aula de violão

aula de violão

(Parte 1 de 5)

Introdução:

Essa seção tem como alvo principal, pessoas que estão começando a tocar, tocam a pouco tempo ou estão interessadas em saber algo mais. Lembramos que este curso serve apenas para dar uma introdução na arte de tocar violão.É de extrema importância, que você saiba que violão é um instrumento bastante complicado e desistimulante para quem está aprendendo a tocar, os dedos doem, as notas parecem horríveis, você não sabe o que fazer com a mão direita e nem tem coordenação para fazer alguma coisa com a esquerda! Mas não se preocupe, isso tudo é normal no início, temos que ter paciência, aprender violão demora no mínimo 7 mêses e você só vai achar que sabe alguma coisa, mais ou menos 1 ano depois! Para isso é necessário muito treino e disposição. Aos poucos vou incluindo mais coisas que por ventura encontrar aqui em meu material didático.

Marcus Vinicius JacobsonAdministrador do Curso

Capítulo 1: Iniciação ao violão

Música - É a arte de combinar sons de uma maneira agradável.Melodia - Combinação de sons sucessivos;

Harmonia- Combinação de sons simultâneos;

Ritmo - Uma combinação de valores das notas dispostas no tempo em que são executadas;

Existem maneiras diferentes de tocar o violão onde temos:

Violão Cifrado

O mais usado pelos violonistas onde o instrumento é usado para acompanhar seu canto, dispondo de acordes ou posições embutidos em um ritmo.

Violão Solado

Um método mais aprofundado onde o intérprete executa a melodia da música sem cantar. Muito usado em música erudita onde os violonistas realizam verdadeiras "acrobacias" com o instrumento.

*Partes do violão

 

1 - Tampo

Corresponde ao corpo do violão. Onde a sonoride varia de acordo com o tamanho, formato, madeira usada na confecção do instrumento.

2 - Rastilho

Parte do instrumento que se prende as cordas

2 - Cavalete

Serve de suporte para prender o Rastilho na altura correta.

3 - Boca

Orifício localizado no corpo do violão por onde o som se propaga.

4 - Cordas

Parte fundamental onde são produzidas as notas musicais. O som e formado a partir da casa precionada no braço do instrumento.

5 - Braço

Parte do instrumento onde se localiza as casas e os trastes.

6 - Trastes

Dividem o braço do instrumento em casas de maneira à alcançar a altura correta das notas.

7 - Casas

Indicam exatamente a localização das Nota musicais.

8 - Pestana

Tem a função de servir como apoio para as cordas direcionando-as para as tarrachas.

9 - Tarachas

Tem a finalidade de alcançar a afinação correta, afroxando ou apertando as corda, conforme a necessidade.

10 - cabeça

Encontrada na parte superior do braço, serve de suporte para o mecanismo das Tarachas.

*MÃOS

 

Dedos da mão esquerda

1 - Indicador

2 - Médio

3 - Anular

4 - Mínimo

Dedos da mão direita

P - Polegar

I - Indicador

M - Médio

A - Anular

*Afinação Tradicional

Ao tocar as cordas livres, a partir da mais grave, (de cima para baixo) nós emitimos os sons da notas:

 

MI |------------------------------------------------

LA |------------------------------------------------

RE |------------------------------------------------

SOL|------------------------------------------------

SI |------------------------------------------------

MI|------------------------------------------------

 

Sempre antes de tocar o instrumento deve se conferir a afinação. Temos que dispor de um Diapasão que emite a nota LA (440 Hertz).

 

Acertar a primeira corda de baixo para cima a mais fina, pressionando a quinta casa, toque e compare com o Diapasão movimente a taracha aumentando ou diminuindo a nota até ficar equivalente a altura da nota emitida pelo Diapasão.

Obtendo na quinta casa corda 1 a nota La

Obtendo na corda 1 corda solta a nota Mi

Agora pressionamos na segunda corda a quinta casa (nota Mi), comparamos com a primeira corda solta a corda Mi já afinada movimente a taracha até obter o som igual a primeira corda.

