Roteiro para elaboração de trabalhos acadêmicos do curso de biomedicina-ufpi

Roteiro para elaboração de trabalhos acadêmicos do curso de biomedicina-ufpi

(Parte 1 de 8)

Organizador: Prof. Dr. Pedro Sanches dos Reis

PARNAÍBA 2010

APRESENTAÇÃO5
1 - ESTRUTURA DE TRABALHOS ACADÊMICOS6
1.1 - ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS6
1.1.1 - Capa7
1.1.2 - Folha de Rosto7
1.1.3 - Lombada8
1.1.4 - Folha de aprovação8
1.1.5 - Dedicatória, agradecimentos e/ou epígrafe8
1.1.6 - Resumo na língua vernácula9
1.1.7 - Lista de Tabelas, Quadros e Figuras9
1.1.8 - Lista de Siglas e Símbolos9
1.1.9 - Sumário9
1.2 - ELEMENTOS TEXTUAIS OU TEXTO19
1.2.1 - Introdução19
1.2.2 - Desenvolvimento ou Corpo do Trabalho19
1.2.3 - Conclusão20
1.3 - ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS21
1.3.1 - Referências21
1.3.2 - Glossário2
1.3.3 – Apêndice(s) e anexo(s)2
1.3.4 – Índice(s)2
2 - ORIENTAÇÃO PARA DIGITAÇÃO E DISPOSIÇÃO GRÁFICA23
2.1 - FORMATO DO PAPEL23
2.2 - MARGENS23
23
2.4 - PARÁGRAFO24
2.5 - ALÍNEA24
2.6 - INCISO24
2.7 - TÍTULOS DO TEXTO24
2.7.1 - Títulos não-numerados24
2.7.2 – Títulos numerados25
2.8 – NOTAS DE RODAPÉ25
2.9 - NEGRITO E ITÁLICO26

2.3 – ENTRELINHAMENTO (ESPACEJAMENTO), TIPO E TAMANHO DE LETRA 2.10 - PAGINAÇÃO ............................................................................................... 26

3 - CITAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS E NOTAS DE RODAPÉ27
3.1 - CITAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS27
3.1.1 - Citação direta27
3.1.2 - Citação indireta30
3.1.3 - Citação de citação30
3.2 - INDICAÇÃO DAS FONTES CITADAS30
3.3 - NOTAS DE RODAPÉ32
4 - ELABORAÇÃO DE REFERÊNCIAS34
4.1 - ALINHAMENTO E ESPAÇAMENTO34
4.2 - POSIÇÃO DAS REFERÊNCIAS34
4.3 - ORDENAÇÃO DAS REFERÊNCIAS34
4.4 - ELEMENTOS ESSENCIAIS34
INDICAM GRAU DE PARENTESCO35
4.6 - TÍTULO E SUBTÍTULO35
4.7 - INSTITUIÇÕES PÚBLICAS COM DENOMINAÇÃO GENÉRICA36
4.8 - INSTITUIÇÕES PÚBLICAS COM DENOMINAÇÃO ESPECÍFICA36
4.9 - COLETÂNEAS36
4.10 - DOIS OU TRÊS AUTORES36
4.1 - MAIS DE TRÊS AUTORES36
4.12 - PARA NÃO REPETIR O NOME DO AUTOR DE VÁRIAS OBRAS37
4.13 - OBRAS ANÔNIMAS (AUTORIA DESCONHECIDA)37
4.14 - OBRAS SEM LOCAL DE PUBLICAÇÃO ESPECIFICADO37
4.15 - OBRAS SEM EDITORA ESPECIFICADA37
4.16 - OBRAS SEM DATA ESPECIFICADA38
4.17 - PARTES DE UMA OBRA38
4.18 - TRABALHO APRESENTADO EM EVENTO38
4.19 - PUBLICAÇÃO PERIÓDICA38
4.20 - PERIÓDICO COM TÍTULO GENÉRICO39
4.21 - TRABALHOS ACADÊMICOS: MONOGRAFIA, DISSERTAÇÃO E TESE39
4.2 -DOCUMENTOS JURÍDICOS40
4.2.1 - Legislação40
4.2.2 - Jurisprudências (decisões judiciais)41
4.2.3 - Doutrina41
4.23 - DOCUMENTOS ELETRÔNICOS41
4.24 - DOCUMENTOS DISPONÍVEIS EM CD-ROM42

