Apostila de html

Apostila de html

(Parte 1 de 5)

Apostila de html (básico)

Introdução

Como funciona a Internet

World Wide Web E – Mail

Correio Eletrônico

FTP (File Transfer Protocol)

Estrutura básica de uma página

Criando Sites HTML

Tags para formatar sua página

Imagens

Links

Âncoras

Montagem de listas em HTML

Tabelas em HTML

FRAMES Criando um frame Inline

Introdução

As redes de computadores existem há mais de vinte anos e são utilizadas por milhões de pessoas em todo o mundo. A primeira rede , ARPANET, que na sua origem conectava centros militares e de pesquisas, foi utilizada por alguns cientistas de computação para obter acesso a computadores, compartilhar arquivos e enviar mensagens eletrônicas Hoje em dia ,cientistas, engenheiros professores, estudantes, bibliotecários, médicos, homens de negócios, políticos e até crianças, o utilizam para receber jornais eletrônicos, ter acesso a "Bulletins boards"(BBS – Visto mais adiante) , consultar bases de dados e utilizam, remotamente, vários equipamentos. Atualmente, dentro da comunicação global, a informação disponível na INTERNET ultrapassa os limites físicos, políticos e as estruturas econômicas de todas as partes do planeta, transformandose em um fórum universal que independente de raça ,profissão ou idade, disponibiliza informações das mais variadas para todos que se ligam a rede. A ARPANET "foi aposentada" em 1990 , a CSNET deixou de existir em 1991 e a INTERNET continua crescendo incontrolavelmente. Hoje, ela engloba mais de 5000 redes espalhadas em 145 países espalhados pelos 5 continentes. Estima-se um crescimento de 10%ao mês e um intercâmbio de mais de 15 milhões de mensagens entre a INTERNET e todas as demais redes conectadas. A INTERNET começou a ser utilizada no Brasil, em meados de 89/90, somente por Instituições de pesquisas e um pouco depois por Universidades, permanecendo , assim , até o final de 1995, quando a exploração comercial teve início com a liberação de um BackBone lançado pela EMBRATEL, com um grande incentivo para a sua propagação da mídia, que passou a abordar o assunto, utilizando-se até de novelas. A INTERNET nasceu em 1969 para descentralizar informações militares norte-americanas em várias redes, a fim de se evitar que um ataque soviético estratégico destruísse informações militares armazenadas em grandes computadores. Com isso, surgiu a ARPANET (rede da Advance Research Projects Agency), um projeto experimental do departamento de defesa norte americano que interligava computadores a centros de comando remotos. Algumas redes experimentais se juntavam a ARPANET através de rádios e satélites. No final dos anos 70 surgiu a USENET (Users Network) prestando serviços a comunidades universitárias e algumas organizações comerciais. No início da década de 80, a ARPANET dividiuse em : ARPANET e MILNET (também militar), mantendo a comunicação entre ambas originou o nome de DAR INTERNET e depois se abreviou para INTERNET. Em 1986, foi criada a NSFNET (National Science Foundation Network) para viabilizar a conexão de pesquisadores aos cincos grandes centros dos EUA e abrangendo, rapidamente redes acadêmicas e escolares.

Nessa época, a INTERNET iniciou sua expansão. Novas redes foram a ela conectadas, mais computadores e, consequentemente mais participantes. Redes internacionais similares surgiram e hoje, temos uma presença mundial significativa, salvo na África , onde contamos com poucos pontos de presença.

