Doenças Respiratórias na Infância

Doenças Respiratórias na Infância

(Parte 1 de 2)

“A Criança Com Doença “A Criança Com Doença Respiratória”Respiratória”

••Uma abordagem prática em nível de Uma abordagem prática em nível de assistência pri mária;assistência pri mária;

-- Objetivo:Objetivo:-- Objetivo:Objetivo:

Realçar a importância da abordagem Realçar a importância da abordagem prática, para a detecção precoce e prática, para a detecção precoce e tratamento dos problemas respiratórios, tratamento dos problemas respiratórios, que podem colocar em risco a vida da que podem colocar em risco a vida da criança.criança.

••Abordagem da criança com tosse;Abordagem da criança com tosse; ••Avaliação da criança com tosse ou dificuldade para respirar;Avaliação da criança com tosse ou dificuldade para respirar;

••Classificação e tratamento da criança com tosse ou dificuldade para Classificação e tratamento da criança com tosse ou dificuldade para respirar ;respirar ;

••Abordagem da criança com problema de ouvido:Abordagem da criança com problema de ouvido: –– Aval iar ;Aval iar ;

–– Clas sificar ;Clas sificar ;

••Abordagem da criança com sinusite:Abordagem da criança com sinusite: –– Aval iar ;Aval iar ;

–– Clas sificar ;Clas sificar ;

••Abordagem da criança com dor de garganta:Abordagem da criança com dor de garganta: –– Aval iar ;Aval iar ;

–– Clas sificar ;Clas sificar ;

-A taquipnéia é o sinal clínico de maior A taquipnéia é o sinal clínico de maior sensibilidade e especificidade para o sensibilidade e especificidade para o diagnóstico de pneumonia, melhor que diagnóstico de pneumonia, melhor que estertoração pulmonar (presença de estertoração pulmonar (presença de estertores crepitantes), febre, batimentos de estertores crepitantes), febre, batimentos de asa do nariz e gemência.asa do nariz e gemência.

--Para se verificar se há tiragem Para se verificar se há tiragem --Para se verificar se há tiragem Para se verificar se há tiragem subcostal, observasubcostal, observa--se a existência de se a existência de retração da parede torácica quando a criança retração da parede torácica quando a criança inspira. Na respiração normal, toda a parede inspira. Na respiração normal, toda a parede torácica (superior e inferior) e o abdome se torácica (superior e inferior) e o abdome se movem para fora durante a inspiração.movem para fora durante a inspiração.

•• Perguntar:Perguntar:

••Há quanto tempo?Há quanto tempo?

•• Observar, Auscultar:Observar, Auscultar:

ContarContar a freqüênciafreqüência respiratóriarespiratória e me m u mu m minutominuto..

••Há quanto tempo?Há quanto tempo? minutominuto..

VerificarVerificar sese háhá tirage mtirage m subcostalsubcostal..

••Verificar e escutar se há Verificar e escutar se há estridor e sibilânciaestridor e sibilância..

••A criança tem que A criança tem que estar tranqüila.estar tranqüila.

IdadeIdadeDefinição de respiração Definição de respiração rápida ou taquipnéiarápida ou taquipnéia

••< 2 Meses< 2 Meses••60 ou mais mpm60 ou mais mpm••< 2 Meses< 2 Meses ••2 m < 12 Meses2 m < 12 Meses

••60 ou mais mpm60 ou mais mpm ••50 ou mais mpm50 ou mais mpm

••40 ou mais mpm40 ou mais mpm

••Criança com tosse ou dificuldade para Criança com tosse ou dificuldade para respirar e um dos seguintes sinais respirar e um dos seguintes sinais --tiragem tiragem subcostal, estridor em repouso ou algum subcostal, estridor em repouso ou algum subcostal, estridor em repouso ou algum subcostal, estridor em repouso ou algum sinal geral de perigo (convulsões, vômitos sinal geral de perigo (convulsões, vômitos contendo todo o alimento ingerido, contendo todo o alimento ingerido, impossibilidade de beber e de mamar, impossibilidade de beber e de mamar, letargia ou inconsciência), é classificada letargia ou inconsciência), é classificada como tendo PNEUMONIA GRAVE OU como tendo PNEUMONIA GRAVE OU DOENÇA MUITO GRAVE.DOENÇA MUITO GRAVE.

