Macroeconomia

Macroeconomia

(Parte 1 de 5)

2010 Luiz Fernando Mählmann Heineck

Ministério da Educação – MEC

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES

Diretoria de Educação a Distância – DED

Universidade Aberta do Brasil – UAB

Programa Nacional de Formação em Administração Pública – PNAP Bacharelado em Administração Pública

Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:121

H468mHeineck, Luiz Fernando Mählmann

Material complementar : macroeconomia / Luiz Fernando Mahlmann Heineck. –

Florianópolis : Departamento de Ciências da Administração / UFSC; [Brasília] : CAPES : UAB, 2010. 178p. : il.

Inclui bibliografia Bacharelado em Administração Pública ISBN: 978-85-7988-008-7

1. Macroeconomia. 2. História econômica. 3. Política monetária. 4. Educação a distância.

I. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Brasil). I. Universidade Aberta do Brasil. I. Título.

CDU: 330.101.541

Catalogação na publicação por: Onélia Silva Guimarães CRB-14/071

© 2010. Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Todos os direitos reservados. A responsabilidade pelo conteúdo e imagens desta obra é do(s) respectivo(s) autor(es). O conteúdo desta obra foi licenciado temporária e gratuitamente para utilização no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Brasil, através da UFSC. O leitor se compromete a utilizar o conteúdo desta obra para aprendizado pessoal, sendo que a reprodução e distribuição ficarão limitadas ao âmbito interno dos cursos. A citação desta obra em trabalhos acadêmicos e/ou profissionais poderá ser feita com indicação da fonte. A cópia desta obra sem autorização expressa ou com intuito de lucro constitui crime contra a propriedade intelectual, com sanções previstas no Código Penal, artigo 184, Parágrafos 1º ao 3º, sem prejuízo das sanções cíveis cabíveis à espécie.

Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:122

PRESIDENTE DA REPÚFLICA Luiz Inácio Lula da Silva

MINISTRO DA EDUCAÇÃO Fernando Haddad

PRESIDENTE DA CAPES Jorge Almeida Guimarães

REITOR Álvaro Toubes Prata

VICE-REITOR Carlos Alberto Justo da Silva

DIRETOR Ricardo José de Araújo Oliveira

VICE-DIRETOR Alexandre Marino Costa

CHEFE DO DEPARTAMENTO Gilberto de Oliveira Moritz

SUBCHEFE DO DEPARTAMENTO Rogério da Silva Nunes

SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Carlos Eduardo Bielschowsky

DIRETOR DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Celso José da Costa

COORDENAÇÃO GERAL DE ARTICULAÇÃO ACADÊMICA Nara Maria Pimentel

COORDENAÇÃO GERAL DE SUPERVISÃO E FOMENTO Grace Tavares Vieira

COORDENAÇÃO GERAL DE INFRAESTRUTURA DE POLOS Francisco das Chagas Miranda Silva

COORDENAÇÃO GERAL DE POLÍTICAS DE INFORMAÇÃO Adi Balbinot Junior

Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:123

Créditos da imagem da capa: extraída do banco de imagens Stock.xchng sob direitos livres para uso de imagem.

Alexandre Marino Costa

Claudinê Jordão de Carvalho Eliane Moreira Sá de Souza

Marcos Tanure Sanabio Maria Aparecida da Silva Marina Isabel de Almeida

Oreste Preti

Tatiane Michelon Teresa Cristina Janes Carneiro

METODOLOGIA PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Universidade Federal de Mato Grosso

