Relatório Cálcio Dissolvido UFPA (Salvo Automaticamente)

Relatório Cálcio Dissolvido UFPA (Salvo Automaticamente)

(Parte 1 de 3)

UFPA

Faculdade de Oceanografia

Tópicos Especiais em Laboratório Aplicados á Oceanografia

Profª Sílvia Kawakami

  • Relatório da Aula Prática de Análise Instrumental com Cálcio Dissolvido (25/05/2012)

Aluno : Felipe Augusto

Introdução:

O objetivo dessa prática é determinar a concentração de íons cálcio em água natural por complexometria com EDTA. Foram utilizados 2 amostras de água : Água do lago da Princesa e Água do mar do porto de Algodoal . Cada análise após o método de titulação com EDTA firmou resultados e logo após foi utilizado nos cálculos finais . A determinação do Ca²+ também é utilizada para avaliar a dureza das águas. ‘’Água dura’’ são águas que levam dissolvidas grandes quantidades de sais de cálcio e de magnésio em forma de carbonatos e também em forma de gesso;as tais podem ser determinadas por titulação complexométrica , essa feita em laboratório .

Aula Prática de Análise Instrumental: Cálcio Dissolvido em água do mar .

Definições gerais quanto aos materiais usados:

Proveta ou Cilindro Graduado: Serve para medir e transferir volumes de líquidos. Não pode ser aquecida

BECKER:É de uso geral em laboratório. Serve para fazer reações entre soluções, dissolver substâncias sólidas, efetuar reações de precipitação e aquecer líquidos. Pode ser aquecida sobre a tela de amianto .

Erlenmeyer: Utilizado em titulações, aquecimento de líquidos e para dissolver substâncias e proceder reações entre soluções

Bureta:Aparelho utilizado em análises volumétricas.

Principais Reagentes:

Solução Padrão de Cálcio (0,008Ml)

Solução de ácido Edilenodiaminotetracético (EDTA)

Murexida 5 gotas (solução conservada em um recipiente envolvida em papel alumínio pois não pode entrar em contato com a luz)

Bórax 4ml

Na coleta das amostras (Amostra da água do Porto de algodoal e do Lago da Princesa)foi utilizada frasco de vidro ou plástico,antes da coleta lavou-se o frasco 3 vezes com a própria amostra e logo depois limpo-se a borda para evitar cristalização.

As condições para a determinação de cálcio exigem que o PH do meio seja mantido em torno de 12 para que o complexo iônico Ca-EDTA seja formado, por isso o tampão boráx e um indicador para metais (murexida), são utilizados .

1°Procedimento:

Após a padronização do EDTA, uma quantidade de amostra da água do mar de algodoal são medidos numa profeta graduada de 50ml, apenas 25ml da amostra são colocadas no Erlenmeyer.

Uma quantidade de tampão boráx se encontra no Becker e são adicionadas a uma profeta graduada de 25ml , apenas 4ml são utilizados, a amostra de água do mar é homogeneizado junto ao boráx no erlenmeyer .

Com uma pipeta adicionou-se 5 gotas de Murexida:

A solução foi homogeneizada e ficou com uma cor rosa. Em seguida é feito o procedimento de titulação com EDTA

do qual resultou numa mistura homogênea, o EDTA se mostra reagindo com os metais, quando a solução fica com uma coloração violeta. O resultado da titulação neste primeiro procedimento termina em 19,96ml.

2° Procedimento:G2 - Análise de Porto de Algodoal

Uma outra análise foi feita pelo grupo 2 e segue com a amostra de água do porto de algodoal (25ml) , Bórax (4ml) , 5 gotas de Murexida misturados em um erlenmeyer e após a titulação com EDTA , é gerado o resultado de 20,15ml .

A primeira amostra com o resultado de 19,96ml é comparada com a segunda amostra de 20,15ml .

O EDTA se mostra reagindo com os metais da solução ficando com a mesma coloração violeta se tornando o padrão para as demais amostras que se seguem.

3° Procedimento:G3 - Determinação de cálcio em água do mar

A amostra de água de Algodoal (25ml) foi utilizada em mais 2 análises , a solução é novamente homogeneizada junto com o Boráx (4ml) , 5 gotas de Murexida no erlenmeyerque são homogeneizadas , temos mais uma vez a amostra com uma coloração rosa:

e segue para o procedimento de titulação com EDTA o resultado é firmado em 17,65 .

4° Procedimento: G4 – Água do mar do porto de Algodoal.

Última análise com a amostra de água do porto de algodoal , 25ml da amostra são novamente utilizados e a análise se repete , misturando-se a amostra com 4ml de Boráx e em seguida são adicionados 5 gotas de murexida deixando a solução de cor rosa , é feita a titulação com EDTA e a solução fica com uma coloração violeta , após isto o resultado segue em 16,20ml .

5° Procedimento:G2 - Amostra de água do Lago da Princesa .

Em uma proveta de 50ml são adicionados 25ml da amostra da água do lago da princesa que são repassados ao Erlenmeyer , com uma proveta de 25ml mediram-se 4ml de Boráx e foram adicionadas ao erlenmeyer.5 gotas de Murexida são colocados na solução, na qual a solução ficou rosa após ter sido homogeneizada , e seguiu para a titulação. Dessa vez com a amostra de água do lago da princesa logo após o EDTA reagir com os metais ,o resultado da titulação se concentra em 01,30ml .

6° Procedimento: G3 - Amostra de água do Lago da Princesa

Última análise foi feita ,de 25ml medidos numa proveta de 50ml , a água que foi recolhida do Lago da Princesa é adicionada pelo o grupo 3 da proveta para o Erlenmeyer , são medidos 4ml de Boráx na proveta de 25ml e misturados com a amostra do Lago , 5 gotas de Murexida são adicionadas ao Erlenmeyer onde se procede a reação entre as soluções , a mistura fica homogênea e de coloração rosa e segue para a titulação , o resultado da titulação com EDTA se mostra em 0,23ml finalizando com uma cor violeta:

Cálculos:

A primeira análise foi feita pelas monitoras (19,96ml) ficou como cálculo padrão para somar aos outros resultados das titulações seguintes e dividir por 2 .

Concentração do EDTA –fórmula

[EDTA] = [Ca] x Vca / Vedta

Onde:

[Ca] = Molaridade da solução padrão de cálcio (0,008 usados nesta análise).

Vca= Volume (ml) da solução padrão de cálcio (25ml).

Vedta= Volume (ml) de EDTA gasto na titulação.

Cálculo da concentração de cálcio na amostra

Ca (g L-1) = Vedta x [EDTA] x MCa / Vamostra

Onde:

Vedt = volume (mL) de EDTA gasto na titulação

[EDTA] = molaridade do EDTA

MCa = Massa molar do cálcio = 40,08 g/mol

Vamostra = volume da amostra

Volume padrão 1ª análise feito pelas monitoras Karina e Marina :19,96ml de EDTA

2ª análise :20,15ml de EDTA (Porto de Algodoal Amostragem 1)

3ª análise G3: 17,65ml EDTA (Porto de Algodoal Amostragem 1)

4ª análise G4: 16,20ml EDTA (Porto de Algodoal Amostragem 1)

(Parte 1 de 3)

Comentários