(Parte 1 de 4)

D ED ED ED E
1º 1º 1º 1ºA N OA N OA N OA N O
PROF. AGAMENON ROBERTOPROF. AGAMENON ROBERTOPROF. AGAMENON ROBERTOPROF. AGAMENON ROBERTO

E X P E R I Ê N C I A SE X P E R I Ê N C I A SE X P E R I Ê N C I A SE X P E R I Ê N C I A S < 2007 >< 2007 >< 2007 >< 2007 >

Prof. Agamenon Roberto 1º ANO – EXPERIÊNCIAS 2

1ª e 2ª EXPERIÊNCIAS

OBJETIVO: Mostrar como separar os componentes de uma solução líquida (sólido com líquido ou líquido com líquido). MATERIAL NECESSÁRIO: Equipamento de destilação (simples e fracionada).

Sulfato de cobre (CuSO4 . 5 H2O). Acetona.

Água destilada. MODO DE FAZER:

No balão de destilação coloque a solução aquosa (aproximadamente 50 mL) de sulfato de cobre e aqueça de modo a entrar em ebulição recolhendo o destilado em um copo de béquer.

No balão de destilação coloque a mistura de acetona com água (em torno de 50 mL) e aqueça de modo a entrar em ebulição recolhendo o destilado em um copo de béquer. PERGUNTAS: 1) Qual a diferença entre destilação simples e destilação fracionada? 2) Qual a cor da solução de sulfato de cobre? 3) Que cor possui o destilado na solução de sulfato de cobre? Justifique sua resposta.

Na destilação fracionada devemos acrescentar um termômetro ao equipamento acima.

Prof. Agamenon Roberto 1º ANO – EXPERIÊNCIAS 3

3ª EXPERIÊNCIA QUEM DERRETE PRIMEIRO?

OBJETIVO: Verificar que a adição de um soluto não volátil a um solvente puro diminui a sua temperatura fusão e a propagação do calor denominada de convecção. MATERIAIS:

• 2 recipientes de vidro ou plástico transparentes.

• 2 pedra de gelo com corante.

• Água.

• Sal de cozinha.

• Coloque a mesma quantidade de água em dois recipientes de 250 mL e adicione um corante. Leve ao congelador a para formar os blocos de gelo.

• Adicione a mesma quantidade de água nos dois recipientes de vidro. Em seguida, em um dos recipientes, vá adicionando sal até saturar a solução.

• Coloque simultaneamente um bloco de gelo colorido em cada recipiente e observe.

O QUE ACONTECE? 1) Em qual dos recipientes o conteúdo do gelo se espalhou mais? Porque? 2) A temperatura dos líquidos nos recipientes é a mesma em toda a sua extensão? Descreva. 3) Em qual recipiente o gelo derreteu mais? Porque?

Prof. Agamenon Roberto 1º ANO – EXPERIÊNCIAS 4

4ª EXPERIÊNCIA

OBJETIVO: Mostrar que cada elemento químico, quando recebe energia, emite uma luz de cor característica.

MATERIAL NECESSÁRIO: • Chama de fogão (ou lamparina a álcool).

• Arame (de preferência de resistência de chuveiro).

• Pegador de madeira.

• Sal de cozinha.

• Sulfato de cobre.

• Cal.

• Cloreto de potássio.

• Fita de magnésio.

• Cloreto de lítio.

Corte um pedaço de arame de cerca de 10 cm. Faça uma pequena volta na sua ponta e fixe a outra ponta em um cabo de madeira ou pegador. Molhe o arame com um pouco de água e coloque a sua ponta na chama para limpá-lo. Deixe o arame esfriar e coloque agora a sua ponta am uma solução aquosa de sal de cozinha. Leve a ponta do arame ao fogo e observe. O que aconteceu? Limpe novamente a ponta do arame até que a chama permaneça inalterada ao se levar ao fogo. Repita estes procedimentos com as soluções de sulfato de cobre e cal, limpando sempre o arame entre um teste e outro. Observe as cores em cada situação.

• Ao se colocar as soluções na chama, observamos as seguintes cores:

sal de cozinha: uma intensa luz amarela cal: fornece luz de cor vermelha. sulfato de cobre: emite uma luz de cor azul-esverdeada. cloreto de potássio: luz de cor violeta. Fita de magnésio: emite luz branca. Cloreto de lítio: emite luz vermelha.

• Esta cor é devida à energia recebida pelo elétron, pela chama, que é devolvida na forma de luz. Esta luz tem comprimento de onda bem característico para cada material.

Prof. Agamenon Roberto 1º ANO – EXPERIÊNCIAS 5

5ª EXPERIÊNCIA

INDICADOR FENOLFTALEÍNA E AZUL DE BROMOTIMOL OBJETIVO: Produzir os indicadores fenolftaleína e azul de bromotimol.

MATERIAIS: Fenolftaleína, azul de bromotimol, álcool, dois copos e uma colher. COMO FAZER:

a) Dissolver 1g de fenolftaleína em 60 mL de álcool e dilui-se com água até 100 mL. Usa-se 1 a 2 gotas para cada 100 mL de solução a titular. b) Dissolve-se 0,1g de azul de bromotimol em 20 mL de álcool quente e dilui-se com água até 100 mL. Usa-se 1 a 3 gotas para cada 100 mL a ser titulada.

Você pode utilizar gotas da solução de fenolftaleína (ou azul de bromotimol) produzida para testar a acidez ou basicidade de alguns líquidos, tais como:

Suco de limão. Água com sabão. Água com pasta dental. Vinagre. Soluções de produtos de limpeza.

BASEÁCIDO BASE ÁCIDO
FENOLFTALEÍNAAZUL DE BROMOTIMOL

a) Pegue dois copos de béquer. b) Em um deles coloque duas gotas de fenolftaleína. c) Coloque uma solução básica em cada e observe a diferença. Obs: Simule que o líquido é vinho discuta porque as cores são diferentes.

Prof. Agamenon Roberto 1º ANO – EXPERIÊNCIAS 6

6ª EXPERIÊNCIA

OBJETIVO: Fazer indicador com produtos naturais. MATERIAIS: Soluções de um ácido e de uma base, beterraba e repolho – roxo.

Corte uma fatia de beterraba, ou uma folha do repolho em pequenos pedaços. Ferva os pedaços cortados em dois copos de água durante 10 min.

Filtre o líquido com um coador comum. COMENTÁRIOS: a) O extrato assim obtido deve ser guardado em geladeira. b) A tabela abaixo mostra as cores dos indicadores em presença de soluções de caráter ácido ou básico:

Solução ácida Solução básica

(Parte 1 de 4)

Comentários