Relatório Zoologia III

Relatório Zoologia III

Relatório da aula praticaapresentado ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologiado Pará-Campus Tucuruí, soba orientação daProfessoraDoutora Fernanda Andrade na disciplina Zoologia I, para obtenção parcial de nota na referida disciplina.

1. OBJETIVOS DA AULA4
2. INTRODUÇÃO4
3. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES4
4. RESULTADOS OBTIDOS5
5

4.2-Corruíra ( Troglodytes musculus)

7

4.3-Bacurau ( Hydropsalis albicollis)

8
9
5. DISCUSSÃO DOS RESULTADOS12
6. CONCLUSÃO12

1.OBJETIVOS DA AULA -Captura de aves e morcegos;

-Como armar as armadilhas

-Como colocar umaanilharde identificação nas aves e morcegos

2. INTRODUÇÃO O presente relatório tem como objetivo a presentar o resultado obtidos na aula pratica de captura de aves e morcegos, aula esta que foiministrada pela professora DoutoraFernanda Andrade em 17/05/2013 no bosque da ELETROBRAS/ELETRONORTE-TUCURU-PA,com início ás 17:30hs e termino ás 20:30hs.Foram armadas as redes de capturas, enquanto ainda havialuz solar, foi capturado um bem-te-vi e uma corruíra ( nome popular garrincha)

, ao cair da noite, capturamos um Bacurau e oito morcegos da famíliaMolossidae.

Sendo que nesta aula alémdos supracitados, a professoraaindaministrou as técnicasde capturas deaves e morcegos, ressaltando o cuidado dependendo da espécie que se almejacapturarem.

3.DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES

Nesta aula foram utilizado duas redesde neblina, sacos de tecidos para acondicionar os animais capturados, luvas de proteção, lanternas, anilhasde vários tamanhosnas cores roxo e prata, cadernos de anotações,canetas,câmeras fotográficas.

Sendo que ao captura um animal na rede é necessário tirar o mais breve possível paraevitar qualquer tipo de dano a este animal, utilizaras luvascomo proteção contra arranhões e bicada, e no caso dos morcegos devemos ter o máximo de cuidado estes animais tem dentes afiados.

4. RESULTADOS OBTIDOS Foram armadas as redes de capturas,enquanto ainda havia luz sol, foi capturado um bem-ti-vi( pitangus sulphuratus) e uma curruíra ( nome popular garrincha )

, ao cair da noite, capturamos um Bacurau e oito morcegos da família Molossidae,todos os animais capturados, foram identificados, anilhados e soltos.

Classificação Científica

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Aves Ordem: Passeriformes

Sub Ordem: Passeri

Família:Tyrannidae Genero: Pitangus Espécie: P. Sulphuratus

Fonte: Jriba

O bem-te-vi é uma ave passeriforme da família dos tiranídeos. Conhecido também como bem-te-vi de cora, provavelmente o pássaro mais popular do Brasil, podendo ser encontrado em cidades, matas, a beira de agua, plantações e pastagens.

Também muito popular nos outros países onde ocorre, recebendo nomes em várias línguas como kiskadee em inglês, qu’est ce em francês,bichofêo em espanhol.

A característica desta ave, é de médio porte medindo 20,5 e 25 centímetro de comprimento e aproximadamente 60 gramas de peso, tem um dorso pardo e o ventre um amarelo vivo; uma listra branca no alto da cabeça , cauda preta. O bico e preto e achatado e longo, resistente e um pouco curvado.

Oseu canto trissilábico lembra as três silabas bem-te-vi. A sua alimentação e variada, é insetívoros podendo devorar vários insetos durante o dia, também come frutas ( como banana, mamão, maçã laranja e muitas outras)

, e ate ovos de outros pássaros, pequenas cobras, lagartos além de peixe e girinos.

A sua reproduçãoe feita em ninhos feito de capim e pequenas ramas de vegetais em galhos de arvores.

Tem hábitos agressivos, com aqueles que se aproximam do seu território, esse animal possuem grande capacidade de adaptação tanto em cidade como no campo , maioria das vezes estar só mas pode ser vista em pequeno grupo, é umaave típica da américa latina, predominando do México á Argentina.

A importância ecológica são animais mais bem conhecidos e facilmente encontrados em ambiente natural. A presença de algumas espécies em determinado local ajuda a evidenciar fatores para preservação do mesmo. Os biólogos usam as aves como bio-indicadores, ou seja, pesquisando-se a avifauna tem-se idéia da riqueza de todo o ecossistema. Em todo o mundo, as informações geradas pela observação de amadores são consideradas para enriquecer o conhecimento

Classificação Científica

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Aves Ordem: Passeriformes

Sub Ordem: Passeri Parvordem: Passerida

Família: Troglodytidae Espécie:T. musculus

A corruíra éum pássaro pequeno,possuem diversos nomes populares, tais como: correte, maria judia, cutipuruí( Pará, Amazonas)

, cambaxirra, garrincha

( Minas Gerais e Maranhão) , rouxinol ( Ceará, Pernambuco e Paraíba)

, corruíra-de- casa, carriça, garriça curruíra, coroíra curreca ( Santa Catarina) e carruíra (

Rio

Grande do Sul)

Se alimenta de insetos, vive entre as moitas, montes de lenha e ranchos. Constrói seus ninhos em buracos de árvores, mourões, paredes, canos, canudos de

Fonte: Jriba bambu. Geralmente o ninho que este pássaro constrói é de crina de animais e pena de aves; saltitante, sempre em movimento, desaparece facilmente entre osarbustos e tapumes.

