Curiosidades da industria automobilística

Curiosidades da industria automobilística

(Parte 1 de 2)

Por trás de cada marca dos fabricantes de automóveis há uma história curiosa e bem interessante. Descubra como nasceram os nomes e os símbolos de algumas montadoras.

Alfa Romeo --Composto pela cruz vermelha e pela serpente devorando um homem, o símbolo é uma homenagem à cidade de Milão e sua família real. Foi criado em 1910 por Nicola Romeo. O nome é a combinação da sigla ALFA (Anônima Lombarda Fábrica Automobili) com o sobrenome de seu fundador. O primeiro carro da montadora fabricado no Brasil foi uma versão local do Berlinda 2000. Por aqui o veículo, que era o último lançamento da montadora na Itália, ganhou o nome de JK, em homenagem ao então presidente Juscelino Kubitschek.

•Quadrifólio O trevo de quatro folhas dos esportivos da Alfa Romeo é o amuleto usado pelo piloto Ugo Sivocci, considerado herói da marca depois de ter morrido em um acidente, em 1923, no circuito de Monza (Itália). A partir daquele ano, todos os carros de corrida passaram a ter esse logotipo na carroceria.

Audi --A indústria automobilística alemã se desenvolveu por causa da grande concorrência com os franceses. No final do século XIX, a França havia perdido uma guerra entre os dois países, e por isso teve de pagar uma indenização de cinco bilhões de marcos. Na virada do século X, aproveitando o bom momento econômico que os germânicos viviam, August Horchcriou sua primeira empresa. O primeiro modelo foi lançado em 1901. A Audi foi criada em 1909. Logo depois da Segunda Guerra, em 1947, a Audi se uniu a outras três empresas, a Horch, a Wanderere a DKW, fundando a Auto Union. Vêm daí as quatro argolas que passaram a ser o símbolo da montadora. Desde 1985 a Auto Unionse tornou a Audi AG.

Chrysler --A empresa foi fundada em 1925 por Walter P. Chrysler, um empresário norte-americano tão apaixonado por carros que montou e desmontou seu primeiro veículo antes mesmo de aprender a dirigir. A estrela de cinco pontas, formada a partir de um pentágono com cinco triângulos, foi desenhada para representar a precisão da engenharia que a montadora sempre valorizou. O logo atual, um escudo com asas, foi adotado nas décadas de 30. Walter Chrysler dirigiu a empresa até sua morte, em 1940.

Citroën --Os dois „V‟sinvertidos, conhecidos na França como “DeuxChevron”, simbolizam a engrenagem bi helicoidal criada pelo engenheiro André Citroën, fundador da marca francesa. Apaixonado por automóveis, Citroën fabricou armamentos e trabalhou em outras indústrias antes de colocar nas ruas o Citroën Tipo A, em 1919. Foi o primeiro carro projetado para produção em série em toda a Europa. Mas o preço de manter uma empresa de ponta em termos de tecnologia foi muito alto. Em 1934 a empresa faliu por causa dos custos da produção do Traction Avant. A Citroën só voltou à ativa em 1935, quando a Michelin assumiu o controle da empresa, e afastou André Citroën, que morreu naquele mesmo ano.

Ferrari --Ferrari e Porsche ostentam o mesmo cavalo empinado, símbolo da cidade de Stuttgart. Enzo recebeu o símbolo da mãe de Francesco Barraca, piloto italiano morto na Primeira Guerra Mundial. Francesco teria visto o emblema do cavalo empinado em um avião alemão derrubado por ele. O piloto abatido era de Stuttgart, mesma cidade de Ferdinand Porsche.

Fiat --A Fiat enfrentou problemas ao tentar mudar seu emblema. Durante alguns anos, a empresa de Turim adotou quatro barras inclinadas, brancas ou cromadas, nas grades de seus veículos. Mas, depois de identificar a insatisfação do consumidor, voltou ao símbolo que já existia nos primeiros veículos montados pela fábrica – quatro letras brancas sobre um fundo azul. Atualmente ela utiliza em seus veículos o logo com o Fiat escrito em branco com o fundo vermelho.

