Movimento de terra e aterro

Movimento de terra e aterro

(Parte 1 de 7)

Disciplina:Construção Civil 1Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Grupo de Materiais de Construção1Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Movimento de terra: Corte e Aterro

Disciplina:Construção Civil 1Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Grupo de Materiais de Construção2Prof. Dr. Marcelo Medeiros

INTRODUÇÃO: Terraplanagem

Definição:

Conjunto de operações de escavação, carga, transporte, descarga, compactaçãoe acabamentoexecutados a fim de passar o terreno do estado natural para uma nova conformação topográfica desejada.

Disciplina:Construção Civil 1Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Grupo de Materiais de Construção3Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Corte: TIPOS:

Disciplina:Construção Civil 1Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Grupo de Materiais de Construção4Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Aterro: TIPOS:

Disciplina:Construção Civil 1Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Grupo de Materiais de Construção5Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Secção Mista: TIPOS:

Disciplina:Construção Civil 1Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Grupo de Materiais de Construção6Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Secção Mista: TIPOS:

Disciplina:Construção Civil 1Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Grupo de Materiais de Construção7Prof. Dr. Marcelo Medeiros

A situação mais comum para a execução de edifícios éa necessidade de cortesou situação mistade corte e aterro.

Por que?

Nessidade de subsolos de garagem

Disciplina:Construção Civil 1Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Grupo de Materiais de Construção8Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Quando se corta um terreno que tenha no local um certo grau de compactação, o solo torna-se solto.

Perde sua consistência inicial e aumenta de volume

Cálculo de volume de corte:

Disciplina:Construção Civil 1Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Grupo de Materiais de Construção9Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Caso A:

Necessidade de terraplanagem em um terreno de dimensões 20 x 50 m com apenas 1% de declividade em solo argiloso compactado. Usar caminhões de transporte com capacidade de 6 m3. Considere que épossível fazer 35 viagens por dia. Quantas viagens de caminhão basculante e quantos dias de trabalho são necessários?

V (volume) = Área X altura

Que área ?

Cálculo de volume de corte:

Disciplina:Construção Civil 1Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Grupo de Materiais de Construção10Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Caso A:

Necessidade de terraplanagem em um terreno de dimensões 20 x 50 m com apenas 1% de declividade em solo argiloso compactado. Usar caminhões de transporte com capacidade de 6 m3. Considere que épossível fazer 35 viagens por dia. Quantas viagens de caminhão basculante e quantos dias de trabalho são necessários?

Cálculo de volume de corte:

Disciplina:Construção Civil 1Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

Grupo de Materiais de Construção11Prof. Dr. Marcelo Medeiros

Fator de empolamento = 1,59 Volume de material a ser transportado =

Caso A:

Necessidade de terraplanagem em um terreno de dimensões 20 x 50 m com apenas 1% de declividade em solo argiloso compactado. Usar caminhões de transporte com capacidade de 6 m3. Considere que épossível fazer 35 viagens por dia. Quantas viagens de caminhão basculante e quantos dias de trabalho são necessários?

Cálculo de volume de corte:

Solo compactado

Disciplina:Construção Civil 1Universidade Federal do Paraná Departamento de Construção Civil

(Parte 1 de 7)

Comentários