Soraya Matos de Vasconcelos

Tatiane Michelon Tatiane Pacanaro Trinca

AUTOR DO CONTEÚDO Luiz Fernando Mählmann Heineck

Coordenador do Projeto Alexandre Marino Costa

Coordenação de Produção de Recursos Didáticos Denise Aparecida Bunn

Supervisão de Produção de Recursos Didáticos Érika Alessandra Salmeron Silva

Designer Instrucional

Andreza Regina Lopes da Silva Denise Aparecida Bunn

Supervisão Administrativa Stephany Kaori Yoshida

Capa Alexandre Noronha

Ilustração

Igor Baranenko

Adriano S. Reibnitz Lívia Remor Pereira

Projeto Gráfico e Finalização Annye Cristiny Tessaro

Editoração Rita Castelan

Revisão Textual Claudia Leal Estevão Brites Ramos

Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:124

Os dois principais desafios da atualidade na área educacional do País são a qualificação dos professores que atuam nas escolas de educação básica e a qualificação do quadro funcional atuante na gestão do Estado brasileiro, nas várias instâncias administrativas. O Ministério da Educação está enfrentando o primeiro desafio com o do Plano Nacional de Formação de Professores, que tem como objetivo qualificar mais de 300.0 professores em exercício nas escolas de ensino fundamental e médio, sendo metade desse esforço realizado pelo Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). Em relação ao segundo desafio, o MEC, por meio da UAB/CAPES, lança o Programa Nacional de Formação em Administração Pública (PNAP). Esse Programa engloba um curso de bacharelado e três especializações (Gestão Pública, Gestão Pública Municipal e Gestão em Saúde) e visa colaborar com o esforço de qualificação dos gestores públicos brasileiros, com especial atenção no atendimento ao interior do País, por meio de Polos da UAB.

O PNAP é um Programa com características especiais. Em primeiro lugar, tal Programa surgiu do esforço e da reflexão de uma rede composta pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), pelo Ministério do Planejamento, pelo Ministério da Saúde, pelo Conselho Federal de Administração, pela Secretaria de Educação a Distância (SEED) e por mais de 20 instituições públicas de ensino superior, vinculadas à UAB, que colaboraram na elaboração do Projeto Político Pedagógico dos cursos. Em segundo lugar, esse Projeto será aplicado por todas as instituições e pretende manter um padrão de qualidade em todo o País, mas abrindo

Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:125 margem para que cada Instituição, que ofertará os cursos, possa incluir assuntos em atendimento às diversidades econômicas e culturais de sua região.

Outro elemento importante é a construção coletiva do material didático. A UAB colocará à disposição das instituições um material didático mínimo de referência para todas as disciplinas obrigatórias e para algumas optativas. Esse material está sendo elaborado por profissionais experientes da área da Administração Pública de mais de 30 diferentes instituições, com apoio de equipe multidisciplinar. Por último, a produção coletiva antecipada dos materiais didáticos libera o corpo docente das instituições para uma dedicação maior ao processo de gestão acadêmica dos cursos; uniformiza um elevado patamar de qualidade para o material didático e garante o desenvolvimento ininterrupto dos cursos, sem as paralisações que sempre comprometem o entusiasmo dos alunos.

Por tudo isso, estamos seguros de que mais um importante passo em direção à democratização do ensino superior público e de qualidade está sendo dado, desta vez contribuindo também para a melhoria da gestão pública brasileira, compromisso deste governo.

Celso José da Costa

Diretor de Educação a Distância Coordenador Nacional da UAB CAPES-MEC

Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:126

Apresentação1
Introdução17
Definição de Macroeconomia21
Um pouco de cinismo em relação à Macroeconomia25
Uma última trincheira28
Problemas macroeconômicos fundamentais: uma lista curta e uma lista longa31
Sucessos e fracassos macroeconômicos34
Antecedentes da Macroeconomia36
O reconhecimento da visão de mercado36
O funcionamento dos mecanismos de mercado38
O surgimento da Macroeconomia Moderna – John Maynard Keynes42

Unidade 1 – Macroeconomia

da Economia42
Um desdobramento importante: as curvas IS-LM48

Os condicionantes para o surgimento de uma nova disciplina no campo Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:127

Introdução5
Fluxo circular da renda59
A ótica de mensuração do produto61
Os agregados macroeconômicos63
Identidades contábeis6
Economia fechada e sem gover no68
Economia fechada e com gover no69
Economia aber ta e com gover no71
Sistema de Contas Nacionais73
Balanço de pagamentos78

Unidade 2 – Contabilidade Nacional

Introdução87
Oferta agregada8
Uma discussão sobre curto e longo prazo8
Formatos das cur vas de ofer ta91
Deslocamentos e movimentos ao longo da curva de oferta9

Unidade 3 – Oferta e Demanda Agregadas

longo prazo103
Demanda agregada107
A curva de demanda108

A curva de oferta de curto prazo no entorno da curva de produto potencial de

de demanda112
Resumo dos componentes da demanda113
O retorno ao ponto de equilíbrio: uma análise do longo prazo121

Deslocamentos da curva de demanda e movimentos ao longo da curva Explorando conjuntamente as curvas de oferta e demanda agregadas...114 Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:128

