Economia Brasileira

Economia Brasileira

Economia Brasileira

Da economia cafeeira a industrialização

  • Economia voltada para fora agro exportadora monocultura (café)

  • Dependência Mundial (demanda)

  • 1930 Economia voltada para dentro

  • -Getúlio Vargas

  • -Crise de 1929

  • -Café com leite

Consequências

  • Renda gerada enviada para fora do país

  • Dependência ao resto do mundo

  • Demanda por café (PxD) Elástica

  • Crise de superprodução de café

  • A primeira vez que aconteceu foi em 1896 – produção maior que a demanda.

Acordo 1906: Convênio de Taubaté

  • Governo do Estado de SP começa a comprar os excedentes de produção do café (estocagem) para manter o preço no mercado (sustentação artificial do preço)

  • 1908,1912,1922

  • Outros países começam a expandir a produção de café devido a lucratividade (Colômbia).

  • Governo de SP “pegava” capital inglês para fazer essas estocagens.

Diversificação

  • – Borracha –Algodão –Ind. Têxtil

  • Parte da riqueza do café começou ir para a indústria.

  • Construção de Ferrovias

  • 1888 – fim da escravidão – formação de classe de assalariados (imigrantes) formação interna do país consumidor.

Primeiro momento crítico

  • Primeira guerra Mundial dificuldade de importação.

  • Primeiro impulso para produzir internamente.

  • Crise de 1929 além da dificuldade de produtos importados houve uma queda pela demanda do café, em consequência a queda do preço.

  • Preço 1929 32

  • US$22,5 8

Mecanismos para manter o preço

  • Desvalorização cambial (mil-réis) 40%

  • Socialização das percas (“de um setor para todos” Celso Furtado (Economista))

  • Instituto Federal do café: estoque e queima da parte do café (política permanente do café – oferta constante – 40% estoque, 30% queima e somente 30% seria colocado no mercado,

  • Proteçaõ da Renda e mudança no financiamento, agora pelo próprio governo (a maior parte da Renda permanece no país),

  • Imposto,

  • Emissão de Moeda.

nelsum@bol.com.br

Comentários