••A criança consegue A criança consegue beber ou mamar?beber ou mamar?

Verificar se a criança está Verificar se a criança está letárgica ou inconsciente.letárgica ou inconsciente.

••Uma criança que Uma criança que apresente qualquer apresente qualquer beber ou mamar?beber ou mamar?

••A criança vomita tudo A criança vomita tudo o que ingere?o que ingere?

••A criança apresentou A criança apresentou conv ulsões?conv ulsões? apresente qualquer apresente qualquer SINAL DE PERIGO SINAL DE PERIGO necessita ser necessita ser urgentemente assistida: urgentemente assistida: referireferi--la de imediato ao la de imediato ao hospital, completar a hospital, completar a avaliação e administrar o avaliação e administrar o tratamento indicado tratamento indicado previamente à referência.previamente à referência.

→→Qualquer sinal geral de perigo; ouQualquer sinal geral de perigo; ou

→→Tiragem subcostal; ouTiragem subcostal; ou

→→Estridor em repouso. Estridor em repouso.

→→Dar a primeira dose de um antibiótico Dar a primeira dose de um antibiótico recomendado. recomendado.

→→Referir URGENTEMENTE ao hospital.Referir URGENTEMENTE ao hospital.

→→Respiração rápida (taquipnéia);Respiração rápida (taquipnéia);

DarDar u mu m antibióticoantibióticoreco mendadoreco mendado durantedurantesetesete diasdias;; AliviarAliviar aatossetosseco mco m u mu mre médiore médiocaseirocaseiro;; Infor marInfor mar à mãemãesobresobre quandoquandoretornarretornari mediata mentei mediata mente;;

SeSe apresentarapresentarsibilância,sibilância,tratartratarco mco m broncodilatadorbroncodilatador oraloral durantedurantetrêstrês aacincocinco diasdias;;

MarcarMarcarretornoretorno e me m doisdois diasdias..

Criança com tosse ou dificuldade para respirar que não Criança com tosse ou dificuldade para respirar que não apresenta sinais gerais de perigo, tiragem subcostal, apresenta sinais gerais de perigo, tiragem subcostal, estridor em repouso ou respiração rápida é classificada estridor em repouso ou respiração rápida é classificada para o grupo: NÃO É PNEUMONIA.para o grupo: NÃO É PNEUMONIA.

QualquerQualquercriançacriança doentedoente:: QualquerQualquercriançacriança doentedoente::

I mpossibilidadeI mpossibilidade dede beberbeber ouou ma marma mar;; PioraPiora dodo estadoestado geralgeral;; Apareci mentoApareci mento ouou piorapiora dadafebrefebre..

CriançaCriançaco mco m TOSSETOSSE ouou DIFICULDADEDIFICULDADE PARAPARA RESPIRARRESPIRAR::

PioraPiora dada dificuldadedificuldade parapararespirarrespirar;; Piora da taquipnéia.Piora da taquipnéia.

Nunca use medicamentos que contenham atropina, álcool ou Nunca use medicamentos que contenham atropina, álcool ou codeína e seus derivados (antitussígenos). Estas substâncias codeína e seus derivados (antitussígenos). Estas substâncias podem sedar a criança, interferindo na alimentação e na sua podem sedar a criança, interferindo na alimentação e na sua capacidade de expectorar secreções pulmonares.capacidade de expectorar secreções pulmonares.

••SINAIS SINAIS Nenhum sinal de pneumonia ou doença muito grave.Nenhum sinal de pneumonia ou doença muito grave.

Se estiver tossindo há mais de trinta dias, referir para avaliação;Se estiver tossindo há mais de trinta dias, referir para avaliação; AliviarAliviaraatossetossecomcom umumremédioremédiocaseirocaseiro;; InformarInformaràà mãemãesobresobre quandoquandoretornarretornarimediatamenteimediatamente;;

SeSetivertiversibilância,sibilância,tratartratarcomcom broncodilatadorbroncodilatador oraloral durantedurantetrêstrêsaacincocinco diasdias;; Retorno em cinco dias, se não melhorar.Retorno em cinco dias, se não melhorar.

(Parte 1 de 2)

Comentários