Introdução131
O lado IS do modelo133
Vazamentos e injeções135
A dependência da demanda efetiva aos juros138
Desenho e equacionamento da curva IS141
Deslocamento da curva IS e a sua inclinação146
O lado LM do modelo153
A derivação gráfica da curva LM156
Equacionamento matemático da curva LM159
Deslocamentos e inclinações da curva LM163
Trechos clássicos e keynesianos da curva LM165

Unidade 4 – O Modelo IS-LM

Introdução173
Inflação: definições e tipos175
A inflação expressa por meio da Teoria Quantitativa da Moeda179
Males e benefícios da inflação185
A Curva de Phillips187
A relação entre desemprego, inflação e produto na economia187
A Lei de Okun192
Derivação da curva de demanda e oferta agregadas em função da inflação196
A demanda agregada e sua expressão em forma inflacionária197
Geração da curva de oferta agregada em sua forma inflacionária200
Qualidade do emprego208
Componentes da Curva de Phillipis estendida209

Unidade 5 – Inflação e desemprego A relação entre inflação, taxa nominal e taxa efetiva de juros: a equação de Fisher 183 Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:129

10 Bacharelado em Administração Pública

Macroeconomia

Políticas econômicas ativistas e não ativistas223
Razões para cautela com políticas econômicas227
Defasagens temporais das intervenções governamentais227
A questão das expectativas231
Credibilidade na condução da política econômica234
Políticas econômicas na prática239
Política monetária239
Política fiscal: antecedentes e o keynesianismo246
Referências Bibliográficas258
Minicurrículo260

Unidade 6 – Políticas econômicas Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:1210

1 Módulo 2

Apresentação

Caro estudante,

Estamos iniciando o segundo módulo do curso de

Bacharelado em Administração Pública. Você já deve se sentir mais confiante para intervir direta ou indiretamente em seu local de trabalho a partir dos conhecimentos que formam um curso de Administração Pública. Entusiasmados, começamos a pensar em planejar, organizar e controlar as organizações, no entanto, não podemos deixar de lado uma formação mais ampla e que contemple questões de filosofia e ética. Essa perspectiva teórica foi o objetivo maior do primeiro módulo, como você pôde conferir também na disciplina de Introdução à Economia. Por meio desta nos foi possível mostrar que existem modelos (numéricos ou puramente conceituais) que dizem como as atividades humanas se comportam quando o foco é produzir, distribuir e avaliar custos e preços em uma sociedade.

Neste novo módulo, vamos buscar uma síntese ainda maior, focando o olhar na Macroeconomia. De certa maneira, esta disciplina aponta balizas gerais às atividades que gostaríamos de levar à frente como administradores. Como princípio a Macroeconomia fundamenta recursos que analisam e impõem limites, freios, marcos ou impedimentos mais amplos a nossa atividade como homens econômicos. Existem condicionantes econômicas gerais que indicam que nem tudo é possível de ser realizado para mudar a sociedade, principalmente no curto prazo.

Este é um momento econômico especialmente significativo em nossas vidas. Estamos no início de um novo século e também de um novo milênio. No entanto, para seguirmos produtivamente

Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:121

12 Bacharelado em Administração Pública

Macroeconomia precisamos entender o que aconteceu no passado recente em termos econômicos. A partir de 1800 foram estabelecidas as bases da pujança industrial que hoje nos fazem desfrutar de uma vida confortável; por volta de 1900 este crescimento foi ainda maior, com o deslocamento do eixo de crescimento da economia para a América do Norte e a confrontação da implantação de dois modelos diferentes de economia: um implantado no bloco soviético e outro no mundo capitalista. As guerras, as injustiças sociais e as dificuldades econômicas, localizadas de modo agudo em alguns países não desenvolvidos, trouxeram novas reflexões sobre como organizarmos a nossa vida em sociedade e aonde queremos chegar.

Considerando o novo milênio, a partir de 2000 teríamos a oportunidade de consolidar o progresso havido nos dois últimos séculos: colocar a riqueza da sociedade e as novas tecnologias a serviço de um mundo melhor. Mas eis que estamos diante de uma crise econômica de proporções globais.

Ao final deste curso de Bacharelado em Administração

Pública, desejamos ter uma resposta quanto ao nosso desempenho como sociedade na superação dessa crise. Os instrumentos a serem utilizados para esta superação, quer tenham sucesso ou não, serão muito provavelmente descritos ao longo desta disciplina. Assim, começamos o estudo da Macroeconomia em um momento muito adequado para contemplarmos, como estudantes, as responsabilidades dessa disciplina quanto a sua aplicação prática.