Maserati --O logotipo da fabricante italiana de superesportivos, é um tridente de

Netuno, símbolo da cidade de Bolonha. Ele surgiu em 1914, com a fundação da fábrica pelos irmãos Ettore e Ernesto Maserati, com o objetivo de desenvolver carros, e especialmente motores, além de produzir velas de ignição. O logotipo que identifica os carros Maserati até hoje foi desenhado por Mario, o único artista dos quatro irmãos.

Mercedes --Graças a um sentimento antigermânico sentido em toda a Europa, provocado pelas guerras no século XIX, a marca de automóveis de luxo Mercedes Benz, divisão de luxo da alemã Daimler Chrysler, leva o nome da filha de Emil Jellinek, o concessionário austríaco que introduziu os modelos Daimler em corridas na Bélgica, nos Estados Unidos e na França. Ele pediu que os veículos fossem comercializados com o nome de Mercedes, e o Daimler ficou restrito a uma divisão de veículos de luxo dentro da Inglaterra. O Benz só passaria a fazer parte do conglomerado automotivo em 1926, quando aconteceu a fusão entre as empresas Daimler-Motoren-Gesellschaft (DMG) e Benz & Cie. Desde então, os veículos são vendidos como Mercedes-Benz. A estrela de três pontas representa a fabricação de motores para terra, ar e mar.

Mitsubishi --O diamante de três pontas veio do nome, Mitsu, três em japonês, e

Bishi, diamante. A marca representa mais de 16 empresas no Japão, em vários segmentos da indústria. O curioso é que a Mitsubishi demorou a produzir carros de passeio em grande escala. O primeiro modelo, o A, foi criado sob a supervisão da Fiat em 1917, mas a primeira grande linha comercial foi a Série 500, apresentada no Salão de Tóquio de 1959

BMW --O símbolo da Fábrica de Motores da Bavária (BayerischeMotorenWerk) representa uma hélice de avião, nas cores azul e branca. Em 1917, os irmãos Karl Rathe GustavOtto conseguiram permissão do governo alemão para produzir motores de avião, inspirando então o desenho. Em 1928, sairia o primeiro automóvel com o símbolo da marca, o Dixi. A BMW fabricou foguetes para o exército alemão durante a Segunda Guerra. Ao final do conflito, a empresa estava destruída. Os aliados só autorizaram que a empresa fosse reaberta três anos depois.

Nissan --A história da logomarca e da empresa se misturam. A alteração do antigo design 2D (vermelho e azul) para o atual 3D (prateado) seguiu uma tendência mundial das montadoras de veículos. Mas para a Nissan, o real sentido da alteração foi apresentar seus veículos de uma forma mais ousada e inovadora frente à concorrência. A moldura azul (cor do céu e do sucesso na cultura japonesa) e um círculo vermelho ao fundo (que representam a luz do sol e a sinceridade) remetem ao provérbio "sinceridade leva ao sucesso". Nissan significa "indústria japonesa". A logomarca da Nissan agrega um novo espírito aos valores corporativos da empresa, mantidos desde a sua fundação. Enquanto representa a força do passado, ela simboliza a energia da nova Nissan. No Brasil, o PathfinderSE 3.5L foi o primeiro modelo a usar a nova logomarca da Nissan, em 2002.

Peugeot --A empresa é muito mais antiga do que os próprios automóveis. Foi fundada em 1810 como uma fábrica de ferramentas. O logotipo em forma de leão foi criado em 1858, para representar qualidade superior e homenagear a cidade de Lion, na França. Desde então o logotipo já sofreu sete modificações. A Peugeot começou a fabricar bicicletas em 1892. O primeiro veículo de quatro rodas é de 1890. Em 1898, Santos Dumont, o inventor do avião, trouxe ao Brasil o primeiro carro da marca, o Vis-a-Vis. O sucesso foi imediato.

Renault --O losango parecido com um diamante foi adotado em 1925, para sugerir sofisticação. Já foi modificado quatro vezes. O primeiro deles era uma sobreposição de Rs, em homenagem aos fundadores da marca, os irmãos Louis e Marcel. Louis começou a trabalhar com carros em 1898, quando ganhou um triciclo de seu pai e resolveu transformá-lo em um veículo de quatro rodas com motor dianteiro. Ele ficaria no comando da empresa até morrer, em 1945. Marcel era piloto e morreu em 1903, durante uma corrida entre Paris e Madri.