Como funciona a Internet

Para que uma rede exista é preciso que muitos computadores possam ser interligados ao mesmo tempo. É preciso instalar em cada computador um dispositivo chamado placa de rede. Ela permitirá que muitos computadores sejam interligados simultaneamente , formando o que se chama de uma rede local , ou LAN ( do inglês Local Area Network ). Se essa LAN for ligada à Internet , todos os computadores conectados à LAN poderão ter acesso à Internet. É assim que muitas empresas proporcionam acesso à Internet a seus funcionários. Uma rede é formada por vários computadores interligados dentro de um estabelecimento (cidade, estado..). A INTERNET é a "rede das redes". Ela é composta de pequenas redes locais(LANS), redes estaduais e enormes redes nacionais que conectam computadores de diversas organizações mundo afora. Essas redes estão interligadas de diversas formas, desde uma simples linha telefônica discada até malhas de fibras óticas. Estar na INTERNET significa participar de uma rede interconectada. As redes que formam a Internet são Interligadas por outras redes de alta capacidade , chamadas backbones ( espinha dorsal ). Os backbones são poderosos computadores conectados por linhas de grande largura de banda como canais de fibra óptica , elos de satélite e elos de transmissão por rádio. Como já vimos , a Internet surgiu a partir da criação do backbone original , o ARPAnet, um projeto militar para intercâmbio de informações estratégicas financiado pelo governo americano. Ao longo dos anos a Internet passou por várias etapas , transformando-se numa rede de pesquisa acadêmica e , finalmente , na grande rede que é . A melhor forma de entender a Internet é pensar nela não como uma rede de computadores, mas como uma rede de redes. Sendo assim, a Internet não tem um dono ou uma empresa encarregada de administrá-la . A instituição que mais se aproxima de uma administração central é a Internet Society. Trata –se de uma entidade que se baseia no trabalho voluntário de seus integrantes com o objetivo de exercer o mínimo controle necessário para manter a Internet em funcionamento. O princípio básico de uma rede é a capacidade de "comunicação" entre dois computadores. Para isso, utilizam-se protocolos , regras ou convenções que regem essa comunicação. Para que a comunicação se efetive , dois computadores devem utilizar o mesmo protocolo, simultaneamente.

TCP/IP (Trasmission Control Protocol / INTERNET Protocol) é a família de protocolos da INTERNET, desenvolvida nos anos 70 e utilizada pela primeira vez em 1983.É considerado um protocolo aberto e "sem dono". O que significa dizer que não é produto de empresa nenhuma específica. Cada vez que ocorre uma transferência, o protocolo age quebrando a informação , formando diversos pacotes e roteadores, que estão programados para enviá-los corretamente ao seu destino.

As redes de nível captam o tráfego nos "BackBones"(redes de alta velocidade) e o distribuem para suas próprias redes e vice-versa.

World Wide Web

W é um serviço baseado um hipertextos (documentos que possuem , dentro de si , conexões com outros documentos) que permite buscar e recuperar informações distribuídas por diversos computadores da rede . O hipertexto é uma forma de apresentação gráfica de informação que contém palavras com ligações subjacentes com outros textos , o que torna possível leituras diversas , não - lineares. Você pode selecionar uma das palavras que aparece assinalada e ter acesso a um novo documento , associado com o termo selecionado. O novo documento , por sua vez , é um outro hipertexto com novas palavras assinaladas. Assim , como o gopher, o servidor WWWpode interligar-se com diversos outros servidoresWWW, possibilitando a navegação em informações disponíveis na rede . Torna-se , assim , irrelevante para o usuário a localização física dos documentos recuperados. O documento recuperado não precisa ser necessariamente em texto. Também pode conter outros tipos de informação , tais como imagens , gráficos e sons. Cabe lembrar que através de um servidor W, é possível não só o acesso a documentos , mas também o acesso aos demais serviços da rede , como ftp,wais,gopher ,telnet, os quais você verá posteriormente.

E - Mail Correio Eletrônico

É o servidor básico de comunicação em redes de computadores . O processo de troca de mensagens eletrônicas é bastante rápida e fácil ,necessitando apenas de um programa de correio eletrônico e do endereço eletrônico dos envolvidos.