Seu canto é trinado, alegre e meticuloso, e ouvido principalmente no começo da manhã, emite um crét, crét, rouco e baixo. Tem grande importância ecológica no controle de insetos e as vezes filhotes de lagartixa o seu bico apropriadoa captura insetos em frestas.

Hydropsalis albicollis)

O bacurau é uma avecaprimulgiformeda famíliacaprimulgidae. Conhecido também como curiango, curiango-comum, ju-jau, amanhã-eu-vou ( em Minas Gerais) ibijau, mede-léguas, acurana e a-ku-kú ( nomes indígenas - Mato Grosso )

. A característica deste animal mede cerca de 30 centímetros de comprimento. O macho apresenta uma larga faixa nas asas ( observada em voo) e os lados da cauda

Reino: Animalia Filo: Chordata Classe: Aves Ordem: Caprimulgiformes Família: Caprimulgidae

Fonte: Jriba brancos e a fêmea possui uma estreita faixa amarelada nas asas e somentea ponta da cauda branca.

A sua reprodução, osninhos são colocados diretamente no solo. Põe doisovos amarelo-avermelhados manchados de marrom. Os filhotes possuem uma camuflagem quase perfeita, pois possuem uma coloração muito semelhante à da folhagem seca do chão da mata e quando os pais abandonam o ninho, eles permanecem imóveis, sendo muito difícil visualizá-los. Tanto o macho como a fêmea cuidam dos filhotes.

Sãoencontradoem bordas de florestas, capoeiras abertas, campos com árvores isoladas, cerrados, capões de mata podendo também ser encontrado em matas secundárias e em processo de reflorestamento. Vive no chão. Só é visto durante o dia somente se espantado. Nestas ocasiões, voa curtas distâncias e logo volta a sumir em meio à vegetação rasteira, procurando se camuflar em meio as folhagens no substrato.

A suadistribuição geográfica tem emtodo o Brasil, onde há florestas ou capoeiras, e também dos Estados Unidos e México até a Bolívia, Paraguai e Argentina. As aves são muito importantes no controlede pragas, pois sãoconsumidoras de insetos. Elas são úteis na eliminação de espécies prejudiciais à agricultura e pastagens, sendo citado como um controle de pragas tecnologicamente avançado, sumamente motivado, extremamente eficiente e sem custos.

4.4- Morcegos ( Molossus Aztecus)

Fonte: Jriba

10 Os morcegos desta família caracterizam-se por apresentar “cauda espessa e livre”, isto é a cauda ultrapassa a borda distal do uropatágio ( membrana interfemural ) e projeta-se livremente em pelo menos um terço de seu comprimento total.Apresentam asas longas e estreitas, cuja envergadura varia entre 240mm a 450mm. Esta característica morfológica corresponde a adaptação ao voo rápido e

.Apresentam pelo curto, com aspecto aveludado, com coloração que varia de diversas tonalidades de castanho até o enegrecido. O focinho é largo e de aspecto truncado. Os lábios podem apresentar pregas ou sulcos diminutos em algumas espécies e as orelhas são largas, mas variáveis em tamanho e forma. Em molossídeos, geralmente, há dimorfismo sexual em relação ao tamanho do corpo, como os machos maiores que as fêmeas, além disso os molossídeos, são morcegos que se alimentam exclusivamente de insetos. Os morcegos em geral possuem grande importância ecológicapara o homem e

omeio ambiente ( Gregorin& Taddei, 2002)

.Podemos listar um número muito grande de vantagens que os morcegos podem trazer para o planeta, e para as pessoas que nele vivem. Eles são grandes controladores das populações de insetos, pois algumas espécies podemingerir duzentos ou mais insetos em apenas alguns minutos de voo, são responsáveis pela formação de florestas, pois quando ingerem um fruto, eles deixam cair sementes em locais distantes dos originais, onde podem nascer novas árvores.

Auxiliam na reprodução de mais de quinhentas espécies de plantas, transportando o pólen de flor em flor, podem se alimentar de vários animais que causam prejuízo à agricultura. Eles são largamente empregados em pesquisas científicas, incluindo a ação de medicamentos, que, nofuturo, poderão ter aplicações em seres humanos, as fezes desses animais constituem um excelente adubo natural, fezes essas que foram exploradas até o desenvolvimento de adubos artificiais. Sua saliva possui forte ação anticoagulante, além de serem importantes elos na cadeia alimentar.

