(Parte 1 de 2)

Exercícios propostos Capítulo

Testes propostosMenuResumo do capítulo 1Os fundamentos da Física • Volume 1

3Estudo do movimento uniforme

P.38a)Da tabela observamos que, no instante t 0, o espaço do móvel é: s0 160 m No MU, temos:

s 160 40t (s em metros e t em segundos)

c)Sim, pois o móvel percorre distâncias iguais em intervalos de tempo iguais. d)O movimento é progressivo, pois v 0. Outra maneira de se concluir que o movimento é progressivo é observar, na tabela, que os espaços crescem com o decorrer do tempo.

s0  100 me v  80 m/s
s0  60 kme v  12 km/h

Exercícios propostos 2Os fundamentos da Física • Volume 1 • Capítulo 3

a) sA  35  12t(sA em metros e t em segundos)
b) sB  30  90t(sB em metros e t em segundos)
c) sC  29  13t(sC em metros e t em segundos)
d) sD  43  21t(sD em centímetros e t em segundos)

s2 45 10t (s2 em metros e t em segundos) No encontro, temos:

Posição de encontro:

P.43No encontro, temos: sA sB

Substituindo t 0,2 h em qualquer uma das funções horárias, obtemos a posição de encontro:

Exercícios propostos 3Os fundamentos da Física • Volume 1 • Capítulo 3

P.45a)sP 0 80t (sP em quilômetros e t em horas) sQ 300 70t (sQ em quilômetros e t em horas)

P.46 v st t sv

v st v

6015 4,0 s

No encontro, temos: sP sQ b)Posição de encontro:

P 300 km

(Origem)

ABs (km)

P.47A figura abaixo mostra o deslocamento que o carro deverá efetuar para cruzar totalmente a rua.

4,0 m150 m

Logo, o carro consegue cruzar totalmente a rua, pois o sinal permanece verde por 15 s.

Bala:

vstvBBB2,0

Exercícios propostos 4Os fundamentos da Física • Volume 1 • Capítulo 3

Como as pessoas seguem trajetórias perpendiculares, temos:

P.51Vamos determinar inicialmente o instante de encontro das carroças, adotando como origem dos tempos o instante em que elas partem:

Com velocidade de módulo 15 km/h em 1 h a mosca percorre a distância:

vB0AB vA

P.52Sendo a velocidade de propagação da luz (300.0 km/s) muito maior do que a do som (340 m/s), o indivíduo vê o relâmpago praticamente no mesmo instante de sua produção, mas só ouve o som do trovão 4 s depois. Considerando o movimento de propagação do som uniforme, temos:

Exercícios propostos 5Os fundamentos da Física • Volume 1 • Capítulo 3

sv t xt t x xt t x

t x x x x água: 1.500 1.500 ar: 300 300

Resolvendo, temos: x 1.500 m

∆ ∆∆t sv s v

255 0,85300 m/s

v v 1,6 255 255340 proj. som proj. proj.

P.55a)24 quadros→ 1 s x→ 30 s x 720 quadros b)24 quadros→ 1 s y→ 600 s y 14.400 quadros (fotos) x→5 s x 320 fotos

16 fotos→1 s

320 fotos→y y 20 s

O movimento da borboleta será visto, na projeção, mais lento do que ocorreu na realidade, pois será projetado com velocidade menor (16 fotos/segundo) do que foi filmado (64 fotos/segundo).

Exercícios propostos 6Os fundamentos da Física • Volume 1 • Capítulo 3

P.58A velocidade do trem maior em relação ao trem menor é vrel. 2v v 3v. Em relação à pessoa do trem menor, um ponto do trem maior percorre 90 m durante a passagem.

A velocidade do trem menor, em relação ao solo, é: 2v 30 m/s

P.60a)Sendo ∆tA ∆tB, concluímos que o receptor R está mais próximo do satélite B, conforme a figura:

P.59s1 40t (s1 em quilômetros e t em horas)

No encontro, temos:

Portanto, o encontro ocorre depois de 1 h da saída do 1o trem e após 40 min da saída do 2o trem.

dA dB

550 km

Escala 0500 km

(Parte 1 de 2)

Comentários