• endereço eletrônico de um usuário na INTERNET contém todas as informações necessárias , para que a mensagem (username) e uma parte relacionada à localização no formato:

username@subdominios.domínio EX: joão@mas.com.br Uma mensagem é composta de cabeçalho e corpo . O cabeçalho informa a data do envio da mensagem, o endereço do emitente , um título sobre o assunto , além de informações de controle . O corpo da mensagem é o seu conteúdo.

Embora a grande maioria das mensagens trocadas via rede sejam constituídas por informação puramente textual, também é possível obter outros tipos de informação , tais como sons e imagens . Através do correio eletrônico, também é possível utilizar outros serviços de rede , tais como listas de discussão, USENET News , ftp , archie.

FTP (File Transfer Protocol)

Protocolo de transferência de arquivos é o serviço básico de transferências de arquivos na rede . Com a devida permissão , é possível copiar um arquivo de um computador a distância para o seu computador ou transferir um arquivo do seu computador para um computador remoto , para tanto , você deve ter permissão de acesso ao computador remoto . Ante as restrições para transferência de arquivos foi criado o "FTP Anônimo" para facilitar o acesso de usuários de todo mundo a determinadas máquinas que mantém enormes repositórios de informação. Não é necessário uma permissão de acesso . O usuário irá identificar-se como Anonymous quando o sistema requisitar o "log-in".

Falemos do que interessa mesmo.HTML – abreviação de HiperText Markup Language é a linguagem de programação que usamos para criar uma página Web , que por sua vez será composta de textos e comandos especiais que chamaremos de Tags. Não se assuste com o nome, pois se trata de uma linguagem muito simples , e tem como finalidade básica formatar o texto e imagens exibidos e criar ligações entre páginasWeb , criando assim documentos com o conceito de Hipertexto. Como em qualquer outra linguagem , o programador deve escrever o código - fonte seguindo as regras de sintaxe da linguagem. Este código – fonte é posteriormente interpretado pelo browser , que se encarregará de executar os comandos ou tags do código para formatar e acessar recursos da Web. Em março de 1989, Tim Berners-Lee do European Laboratory for Particle Physics ( mais conhecido como CERN ) , propôs um novo conjunto de protocolos para um sistema de distribuição de informações da Internet a ser usado entre os diversos grupos de pesquisa em física de altas energias . Os protocolos da W foram logo adotados por outras organizações e foi formado um consórcio de organizações , chamado de W3 Consortium , que uniu seus recursos de modo a prosseguir com o desenvolvimento de padrões W. Esse consórcio é liderado pelo MIT ( Massachusetts Institute of Technology) , pelo CERN e pelo INRA ( French National Institute for Research in Computer Science and Control). Ele propõe recursos mais novos e sofisticados de HTML , avalia sugestões e implementações alternativas e publica novos "níveis" de versões do padrão HTML.

Existem vários programas para editoração HTML , que tornaria nosso trabalho muito mais fácil e nos acomodaria como usuários – finais que não entendem nada do que estão fazendo. Por isso , sofreremos um pouco e usaremos o incrível , sensacional , fantástico e estupendo Bloco de Notas ( NotePad ) do Windows.

• Comandos HTML – Tags

Os comandos em HTML são chamados de tags , e eles irão dizer ao browser como o texto, a informação e as imagens serão exibidas . Por exemplo , um tag pode dizer que um texto será exibido em negrito , itálico e com um tipo de fonte qualquer. Além de formatação de texto um tag também pode dizer que na verdade um determinado pedaço do texto é um endereço para outra página Web , que será acessado ao dar um click no endereço. Os tags são identificados por serem envolvidos pelos sinais < > ou </ >. Entre os sinais < > são especificados os TAGS propriamente ditos . No caso de tags que precisem envolver um texto , a sua finalização deverá ser feita usando a barra de divisão "/ " , indicando que o tag está finalizando a marcação de um texto , o que faz os tags normalmente andarem em pares. O formato genérico de um tag é : <Nome do tag> Texto </Nome do tag> . Lembraremos sempre que não é necessário estar ligado à Web para criar páginas HTML ou para usar os Browsers. Basta que , ao terminar de escrever sua página no Bloco de Notas , você salve seu documento com um nome qualquer e a extensão HTM ou HTML , para que o browser possa interpretar suas páginas.