RollsRoyce--Os dois Rsdo logotipo eram grafados em vermelho até a morte de seus fundadores, Charles Rollse Frederick Royce, quando passaram a ser estampadas em preto, sinal de luto. Charles foi piloto de corridas da Peugeot e abriu sua primeira oficina em 1902. Frederick era um fabricante de materiais elétricos que construiu um carro de maneira artesanal. Os dois se uniram em 1904 para criar um veículo de alto luxo. Eles dividiram as tarefas: Rollspassou a cuidar das vendas e Royce, da fabricação.

Toyota --Em 1907 o japonês SakichiToyoda fundou a Toyoda Loom Works, uma fábrica de teares automáticos para a indústria têxtil. Mas seu filho, KiichiroToyoda, tinha outras pretensões: produzir automóveis. Em 1930 começou a construir o primeiro protótipo de um motor de combustão interna dentro da fábrica. Quatro anos depois, seu pai criava a divisão de automóveis da empresa. Em 1935 nascia o protótipo do primeiro automóvel, o modelo A. Abandonado, em seguida, por causa dos benefícios fiscais concedidos pelo governo japonês para a produção de veículos utilitários. No mesmo ano, surgia o protótipo modelo G1, o primeiro utilitário da Toyota. Em 28 de agosto de 1937 era fundada a Toyota Motor Co. Ltda. Kiichiroachava que o nome Toyota era melhor de ser pronunciado do que o sobrenome da família.

Volvo --O mais polêmico dos logotipos estampa o símbolo da masculinidade. A marca sueca já foi muito contestada por movimentos feministas na Europa. Criada em 1927 por Assar Gabrielssone GustafLarson, a Volvo é pioneira no desenvolvimento de equipamentos de segurança. O primeiro pára-brisa com limpadores automáticos foi criado em 1927. Os pára-brisas laminados surgiram em 1944, 15 anos antes de se tornarem obrigatórios. E o cinto de segurança de três pontas é invenção de um dos engenheiros da empresa, o sueco NilsBohlin.

Ford --O símbolo oval com a assinatura de Henry Ford permanece quase o mesmo desde sua criação, em 1903. As variações são sempre de cor e tamanho. Henry Ford começou a pesquisar o automóvel quando trabalhava no departamento de manutenção de serviços de eletricidade de Detroit. Nas horas vagas, ele tinha o hábito de projetar construir, peça por peça, um carro com motor a gasolina. A empresa fez história em 1908, quando Ford introduziu a linha de montagem e começou a vender mais carros que os concorrentes, a um preço menor. Ford dizia que seus funcionários tinham que ganhar o suficiente para comprar o carro que fabricavam.

Chevrolet

Diz a lenda que o logotipo em forma de gravata borboleta foi baseado na ilustração do papel de parede de um hotel em Paris onde um dos fundadores da marca, William Durant, teria se hospedado, em 1908. Durant guardou a amostra na carteira para usá-la como símbolo da marca de automóvel que fundou em parceria com o piloto Louis Chevrolet.

Dodge

O búfalo simboliza a cidade de Dodge, localizada no estado de Kansas (EUA), no oeste norte-americano.

Marca norte-americana cuja origem vem da pronúncia, em inglês, da sigla G.P (General Purpose), utilizada para identificar os modelos destinados a vários tipo de uso.

Lamborghini

O touro que aparece no símbolo dos esportivos italianos é uma homenagem do fundador da marca, FerruccioLamborghini, às touradas, pelas quais era fanático. Tanto que os carros da marca (Diabloe Murciélago) têm nomes de touros famosos.

Lotus

O nome vem da flor-de-lótus, e as iniciais ACBC no logotipo da empresa significam Anthony Colin Bruce Chapman, nome do fundador da marca em 1982.

Porsche

São dois brasões sobrepostos –o da região de Baden-Württemberge o da cidade de Stutgartt(o cavalo empinado), sede da marca alemã. A marca adotou o símbolo a partir de 1949.

