Recuperação de mata ciliar para proteção de nascente

Recuperação de mata ciliar para proteção de nascente

(Parte 1 de 2)

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

TECNÓLOGia EM GESTÃO AMBIENTAL

ALINE DE FÁTIMA SILVA ANDRADE. EAD-00379171

BRUNA GRACIELLE MUNIZ MARQUES. EAD-00348334

BALTAZAR MACHADO DOURADO. EAD-00396697

JUCÉLIO DUARTE FERREIRA. EAD-00348339

LILIAM KELLY GOMES MARQUES. EAD-00348343

OREMIRIA SANTOS CARDOSO. EAD-00375648

RECUPERAÇÃO DE MATA CILIAR PARA PROTEÇÃO DE NASCENTE

Pirapora MG

2010.

ALINE DE FÁTIMA SILVA ANDRADE. EAD-00379171

BRUNA GRACIELLE MUNIZ MARQUES. EAD-00348334

BALTAZAR MACHADO DOURADO. EAD-00396697

JUCÉLIO DUARTE FERREIRA. EAD-00348339

LILIAM KELLY GOMES MARQUES. EAD-00348343

OREMIRIA SANTOS CARDOSO. EAD-00375648

RECUPERAÇÃO DE MATA CILIAR PARA PROTEÇÃO DE NASCENTE

Trabalho apresentado ao Curso Curso Tecnólogo em Gestão Ambiental da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina Técnicas de Geoprocessamento em Estudos ambientais.

Orientador: Thiago Augusto Domingos.

Pirapora MG

2010.

1 Introdução

O presente trabalho refere-se à produção textual solicitada para a disciplina de técnicas de Geoprocessamento em Estudos Ambientais que objetiva a elaboração de um Projeto Ambiental que utilize Técnicas de Geoprocessamento que através de obtenção de imagens via satélite,

Segundo GOMES e AGUIAR: Geoprocessamento representa a área do conhecimento que utiliza técnicas matemáticas e computacionais para tratar a informação geográfica.

Foi detectado um problema de degradação em virtude da retirada de mata ciliar de uma nascente, (considerado pelo Código Florestal Federal como área de preservação permanente, além de ferir o Art. 225 da Constituição Federal e a Política Nascional do Meio Ambiente; IX – Proteção de Áreas Ameaçadas de Degradação).

Nascente do Corrego Entre Rios

Desagua no Rio São Francisco

Córrego Entre Rios

Fonte: SAAE/Pirapora

2 Localização

O trabalho apresentado foi desenvolvido em uma área de brejo, considerada recarga hídrica do Rio São Francisco, uma vez que descarrega no mesmo através do córrego Entre Rios na cidade de Pirapora/ MG que localiza-se a margem direita do Rio São Francisco próximo do centro da cidade, passando ao lado do SAAE - Serviço Autônomo de Água e Esgoto.

Imagem 02 – Localização da Degradação Ambiental.

Fonte: Google Earth Acessado 02/Out. 2010. 12:00h

3 Descrição da Situação

O desmatamento provoca o empobrecimento do solo, além de assoreamento dos rios e como a mata ciliar tem a função de proteger as nascentes e o solo contra a erosão, sua retirada provoca degradação ambiental deixando o solo desprotegido. Com a chuva, o mesmo sofre impacto com o fenômeno da erosâo transportando areia para o leito do rio.

Segundo MESQUITA, Divino Nunes( 2009 ):

[...] “A função da vegetação é reter a água de chuva,que é sugada pela terra como se fosse uma esponja.Esta água se deposita nos lençóis freáticos,que por sua vez a libera nas nascentes e olhos d’água.Nas áreas de pastagens ou sem cobertura vegetal acontece o contrário.A água vai parar rapidamente nas calhas dos rios,na maioria das vezes carregando grande quantidade de sedimentos contribuindo para o assoreamento”.

Esse impacto afeta os ecossistemas aquáticos prejudicando espécies que existem próximas da área causando tambem uma alteração indesejada na qualidade da água interferindo de maneira negativa no equilíbrio ecológico da região, conforme fotos em anexo.

Para Batistute, Jossan, (2009, p. 7):

A Constituição Federal prevê, em seu artigo 225, que o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado traduz-se em um direito fundamental.

Portanto todo equilíbrio deve ser mantido e preservado para a garantia da sobrevivência do próprio homem.

Embora protegida por lei, a mata ciliar que protegia a nascente foi retirada em consequência do processo de urbanização sem planejamento e práticas agrícolas causando degradação da nascente considerada área de recarga hídrica, conforme fotos do local e anexadas no presente trabalho.

Segundo PIRES, Ewerton de Oliveira, (2009).

O código Florestal (lei n.47771/65) desde 1965 inclui as matas ciliares na categoria de áreas de preservação permanente. Assim, toda a vegetação natural (arbórea ou não) presente ao longo das margens dos rios e ao redor de nascentes e de reservatórios deve ser preservada.

A nascente do córrego Entre Rios é considerada área de recarga hídrica do rio São Francisco que abastece cinco Estados do Brasil, a degradação de sua mata ciliar provoca danos ao meio ambiente prejudicando toda a população que depende dessa água para abastecimento de várias cidades.

IImagem 03 – Assoreamento do Rio São Francisco. Fonte: Google Earth 02/Out. 2010 16:58h

4 Medidas Propostas

A conservação e proteção dos recursos hídricos tornam-se de fundamental importância para a sobrevivência das espécies da fauna e flora da região degradada com a destruição da mata ciliar.

Plantio de espécies nativas do cerrado para recuperação da mata ciliar e restaurar o equilíbrio ecológico alterado de maneira lesiva ao meio ambiente em consequência das ações antrópicas.

Oferecer palestras educativas para os agricultores da região, de maneira que possibilite a mudança de atitudes evitando a prática das queimadas conforme observamos em pesquisa de campo.

Cabe lembrar que as matas ciliares são de extrema importância para evitar o assoreamento dos rios, justificando assim as medidas propostas para recuperação e proteção das mesmas.

4.1 Justificativa

O presente trabalho justifica-se em virtude da importância da preservação da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco para a sobrevivência das populações ribeirinhas e das espécies que depedem do rio para sua sobrevivência.

Segundo Lima(1989 apud Vieira,2006):

As florestas localizadas junto aos corpos d’água desempenham importantes funções hidrológicas,compreendendo: proteção da zona ripária,filtragem de sedimentos e nutrientes,controle do aporte de nutrientes e de produtos químicos aos cursos d’água,controle da erosão das ribanceiras dos canais e controle de alteração da temperatura do ecossistema aquático.

Torna-se necessário adotar medidas de conservação e preservação da mata ciliar: protegendo seus afluentes, recuperando as áreas degradadas e protegendo sua recarga hídrica.

Através da restauração da mata ciliar de seus afluentes, com um bom gerenciamento do uso racional do solo e dos recursos hídricos conseguiremos o equilíbrio ecológico do ecossistema conciliando: desenvolvimento, sustentabilidade econômica e social.

4.2 Objetivo Geral

Recuperação da mata ciliar da nascente.

4.3 Objetivos Específicos

Conseguir mudas de plantas nativas.

Plantar árvores nativas da região em torno da nascente.

Palestras educativas para moradores próximos ao córrego Entre Rios.

4.4 Materias e Métodos

(Parte 1 de 2)

Comentários