4.5 - AUTORES COM SOBRENOMES COMPOSTOS E SOBRENOMES QUE 4.25 - IMAGENS EM MOVIMENTO ....................................................................... 42

4.26 - DOCUMENTOS ICONOGRÁFICOS43
4.27 - DOCUMENTOS CARTOGRÁFICOS43
4.28 - DOCUMENTOS SONOROS NO TODO43
4.29 - DOCUMENTOS SONOROS EM PARTE43
FIGURAS45
5.1 - TABELAS45
5.2 - GRÁFICOS46
5.3 - FIGURAS48

5 - ORIENTAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE TABELAS, GRÁFICOS E

FIGURAS48
5.5 - PARTES COMPONENTES DE TABELAS, GRÁFICOS E FIGURAS48
5.5.1 - TÍTULO49
5.5.2 - Corpo50
5.5.3 - Fonte50
5.5.4 - Nota50

5.4 - CRITÉRIOS PARA APRESENTAÇÃO DE TABELAS, GRÁFICOS E Referências .............................................................................................................. 51

Este documento tem por objetivo fixar princípios gerais para estabelecer uniformidade na elaboração e apresentação de trabalhos acadêmicos do curso de graduação em Biomedicina da Universidade Federal do Piauí.

Consideram-se trabalhos acadêmicos Trabalhos de Conclusão de Curso

(TCC) as monografias de conclusão de curso de graduação. As presentes normas apóiam-se nas normas pertinentes da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), de modo particular na NBR 14724:2002 – Informação e documentação – Trabalhos acadêmicos – Apresentação e na NBR 6023:2002 - Referências.

Existe uma vasta bibliografia disponível sobre normalização de trabalhos científicos, inclusive com normas sugeridas pelos autores que diferem em alguns pontos. Isso acontece porque, em muitos casos, as normas da ABNT são omissas em algumas questões de formatação ou deixam margem para diferentes entendimentos.

Assim, este roteiro procura evidenciar orientações das principais questões que geralmente geram dúvidas na apresentação de trabalhos científicos. Esperamos que na medida em que este roteiro for sendo utilizado, seus usuários, principalmente os alunos do curso de biomedicina, façam suas críticas, sugestões, esclarecimentos e especialmente a indicação de outras questões que poderiam ser evidenciadas no roteiro.

1 - ESTRUTURA DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1

Os elementos pré-textuais, o texto e os elementos pós-textuais em trabalhos acadêmicos seguem a ordem apresentada na tabela 1. A estrutura de um trabalho acadêmico, de uma monografia, de uma tese ou de uma dissertação compreende: elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais.

TABELA 1 - ESTRUTURA DE TRABALHO ACADÊMICO

1.1 - ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

Os elementos pré-textuais são aqueles que precedem a introdução do trabalho, como folha de rosto, sumário, listas de tabelas e ilustrações, etc. Os elementos pré-textuais constantes de trabalhos acadêmicos e monografias de final de curso são apresentados a seguir.