A marca japonesa Mazdafoi fundada em 1920 porJyujiroMatsuda, inicialmente com o nome de ToyoCorkKogyoCo.. Em 1927 a marca altera o seu nome para ToyoKogyoCo. e em 1931 começa a produzir a Mazdago, um carrinho de três rodas.

Em 1934 nasce o primeiro logótipo da marca com o nome Mazda, o nome Mazda provém do nome de um deus antigo, AhuraMazda. O nome da companhia só viria a ser alterado para Mazdaem 1984.

O logótipo da marca coreana fabricante de automóveis e de navios consiste no "H" alusivo à sua denominação. No entanto, este "H" encontra-se relativamente inclinado para a direita, simbolizando um caminho para o futuro.

Jaguar

Antigamente chamava-se S, por motivos políticos (depois da I Guerra Mundial) foi eliminado.

KIA Traduzido do Coreano significa "Ascensão do Oriente", o símbolo oval representa o mundo.

A empresa foi construída entre 1966-72 com ajuda da Fiat. A fábrica da Lada fica ao sul de Moscovo, nas margens do Woga. O logo representa um barco típico utilizado nessa zona do Woga.

Lancia

O logo foi desenhado pelo conde Biscaretti, o logo significa, Volante= carro e bandeira= desporto

O símbolo da Opelevolui ao longo dos tempos, o seu logótipo inicial era alusivo a duas máquinas de cozer, uma vez que a primeira área de negócio da marca foi precisamente produção de máquinas de coser. Quando passou a fabricar bicicletas adotou um outro logótipo, e quando se iniciou no sector automóvel optou por criar o logótipo que hoje conhecemos, embora não com um design tão atual. O logo consiste num relâmpago no centro de um círculo, combinado a estabilidade e plenitude do círculo com a imprevisibilidade do relâmpago.

Volkswagen

Desde os primeiros tempos da Volkswagen, o logo com a letras V e W juntas dentro de uma "bolacha", foi o símbolo da DAF (Deutsche Arbeitsfront), um tipo de sindicato da antiga fábrica Volkswagen GmbH. Este logo foi registrado em 1938. O logotipo "cruzado" da Volkswagen foi registrado em outubro de 1948 no Departamento Alemão de Patentes em Munique e, desde então, tem sido usado em diferentes variantes. Já foi levemente modificado, preto no branco, mais tarde azul no branco ou branco no preto ou azul. Em 2000 foi feita uma adaptação tridimensional. Após a 2a Guerra a companhia foi tomada pelo ingleses. O Major britânico Ivan Hirst decidiu que a partir de 1945 a "bolacha" com as letras V e W deveria ser o logo oficial da Volkswagen. Até hoje o criador deste logo é desconhecido.

Rover O barco simboliza "os maiores viajantes dos tempos" do mundo, os vikings

Foi fundada em 1950 no Instituto Nacional de Industria“ (INI) em cooperação com a Fiat S.p.A o logo anterior tinha um fundo azul (fiat), atualmente o vermelho significa, Passion, sportyness and dynamics

Subaru

Na língua japonesa, Subarusignifica "plêiade" (conjunto de estrelas). Isso explica a constelação adotada como logotipo da marca.

Uma das marcas sob controle da GM, a sueca Saabcomeçou a fabricar aviões em 1938. O nome vem de SvenskaAeroplanAkteebolaget. A produção de automóveis começou em 1959. O logotipo circular tem um animal mitológico com cabeça de águia e garras de leão, símbolo da vigilância. O azul de fundo é a cor da marinha.

Aston Martin

AstonMartin LagondaLimitedé uma empresa automobilística inglesa com sede em Gaydon, Warwickshire, Inglaterra. O seu nome é inspirado na prova de subida de montanha de AstonClinton e no nome do seu fundador, Lionel Martin.

HYUNDAI -O nome da marca sul-coreana fundada em 1946 significa tempos modernos. Desde 1948 manteve um acordo com a Ford para fabricar os carros americanos destinados apenas ao mercado interno. Somente em 1974 foi elaborado o primeiro automóvel da marca, com toda criação e fabricação desenvolvida pela marca. Em 1998 comprou a Kia Motors.

(Parte 1 de 2)

Comentários