Estrutura básica de uma página

Bem , deixarei claro que ultimamente o que vou explicar não é bem assim , pois existe um certo desleixo hoje na Internet , mas , seguindo o padrão clássico teremos : O TAG <HTML> – que será usado em conjunto com seu tag de fechamento < / HTML > e será colocado no início e no final do documento , delimitando a área onde serão colocados os TAGS HTML .

O TAG <HEAD> - que também terá seu tag de fechamento </HEAD> e servirá para delimitar uma área de cabeçalho com poucos TAGS (não é necessário ter esse TAG para sua página funcionar)

O TAG <TITLE> - que será usado dentro dos tags <HEAD> , e servirá apenas para colocar um título que aparecerá na barra de título do seu browser ( não esqueça o </TITLE>) . Dentro dos TAGS <BODY> </BODY> serão colocados todos os comandos , textos e imagens da sua página . Será o corpo da sua página. Veja um exemplo de estrutura : <HTML>

<TITLE> Título da página </TITLE>

<BODY> Aqui você coloca os comandos em HTML , seus Textos e Imagens . Aliás , tanto faz colocar os tags em maiúsculas ou minúsculas. </BODY>

Vá até a opção Arquivo – Salvar Como do seu Bloco de Notas e salve o exemplo acima como TESTE. HTM . Ao abrir o arquivo no browser , sua primeira página ficou assim : Talvez você tenha de problemas para abrir sua página. Então vou dar uma explicação rápida no Internet Explorer, e no Netscape que são muito parecidos . 1 – Vá até o Menu Arquivo - Abrir… ; 2 – Aparecerá uma caixa para você colocar o endereço da página. Clique no botão Procurar (Browse…) ;

3 – Aparecerá a conhecida caixinha de pastas do Windows. Vá até a pasta onde você gravou sua página e clique em Abrir ( Open ) ; 4 – Você voltará até a caixa para a entrada do endereço , já com o caminho dentro da caixa ; 5 – Aí é só clicar OK .

Criando Sites HTML

Agora que aprendemos algumas técnicas , como criar uma página HTML , salvá – la com a extensão . HTM , abrir e vê – la em nosso browser , vamos formatar tudo o que for possível , para dar um ar mais profissional em sua página. Afinal , no exemplo que fizemos até agora , o fundo da nossa página não tem cor , nossas fontes são estáticas o que torna o conjunto da página feio. Vamos ver agora algumas tags que ajudarão a tornar nossas páginas motivo de inveja para qualquer um .

Tags para formatar sua página

O TAG <H> cria uma espécie de cabeçalho no documento , com padrões de formatação já prontinhos para usar. Serve para identificar o começo de uma seção ou tópico , facilitando a visualização dentro da página. Logo após o TAG <H> deve vir um número de 1 a 6 indicando o tamanho da fonte , sendo que 1 é o maior tamanho e 6 o menor. Exemplo : <H1> Cabeçalho Grande </H1>

<H6> Cabeçalho Pequeno </H6> Toda vez que usado esse TAG , a fonte já virá padronizada em negrito e em determinado tamanho , além de colocar uma linha em branco após o texto. Lembre –se de fechar com o tag </H> .

• Tags <CENTER> … </CENTER>

Seria bom se pudéssemos alinhar nosso texto bem no meio da página , centralizado Até agora , tudo o que escrevemos está alinhado à esquerda da nossa página , enquanto esteticamente , ficaria muito melhor centralizado. Essa é a função do TAG <CENTER> que centraliza um texto , uma imagem ou um elemento da página. Exemplo: <CENTER> Essa frase está centralizada na página </CENTER>

(Parte 1 de 5)

Comentários