Romantismo, Realismo e Impressionismo

Romantismo, Realismo e Impressionismo

Juan Oreste Braga de Oliveira 21004184

Romantismo

O romantismo foi um movimento artístico e filosófico que surgiu no fim do século XVIII e se estendeu pelos XIX. Foi marcado por mudanças sociais, políticas e culturais na Europa, sob os efeitos da Revolução Francesa e da Revolução Industrial. É uma visão de mundo subjetiva e emotiva, oposta à racionalidade e objetividade do neoclassicismo e do iluminismo. O artista romântico criava em suas obras uma atmosfera de fantasia e heroísmo, valorizando a emoção e a liberdade de criação. Além de acontecimentos históricos contemporâneos, também tinha como temática o culto à natureza.

Pintor francês do século XIX, suas obras são marcadas pela grande expressão cromática, a cor, para ele, é mais importante que a forma. Outras características encontradas em suas obras são o simbolismo, sentimentalismo e refinamento. Abordou temas exóticos, religiosos, cotidianos, políticos e históricos.

Juan Oreste Braga de Oliveira 21004184

Pintor inglês dedicou-se à pintura da paisagem com paixão, energia, força, interpretando seus temas de forma épica. Seus trabalhos transmitiam uma emoção extrema e foi considerado o ponto culminante da paisagem romântica. Uma de suas preocupações principais foi a aplicação da luz e sua incidência sobre as cores da maneira mais natural possível.

Juan Oreste Braga de Oliveira 21004184

Realismo

Movimento artístico que se manifesta na segunda metade do século XIX. Caracteriza-se pela intenção de uma abordagem objetiva da realidade e pelo interesse por temas sociais. O realismo representa uma reação ao subjetivismo do romantismo. A tendência se expressa, sobretudo na pintura. As obras privilegiam cenas cotidianas de grupos sociais menos favorecidos. O tipo de composição e o uso das cores criam telas pesadas e tristes.

Sensível observador da vida campestre criou uma obra realista na qual o principal elemento é a ligação do homem com a terra. Foi educado num meio de profunda religiosidade e respeito pela natureza. Trabalhou na lavoura desde muito cedo. Seus numerosos desenhos de paisagens influenciaram, mais tarde, Pissarro e Van Gogh.

Juan Oreste Braga de Oliveira 21004184

Foi considerado o criador do realismo social na pintura, pois procurou retratar em suas telas temas da vida cotidiana, principalmente das classes populares. Manifesta sua simpatia particular pelos trabalhadores e pelos homens mais pobres da sociedade no século XIX.

Juan Oreste Braga de Oliveira 21004184

Impressionismo

Surgiu na França e foi um movimento artístico que passou a explorar, de forma conjunta, a intensidade das cores e a sensibilidade do artista.

Os impressionistas buscavam retratar em suas obras os efeitos da luz do sol sobre a natureza, por isso, quase sempre pintavam ao ar livre. A ênfase, portanto, era dada na capacidade da luz solar em modificar todas as cores de um ambiente, assim, a retratação de uma imagem mais de uma vez, porém em horários e luminosidades diferentes, era algo normal.

Para os impressionistas, os objetos deveriam ser retratados como se estivessem totalmente iluminados pelo sol, valorizando as cores da natureza. Além disso, as figuras não deveriam ter contornos nítidos e o preto jamais poderia ser utilizado; até as sombras deveriam ser luminosas e coloridas.

Seu estilo artístico era marcado pela presença de cores fortes e brilhantes, texturas e linhas harmônicas. O sentimento lírico é outra característica importante nas obras de Renoir. Em suas pinturas prevaleceram as formas humanas individuais, grupos de pessoas e paisagens. Foi o pintor impressionista que ganhou maior popularidade

Juan Oreste Braga de Oliveira 21004184 e chegou mesmo a ter o reconhecimento da crítica, ainda em vida. Seus quadros manifestam otimismo, alegria e a intensa movimentação da vida parisiense do fim do século XIX. Pintou o corpo feminino com formas puras e isentas de erotismo e sensualidade, preferia os nus ao ar livre, as composições com personagens do cotidiano, os retratos e as naturezas mortas.

luminosidade

Incessante pesquisador da luz e seus efeitos, pintou vários motivos em diversas horas do dia, a fim de estudar as mutações coloridas do ambiente com sua

Monet aplica suas próprias regras, tais como: Perspectiva, sem profundidade ou close-ups que foram influenciados por seu estudo das gravuras japonesas, tão popular nos círculos da arte francesa.

Comentários