1 Baseado na ABNT NBR 14724:2005, incorporando a Emenda 1 de 30.12.2005 válida a partir de 30.01.2006 e substitui a anterior (ABNT NBR 14724:2002)

Estrutura (partes) Elemento

Pré-textuais

Capa (obrigatório) Lombada (obrigatório somente na versão final do TCC) Folha de rosto (obrigatório) Errata (opcional) Folha de Aprovação (obrigatório somente na versão final do TCC) Dedicatória(s) (opcional) Agradecimento(s) (opcional) Epígrafe (opcional) Resumo na língua vernácula (obrigatório) Resumo em língua estrangeira (opcional) Lista de ilustrações (opcional) Lista de tabelas (opcional) Lista de abreviaturas e siglas (opcional) Lista de símbolos (opcional) Sumário (obrigatório)

Textuais Introdução Desenvolvimento Conclusão

Pós -textuais

Referências (obrigatório) Glossário (opcional) Apêndice(s) (opcional) Anexo(s) (opcional) Índice(s) (opcional)

Elemento obrigatório dos trabalhos acadêmicos, a capa precede a folha de rosto e deve conter as seguintes informações (Figura 1):

A capa deve ser composta da seguinte forma: a) instituição - o nome da instituição é escrito em letras maiúsculas, negritado e centrado, na 1ª linha do texto, tamanho da fonte 12; b) curso a que pertence a disciplina/matéria - é escrito em letras maiúsculas negritado e centrado, na linha seguinte à da instituição, tamanho da fonte 12; c) autor - o nome do autor é transcrito em letras maiúsculas com negrito, centralizado, na 6ª linha do texto, tamanho da fonte 12; d) título do trabalho - é escrito em letras maiúsculas, negritado e centralizado, tanto vertical como horizontalmente. Títulos extensos são transcritos a em espaçamento simples, sempre centrados, sem divisão silábica de palavras e tamanho da fonte 14. Quando houver subtítulos, deve ser precedido do título com dois pontos, também escrito em letras maiúsculas com negrito; e) local (cidade) - é escrito em letras minúsculas com a primeira letra das palavras em maiúsculo, centralizado, na penúltima linha do texto, tamanho da fonte 12; f) ano – é escrito em algarismo arábico, abaixo do local separado por espaço simples, tamanho da fonte 12.

Se o trabalho for encadernado com capa dura, a folha de capa deve ser retirada e as suas informações devem constar da capa dura.

A folha de rosto contém as informações essenciais à identificação do trabalho, quais sejam (Figura 2): a) autor: o nome do autor deve ser centralizado na primeira linha do texto, em letras maiúsculas e tamanho da fonte 12; b) título do trabalho: transcrito igual ao título da capa, negritado e centralizado e tamanho da fonte 14; c) nota explicativa indicando a natureza do trabalho (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso e outros) e objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido e outros) nome do curso e da instituição a que é submetido, alinhada a partir do centro da folha, em espaço simples, tamanho da fonte 10; d) nome do orientador ou professor da disciplina (tamanho da fonte 10); e) local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado (tamanho da fonte 12); f) ano – é escrito em algarismo arábico, abaixo do local separado por espaço simples, tamanho da fonte 12.

Elemento obrigatório na versão final do TCC, onde as informações devem ser impressas, conforme a ABNT NBR 12225:1992. a) nome do autor, impresso longitudinalmente e legível do alto para o pé da lombada. Esta forma possibilita a leitura quando o trabalho está no sentido horizontal, com a face voltada para cima; b) título do trabalho, impresso da mesma forma que o nome do autor; c) elementos alfanuméricos de identificação, por exemplo: v. 2.

1.1.4 - Folha de aprovação

Elemento obrigatório na versão final do TCC constituído pelo nome do autor do trabalho, título do trabalho e subtítulo (se houver), natureza, objetivo, nome da instituição a que é submetido, área de concentração, data de aprovação, nome, titulação e assinatura dos componentes da banca examinadora e instituições a que pertencem. A data de aprovação e as assinaturas dos membros componentes da banca examinadora são colocadas após a aprovação do trabalho (Figuras 3 e 4).

1.1.5 - Dedicatória, agradecimentos e/ou epígrafe

Dedicatória é geralmente um texto por extenso, em que o autor dedica a obra ou presta homenagem a alguém.