Morcegos são excelentes bioindicadores da qualidade da preservação ambiental, da situação atual de um ecossistema, pelo fato de algumas espécies serem sensíveis às mudanças ambientais.Todos morcegos capturados foram anilhados e soltos

Osanilhamentosdos animais capturadosforam feitoscomo estão representados na tabela a seguir, sendo que osexo do animalé que vai indicar o lada no qual foi colocadoa anilha, o macho colocamos no lado esquerdo e a fêmea no lado direto ,isso se tratando dos morcegos pela facilidade de podermos fazer a identificação do sexo, ao passo que nos outros animais foi colocados no lado esquerdo de dois e um no lado direito e outro fugiu antes de identificarmos.

Tabela 1

Tabela de captura e acondicionamentodos animais, peso , sexo e anilhamento

Nº do saco de coleta

Animal capturado

Macho/ Fêmea

Nº e cor da anilhaLado do membro anilhado Direito/Esquerdo

Animal adulto ou juvenil 34 P S/IDENT 2 - AMARELO LADO DIREITO S/IDENT

41PS/IDENTSEM ANILHA ( FUGITIVO)

------ S/IDENT 25 P S/IDENT 01-ROXO LADO ESQUERDO S/IDENT 39 M M 20-ROXO LADO ESQUERDO ADULTO 31 M M 07-ROXO LADO ESQUERDO ADULTO 35 M F 08-ROXO LADO DIREITO ADULTO 36 M M 15-ROXO LADO ESQUERDO ADULTO 42 M F 1-PRATA LADO DIREITO ADULTO 28 M M 10-PRATA LADO ESQUERDO ADULTO 26 M F 05-ROXO LADO DIREITO ADULTO 27 M M 06-ROXO LADO ESQUERDO ADULTO

Tabela 2

Tabela de peso dos animais capturados

Nº do saco de coleta

Peso do saco de coleta Peso total Animal capturado corruíra)

5. DISCUSSÃO DOS RESULTADOS

Os resultados das observaçõesfeitas a partirda coleta de morcegos e aves mostraramque através do uso das redes de neblina, consegue-se coletar um número muito maior de espécimes de morcegos que de pássarossendo influenciados pelo horário. Notou-se uma pequena diferença no peso de alguns pássaros coletados, provavelmenteaconteceu porque as espécimes de pássaros encontrados eram diferentes Bem-ti-vi ( Pitangus Sulphuratus )

,Bacurau e Corruíra sendo provavelmente que possuem diferentes hábitos alimentares.

Nos morcegos não hadiferenças grandes no peso. Uma possível explicação para essa não discrepância pode ser o fato de os morcegos encontrados no forro da casa do bosque, pertencerem a uma mesma espécie ( Molossus Aztecus)

, e consequentemente terem os mesmos hábitos, principalmente os hábitos alimentares, já que os molossídeos se alimentam exclusivamente de insetos.

Há umaprevalência de morcegos do sexo masculino no local, segundo os resultados da coleta, das oito espécimes coletadas, cinco pertencem ao sexo masculino e três ao sexo feminino, e que os espécimes são em sua maioria, adultas, pois durante a coleta não se capturou nenhuma espécime juvenil.

6. CONCLUSÃO

O presente relatório mostrou quea localização das armadilhas para captura dos animais, e horário podeinfluenciar no número de espécimes capturadas. Além disso, mostrou também o quantoos morcegos e os pássaros sãoimportantes ecologicamente para o meio ambiente, e o quanto é importante fazer a identificação desses animais após coletá-los, principalmente atravésda técnica de anilhamento, pois essas identificações de espécie, sexo, peso e idade, serão importantes para estudo posteriores dessas espécies por outros pesquisadores, que poderão encontra-las identificadas na natureza, além dissopodemos concluirque o desaparecimento de algumas espécies de aves e morcegos do nosso ecossistema pode conferir um grande prejuízo parao meio ambiente e para o homem, tendo como consequência, prejuízos econômicos e saúde das populações de em geral.

7. REFERENCIAS GREGORIN,R. & TADDEI V. A. 2002. Chave artificial para a identificação de

Molossídeos brasileiros ( Mammalia, Chiroptera ) . Mastozoologia Neotropical, 9 ( 1 )

Ordem Chiroptera.InN. R. Reis, A. L. Peracchi, W. A. Pedro & I. P. Lima ( eds. )

. Mamíferos do Brasil. Governo do Paraná/SEMA/ SBZ, Curitiba, p. 155–234.

FRISCH, Dalgas J. , FRISCH Dalgas C. .Aves Brasileiras e Plantas que as Atraem.São Paulo, 2005.

NISHIDA, Silva Mitiko.Et al.Que bichos vive no jadimbotânicodo IB?: Guia de aves, color. Botucatú, 2012.

Comentários