Livro - práticas de conservação do solo e recuperação de áreas degradadas

Livro - práticas de conservação do solo e recuperação de áreas degradadas

(Parte 1 de 7)

Práticas de Conservação do Solo e Recuperação de Áreas Degradadas

ISSN 0104-9046 Dezembro, 2003 90

República Federativa do Brasil

Luiz Inácio Lula da Silva Presidente

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Roberto Rodrigues Ministro

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa

Conselho de Administração

José Amauri Dimárzio Presidente

Clayton Campanhola Vice-Presidente

Alexandre Kalil Pires Dietrich Gerhard Quast Sérgio Fausto Urbano Campos Ribeiral Membros

Diretoria-Executiva da Embrapa

Clayton Campanhola Diretor-Presidente

Gustavo Kauark Chianca Herbert Cavalcante de Lima Mariza Marilena Tanajura Luz Barbosa Diretores-Executivos

Embrapa Acre

Ivandir Soares Campos Chefe-Geral

João Batista Martiniano Pereira Chefe-Adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento

Dorila Silva de Oliveira Mota Gonzaga Chefe-Adjunto de Comunicação, Negócios e Apoio

Milcíades Heitor de Abreu Pardo Chefe-Adjunto de Administração

Paulo Guilherme Salvador Wadt Editor Técnico

Práticas de Conservação do Solo e Recuperação de Áreas Degradadas

Rio Branco, AC 2003

ISSN 0104-9046

Dezembro, 2003

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Centro de Pesquisa Agroflorestal do Acre Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Exemplares desta publicação podem ser adquiridos na:

Embrapa Acre Rodovia BR 364, km 14, sentido Rio Branco/Porto Velho Caixa Postal, 321 Rio Branco, AC, CEP 69908-970 Fone: (68) 212-3200 Fax: (68) 212-3284 http://www.cpafac.embrapa.br sac@cpafac.embrapa.br

Comitê de Publicações da Unidade

Presidente: Murilo Fazolin Secretária-Executiva: Suely Moreira de Melo

Membros: Celso Luís Bergo, Claudenor Pinho de Sá, Cleísa Brasil da Cunha Cartaxo, Elias Melo de Miranda, Hélia Alves de Mendonça, Henrique José Borges de Araujo, João Alencar de Sousa, Jonny Everson S. Pereira, José Tadeu de Souza Marinho, Judson Ferreira Valentim, Lúcia Helena de Oliveira Wadt, Luís Cláudio de Oliveira, Marcílio José Thomazini, Maria de Jesus B. Cavalcante, Patrícia Maria Drumond Revisores deste trabalho: João Batista Martiniano Pereira (ad hoc), Luís Cláudio de Oliveira

Supervisão editorial: Claudia Carvalho Sena / Suely Moreira de Melo Revisão de texto: Claudia Carvalho Sena / Suely Moreira de Melo Normalização bibliográfica: Luiza de Marillac Pompeu Braga Gonçalves Tratamento de ilustrações: Fernando Farias Sevá Editoração eletrônica: Fernando Farias Sevá

1ª edição 1ª impressão (2003): 300 exemplares

Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, constitui violação dos direitos autorais (Lei nº 9.610).

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP). Embrapa Acre.

P912pPráticas de conservação do solo e recuperação de áreas degradadas por Paulo

© Embrapa 2003

Guilherme Salvador Wadt e outros. Rio Branco, AC: Embrapa Acre, 2003. 29 p. il. (Embrapa Acre. Documentos, 90)

Mata Ciliar – AcreI. Wadt, Paulo Guilherme Salvador. I. Série.

1.Solo – Acre. 2. Conservação do solo – Acre. 3. Deterioração do solo – Acre. 4. CDD 631.498112 (19.ed)

Autores

Paulo Guilherme Salvador Wadt Eng. agrôn., D.Sc., Embrapa Acre, Caixa Postal 321, 69908-970, Rio Branco, AC, paulo@cpafac.embrapa.br

Jonny Everson Scherwinski Pereira Eng. agrôn., D.Sc., Embrapa Acre, jonny@cpafac.embrapa.br

Rivadalve Coelho Gonçalves Eng. agrôn., D.Sc., Embrapa Acre, riva@cpafac.embrapa.br

Celiana Barbosa da Costa de Souza Estudante de Agronomia, Universidade Federal do Acre.

Luciene da Silva Alves Estudante de Agronomia, Universidade Federal do Acre.

As pesquisas mostram que é possível produzir com sustentabilidade na Amazônia, e o que falta são estratégias e vontade política para desenvolver a região levando em consideração o potencial da floresta, criando incentivos para aproveitamento das áreas já abertas e mecanismos que valorizem os produtos florestais, como por exemplo, a madeira manejada e certificada.

Nesse sentido, este documento é parte do resultado de uma série de iniciativas da Prefeitura Municipal de Acrelândia, AC, junto à Embrapa Acre e ao Ministério do Meio Ambiente, visando conceituar e indicar aos produtores rurais do município um conjunto de técnicas que possa ser adotado para o uso racional das áreas já desmatadas, evitando a perda de sua capacidade produtiva, além de indicar medidas para recuperação de áreas em processo de degradação agrícola ou biológica.

O documento inicialmente aborda a questão da fertilidade dos solos acreanos, alertando para algumas de suas características frente aos solos de outros ecossistemas amazônicos. A seguir, conceitua os processos de degradação para depois definir práticas de conservação de solos, muitas testadas pela Embrapa no Bioma Amazônico.

Finalmente, aborda a importância das matas ciliares, apontando espécies promissoras para o repovoamento dessas áreas e apresenta as principais estratégias de recuperação de áreas degradadas que podem ser adotadas para o Estado do Acre.

Com isso, a presente publicação objetiva prover os técnicos da assistência técnica, estudantes dos cursos de Agronomia e produtores rurais da região de Acrelândia, AC, dos conceitos norteadores e principais recomendações para o uso responsável dos recursos edáficos na Amazônia, em especial, a utilização das áreas já abertas para a agricultura e pecuária.

Ivandir Soares Campos Chefe-Geral da Embrapa Acre

Apresentação

(Parte 1 de 7)

Comentários