Devemos ter em mente que somos assistentes privilegiados das ações de nossos colegas economistas ao propiciarmos à sociedade um novo período de crescimento. Temos consciência de que este esforço intelectual e gerencial de aplicação dos conhecimentos macroeconômicos decidirá nossas vidas no futuro, pelo menos no que tange a nossa saúde econômico-financeira. O momento é grave e precisa de nós, o que significa conduzirmos a gerência da Administração Pública alinhados com preceitos firmemente conhecidos e sobre os quais a Macroeconomia obteve consenso.

Para o melhor entendimento destas questões, organizamos este livro em seis Unidades. São elas:

Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:1212

13 Módulo 2

Apresentação

X Unidade 1: apresenta os fundamentos, os problemas e os modelos macroeconômicos.

X Unidade 2: aborda assuntos da Contabilidade Nacional e introduz os elementos para análise contábil, economia aberta e fechada. A ênfase pretendida é a de mostrarmos como se faz a mensuração da atividade econômica, introduzindo conceitos como renda, poupança, investimento, tributação, exportações e importações.

X Unidade 3: enfatiza os determinantes da demanda e da oferta agregada. Este é o ponto central do livro, que vai permitir a operacionalização das ferramentas da Macroeconomia que serão vistas nas Unidades seguintes.

XUnidade 4: explora um desdobramento dos determinantes da demanda e da oferta agregada, apresentando uma ferramenta específica e de alto poder de modelagem – as curvas IS-LM. Vamos precisar de um pouco de paciência para entendermos porque é dada tanta ênfase a este desdobramento numérico e gráfico contido nas curvas IS-LM. Quando chegarmos neste ponto você vai se surpreender com a elegância dessa técnica gráfica, que reproduz, de maneira mais abrangente, as mesmas considerações das curvas de oferta e demanda agregadas dos capítulos anteriores.

X Unidade 5: trata especificamente do item inflação, porém acrescentando um elemento a mais na ementa da disciplina que é a questão do desemprego, pois este é um tema central nas sociedades modernas. Apesar do caráter conceitual deste capítulo, ele é apresentado também na forma de mais um instrumento de análise macroeconômica – as curvas de oferta e demanda inflacionárias.

XUnidade 6: momento final do livro, quando encontramos reunidas todas as Unidades anteriores

Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:1213

14 Bacharelado em Administração Pública

Macroeconomia dentro do tema de Políticas econômicas. Esse tema visa englobar os elementos da ementa correspondentes aos itens moeda, juros, renda (no que concerne à política monetária), papel do governo (no que concerne à política fiscal) e equilíbrio geral; e dar a você uso prático e objetivo das ferramentas apresentadas anteriormente.

Esperamos que você tenha uma ótima experiência ao percorrer estes caminhos da economia. Note que ao falarmos de Macroeconomia estamos falando também sobre a vida de cada um de nós, sobre a solução dos problemas nacionais e a eliminação daqueles aspectos que mais nos incomodam, como a desigualdade de renda no Brasil e o progresso marcado por momentos de euforias e crises. Iremos entender como, no longo prazo, os fatores de produção adequadamente reunidos e gerenciados garantirão um futuro melhor para todos nós. E, se a partir de sua experiência pessoal e dos conhecimentos adquiridos nesta disciplina você puder melhor administrar estes fatores de produção, teremos cumprido nossa missão com a redação destes capítulos.

Professor Luiz Fernando Mahlmann Heineck

Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:1214

Módulo 2

Apresentação

15 Módulo 2

Unidade 1 – Macroeconomia

UNIDADE 1 MACROECONOMIA

Ao finalizar esta Unidade você deverá ser capaz de:

fDiscutir os fundamentos da análise macroeconômica, os problemas macroeconômicos e os modelos macroeconômicos, culminando com a discussão sobre as formas radicalmente distintas de entender a economia a partir dos ensinamentos de Keynes; fEntender a extensão e as diversidades dos conteúdos desta disciplina, sua formação histórica e as correntes de pensamento que deram suporte a seu desenvolvimento teórico; e fValorizar o bom senso como um dos ingredientes básicos de condução de ações macroeconômicas.

Macroeconomia - LIVRO Grafica 26-04-10.pmd27/4/2010, 1:1215

16 Bacharelado em Administração Pública

(Parte 1 de 5)

Comentários