Obtendo na quinta casa corda 2 a nota Mi

Obtendo na corda 2 corda solta a nota Si

A seguir pressionamos na terceira corda a quarta casa (nota Si), comparamos com a segunda corda solta a corda Si já afinada movimente a taracha até obter o som igual a segunda corda.

Obtendo na quinta casa corda 3 a nota Si

Obtendo na corda 3 corda solta a nota Sol

Continuando pressionamos na quarta corda a quinta casa (nota Sol), comparamos com a terceira corda solta a corda Sol já afinada movimente a taracha até obter o som igual a terceira corda.

Obtendo na quinta casa corda 4 a nota Sol

Obtendo na corda 4 corda solta a nota Re

Vamos pressionamos na quinta corda a quinta casa (nota Re), comparamos com a quarta corda solta a corda Re já afinada movimente a taracha até obter o som igual a quarta corda.

Obtendo na quinta casa corda 5 a nota Re

Obtendo na corda 5 corda solta a nota La

Finalmente pressionamos na sexta corda a quinta casa (nota La), comparamos com a quinta corda solta a corda La já afinada movimente a taracha até obter o som igual a quinta corda.

Obtendo na quinta casa corda 6 a nota La

Obtendo na corda 6 corda solta a nota Mi

Você pode também começar a afinação usando a quinta corda solta (la) e comparar com o som do Diapasão, apartir desta corda afinada você pode usar os mesmos passos acima para afinar as demais cordas.

* Cifras

As cifras são um Padrão usado para escrever as notas musicais usando letras.                                             Notas              Cifras

La                     A

Si                      B

Do                     C

Re                      D

Mi                       E

Fa                       F

Sol                       G

 

OBS: O melhor é que as cifras sejam decoradas. Para isso pratique muito cada acorde para conhece-lo  melhor e dessa maneira ficar mais fácil lembrar.

* Acordes

É a produção de varios sons simultâneos obtidos da combinação de varias notas. Nessa combinação há uma nota que é básica e nomeia o acorde, também chamada de Baixo.

Observe como exemplo estas combinações:

DO MI SOL, SOL MI DO ou DO SOL MI

Não importando a ordem das notas, esta combinação de três notas resulta no acorde de DO Maior.

No nosso estudo o acorde será representado por um gráfico que representa uma reprodução do braço do violão, veja abaixo:

C (Do Maior)

|-----|-----|-----|:E

b|--3--|-----|-----|:A

|-----|--2--|-----|:D

. |-----|-----|-----|:G

. |-----|-----|--1--|:B

. |-----|-----|-----|:e

As linhas horizontais representam as cordas e as linhas verticais

são os trastes

|-----|-----|-----|:E

|-----|-----|-----|:A

|-----|-----|-----|:D

|-----|-----|-----|:G

|-----|-----|-----|:B

|-----|-----|-----|:e <- cordas

Trastes

Os números representam os dedos da Mão Esquerda onde:

1 - Indicador

2 - Médio

3 - Anular

4 - Mínimo

As letras representam as cordas do instrumento

|-----|-----|-----|:E -> 6ª Corda Mi mais grave

b|-----|-----|-----|:A -> 5ª Corda La

|-----|-----|-----|:D -> 4ª Corda Re

. |-----|-----|-----|:G -> 3ª Corda Sol

. |-----|-----|-----|:B -> 2ª Corda Si

. |-----|-----|-----|:e -> 1ª Corda Mi mais agudo

A letra b e os três pontos no lado esquerdo do gráfico

representam os dedos da mão direita posicionados sobre

as cordas.

O b indica o dedo polegar chamado de BAIXO que é a nota

mais importante do acorde. A nota do baixo varia entre as cordas

4, 5 e 6 do instrumento, de acordo com o acorde executado.

* Posições corretas das mãos

Mão direita

No exemplo do acorde de Do maior teremos o seguinte posicionamento

|-----|-----|-----|:E

(Parte 1 de 5)

Comentários