Agradecimentos devem vir após a dedicatória e só devem ser feitos a pessoas ou instituições que contribuíram, de alguma forma, com a realização do trabalho. (Figura 5)

Epígrafe é a citação de um pensamento relacionado com o escopo da obra.

Pode ocorrer apenas no início da obra, bem como no início das partes principais e/ou capítulos do trabalho.

1.1.6 - Resumo na língua vernácula

O resumo consiste na apresentação concisa dos objetivos, metodologia, resultados e conclusões do trabalho, devendo ser escrito numa seqüência de frases, não de tópicos. A linguagem deve ser bem clara, de forma que o leitor tenha adequada idéia do que se trata. Não deve incluir citações bibliográficas, devendo-se evitar ainda o emprego de fórmulas, equações, diagramas e símbolos. É redigido na terceira pessoa do singular compondo um texto e não uma enumeração de tópicos. O texto não deve ser apresentado em parágrafos. Em trabalhos acadêmicos, segundo a ABNT (NB-8/198), o resumo deve conter no máximo 500 palavras, seguido, logo abaixo, das palavras representativas do conteúdo do trabalho, isto é, palavras-chave, conforme a ABNT NBR 6028 (Figura 6). O resumo é localizado antes do texto possibilitando o leitor avaliar o interesse da leitura do documento.

1.1.7 - Lista de Tabelas, Quadros e Figuras

Consiste na relação sequencial de títulos de tabelas, quadros e figuras constantes do trabalho, acompanhados dos respectivos números de páginas (Figuras 7 e 8). Recomenda-se a elaboração de lista própria para cada tipo de ilustração e em páginas separadas.

1.1.8 - Lista de Siglas e Símbolos

Consiste na relação em ordem alfabética de siglas e símbolos empregados no trabalho seguidos do significado correspondente.

No caso de siglas, mesmo que o trabalho contenha lista, recomenda-se transcrever por extenso cada sigla na primeira vez em que é mencionada no texto.

Somente devem ser feitas listas de siglas e símbolos quando o número de cada um destes elementos for significativo em todo o trabalho.

As listas de siglas e símbolos aparecem logo após a folha de lista de tabelas, quadros e figuras.

Elemento obrigatório, cujas partes são apresentadas com os respectivos números das páginas. Havendo mais de um volume em cada um deve constar o sumário completo do trabalho, conforme a ABNT NBR 6027:1989.

O sumário não deve ser confundido com índice, que é a enumeração detalhada dos assuntos, nomes de pessoas, nomes geográficos e outros, geralmente em ordem alfabética, com a indicação de sua localização no texto. Por exemplo, um índice onomástico traz uma enumeração de nomes de pessoas, com a página em que eles aparecem. O mesmo ocorre com os índices remissivos, de assuntos, geográficos, de empresas ou de acontecimentos.

A palavra sumário deve ser escrita em letra maiúscula. A apresentação gráfica das divisões e subdivisões, bem como a enumeração das páginas, deve ser indicada exatamente onde se localizam.

Os títulos apresentados no sumário são alinhados na margem esquerda e transcritos como aparecem no interior do trabalho (letras maiúsculas, minúsculas e negritadas), devendo conter para cada subdivisão: a) respectivo indicativo, quando houver; b) título; c) linha pontilhada ligando título e número da página. Os elementos pós-textuais (referências e anexos) devem constar do sumário, sendo alinhados na margem esquerda sem numeração.

1 FIGURA 1 – Exemplo de Capa

UMA POPULAÇÃO DE TABAGISTAS DO MUNICÍPIO DE

PREVALÊNCIA DE POLIMORFISMO NOS GENES RECEPTOR DE SEROTONINA (5HT2A) E RECEPTOR DOPAMINÉRGICO (DRD2) EM PARNAÍBA – PI.

(Parte 1 de 8)

Comentários