD e centros próximos, como

Campinas, Jundiaí e São José dos

Campos possuem uma superconcentração industrial.

PROF. JAIRO BRASIL w.profjairobrasil.blogspot.com

Maior concentração industrial do país (São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais).

Automobilística, petroquímica,de produtos químicos, alimentares, de minerais não metálicos, têxtil, de vestuário, metalúrgica, mecânica, etc.

Porto de Santos e do Rio de Janeiro;

Malha Rodoviária estratégica;

Minas Gerais: após a 2º Guerra Mundial produçao de aço, ferro-gusa e cimento.

PROF. JAIRO BRASIL w.profjairobrasil.blogspot.com

Indústria vinculada à produção agrária e abastecimento do mercado interno e as exportações.

IMIGRANTE: elemento importante no início da industrialização como mercado consumidor e no processo industrial muitas vezes em estrutura familiar e artesanal.

Fonte de matéria prima para indústria do

Sudeste.

PROF. JAIRO BRASIL w.profjairobrasil.blogspot.com

Integração brasileira com Mercosul;

Indústria do Sul conta com empresas no setor petroquímico, carboquímico, siderúrgico e em indústrias de ponta (informática e química fina).

PROF. JAIRO BRASIL w.profjairobrasil.blogspot.com

A industrialização dessa região vem se modificando, modernizando;

Tendência de intensificar a produção ligada à agricultura (alimentos, têxteis, bebidas);

Novas indústrias metalúrgicas, químicas, mecânicas e outras.

(Parte 1 de 2)

Comentários