A Amazônia durante os séculos XVII e XVIII

A Amazônia durante os séculos XVII e XVIII

QUEIROZ, Jonas Marçal e Coelho, Mauro César. In: Amazônia: Modernização e conflito (Séc. XVIII e XIX) Belém: UFPA/NAE; Macapá: UNIFAR, 2001)

1Valcilene Costa Ribeiro

A Amazônia durante os séculos XVII e XVIII foi objeto de preocupação sendo que foi nesse período que realizaram as grandes expedições em seus rios.

Questão: faça uma analise sobre os tipos de expedições que aconteceram nesse período.

Os primeiros relatos de viagens são recheados pelo maravilhoso, ao lendário. Tudo isso podemos denominar de imaginário europeu em relação ao novo mundo. Que segundo, Neide Gondem, as formulações sobre a natureza amazônica: “variavam do primitivismo pré-edênico ao infernismo primordial.

As expedições inicialmente eram caracterizadas de aventura, porém ela toma novo rumo, se confirmando em um processo de conquista e ocupação de território pelos europeus.

E é através expulsão dos franceses consolida o domínio português e marca o início de conquista da Amazônia. É através da viagem de Pedro Teixeira, mas o início de uma nova relação européia com o espaço amazônico.

E os relatos sobre a Amazônia antes repleta pelo imaginário europeu apresentam uma nova variável preocupação com o levantamento preciso dos dados relativos á natureza e ás populações individuais. O que vem se configurando neste sentido é o caráter inovador do projeto de expansão do domínio português na região.

Portanto, essas expedições não pretendem apenas conhecer o vale amazônico, mas defini-lo.

1 Acadêmica da Universidade Estadual Vale do Acaraú

Comentários