UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

IQA-243 QUÍMICA ANALÍTICA EXPERIMENTAL II

TURMA EQD

RELATÓRIO DE QUÍMICA ANALÍTICA EXPERIMENTAL II

PREPARO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÃO DE HCl ~0,1M

(Data de realização: 06/09/06)

  • DADOS:

    • TEÓRICOS:

      • PMHCl=36,46

      • Teor: 37% (p/p)

      • Densidade = 1,19g/ml

      • Volume de HCl utilizado na padronização = 25,00 ml

      • Concentração da solução titulante de NaOH = 0,1030 M

      • Volume de água destilada = 25,00 ml

      • Volume de fenolftaleína utilizado = 0,05 ml

    • EXPERIMENTAIS:

      • Volume teórico de NaOH para a titulação de HCl = 24,27 ml

      • Volume de NaOH usado na 1ª titulação = 24,90 ml

      • Volume de NaOH usado na 2ª titulação = 24,90 ml

      • Volume médio de NaOH nas titulações = 24,90 ml

      • Concentração da solução de HCl = 0,1026 M

  • CÁLCULOS:

    • CÁLCULO DO VOLUME NECESSÁRIO DE SOLUÇÃO CONCENTRADA DE HCl PARA PREPARAR 500 ml DE SOLUÇÃO 0,1M:

      • 1 mol --------- 36,46 g

0,1 mol ------- x x = 3,646 g (massa de HCl puro)

      • 37,0 g --------- 100g solução

3,646 g -------- y y = 9,85 g (de solução)

      • 1,19 g --------- 1,0 ml

9,85 g --------- z z = 8,28 ml

OBS: o volume de 8,28 ml é para a preparação de 1,0L de solução, como se queria preparar somente 500,0 ml da solução, seria utilizado 4,14 ml, mas foi medido na proveta 4,50 ml.

    • VOLUME TEÓRICO DE NaOH:

      • MHCl x VHCl = MNaOH x VNaOH

0,1 x 25,00 = 0,1030 x VNaOH

VNaOH = 24,27 ml

    • CONCENTRAÇÃO DE HCl (a partir do volume lido na bureta):

      • MHCl x VHCl = MNaOH x VNaOH

MHCl x 25,00 = 0,1030 x 24,90

MHCl = 0,1026 M

    • pH DA SOLUÇÃO DE HCl ANTES DA TITULAÇÃO:

      • [HCl] = 0,1026 M

HCl --> H+ + Cl- (sendo a dissociação de um ácido forte total, a concentração de H+ é igual a de HCl)

pH = - log [H+] = - log 0,1026 => pH = 0,99

    • pH DA SOLUÇÃO NO PONTO DE EQUIVALÊNCIA:

      • H2O <=> H+ + OH-

Kw = [H+] x [OH-]

1,0 x 10-14 = [H+]2

[H+] = 1,0 x 10-7 => pH = 7,0

  • CONCLUSÃO:

A titulação de HCl foi feita para que pudesse ser determinada experimentalmente o valor de sua concentração através da leitura do volume de titulante e através dos cálculos já mostrados, sendo a concentração do titulante, no caso, o NaOH é conhecida e é 0,1030 M. Foi observado que os valores teórico e experimental não coincidem.

O valor teórico era de 0,1000M e o experimental encontrado foi de 0,1026M, a variação entre eles não foi muito grande, mas teria sido ideal se esta tivesse ocorrido somente na quarta casa decimal do valor.

Essa diferença encontrada pode ser explicada por alguns fatores como: a preparação da solução de NaOH em que a solução concentrada inicial poderia não estar na concentração usada nos cálculos; ou por alguma variação no volume durante a preparação da solução a ser titulada, no caso a de HCL; ou pela leitura incorreta do volume gasto de NaOH na bureta por não considerar a altura correta do menisco, ou ainda pela não observação imediata da mudança de cor do indicador que fez com que se gastasse mais volume de titulante.

Para construir a curva de titulação, foi considerado o valor do pH antes de iniciar a titulação, ou seja, sem a adição de NaOH, com pH = 0,99 e o valor do pH no ponto de equivalência, onde ocorre a total neutralização com pH = 7,0 para ácidos e bases fortes que é o caso em análise. O gráfico correspondente segue em anexo.

  • BIBLIOGRAFIA:

    • Apostila de Química Analítica Experimental II

Comentários