Embriologia

Embriologia

Todos os órgãos já estão em formação (praticamente salvos de anomalias congênitas). O fígado é o principal local de eritropoese

  • Todos os órgãos já estão em formação (praticamente salvos de anomalias congênitas). O fígado é o principal local de eritropoese

  • A cabeça ainda corresponde a metade do corpo.

  • O tronco cresce e surgem as primeiras cartilagens e costelas.

Nascem os primeiros ossos, formam-se os rins definitivos do feto.

  • Nascem os primeiros ossos, formam-se os rins definitivos do feto.

  • O intestino já retornou para o abdome.

  • Realiza movimentos de sucção

  • Começa a responder aos estímulos externos que sente sobre a barriga da mãe.

  • Formação das impressões digitais, coxins tácteis e campos ungueais

Baço inicia a hematopoese.

  • Baço inicia a hematopoese.

  • Já existe produção de urina e liberação no líquido amniótico, que é constantemente renovado.

  • Desaceleração do crescimento da cabeça.

Diferenciação da genitália externa.

  • Diferenciação da genitália externa.

O feto cabe na palma da mão.

  • O feto cabe na palma da mão.

  • Pavilhão auricular destacada-se da cabeça.

  • Osso visíveis ao Rx.

  • Os olhos ocupam uma posição anterior da face e apresentam movimentos.

  • Quanto o feto toca no cordão umbilical, reage com surpresa ao contacto, afastando-se momentaneamente. São as suas primeiras experiências de tacto.

A gestante consegue perceber os movimentos fetais.

  • A gestante consegue perceber os movimentos fetais.

  • O dia do primeiro ponta-pé + 147 dias.

Secreção de glândulas sebáceas, células descamadas da pele.

  • Secreção de glândulas sebáceas, células descamadas da pele.

  • Recobre todo o feto.

  • Função → auxiliar a saída no canal do parto e proteger a pele contra abrasões, rachaduras e endurecimento, que poderiam resultar na exposição ao líquido amniótico.

Todo corpo é coberto por pêlos finos → Lanugo:

  • Todo corpo é coberto por pêlos finos → Lanugo:

  • Participa da formação do verniz caseosa, caindo próximo ao nascimento ou sendo substituído por pêlos definitivos.

A maioria dos dentes de leite estão formados, ainda que ocultos nas gengivas.

  • A maioria dos dentes de leite estão formados, ainda que ocultos nas gengivas.

  • As células nervosas acabaram de se multiplicar; a partir deste momento, o cérebro aumentará umas 90 gramas por mês.

  • Ouve perfeitamente a voz da mãe e é capaz de perceber a dos outros de forma atenuada.

Forma-se a gordura parda (tecido adiposo multilocular), que produz calor para a manutenção térmica do RN, por oxidação de ácidos graxos.

  • Forma-se a gordura parda (tecido adiposo multilocular), que produz calor para a manutenção térmica do RN, por oxidação de ácidos graxos.

  • Locais: pescoço, região perirrenal e retroesternal.

O feto apresenta movimentos rápidos dos olhos.

  • O feto apresenta movimentos rápidos dos olhos.

Na 24ª semana é possível observar unhas nos dedos das mãos

  • Na 24ª semana é possível observar unhas nos dedos das mãos

  • Nos dedos dos pés, somente na 26ª semana.

As pálpebras que se fundiram na 9ª semana, agora se abrem.

  • As pálpebras que se fundiram na 9ª semana, agora se abrem.

  • Alguns prematuros nascem com pálpebras ainda fundidas.

O feto ganha grande quantidade de gordura, o que torna sua pele rósea e lisa, com tecido celular subcutâneo.

  • O feto ganha grande quantidade de gordura, o que torna sua pele rósea e lisa, com tecido celular subcutâneo.

Perímetro Cefálio = Perímetro Abdominal.

  • Perímetro Cefálio = Perímetro Abdominal.

  • O feto ganha 14 g/dia e tem aspecto roliço.

  • Tórax saliente com protrusão de mamilos.

  • Testículos na bolsa escrotal.

  • Reflexo de preensão palmar presente.

Fetos mais gordos.

  • Fetos mais gordos.

  • Unhas chegam as pontas dos dedos.

  • Testículos na bolsa escrotal.

  • Grandes lábios formados.

Unhas chegam as pontas dos dedos.

  • Unhas chegam as pontas dos dedos.

  • A pele é descamativa.

Recém-nato de termo:

  • Recém-nato de termo:

  • Pele rósea e opaca.

  • Descamação de pele.

  • Mamilos salientes.

  • Orelha cartilaginosa.

  • Sulcos nos pés.

  • Pouco lanugo.

  • Boa sucção.

  • Bom tônus.

Pós-datismo ou pós-maturação:

  • Pós-datismo ou pós-maturação:

  • Pele descamada e apergaminhada.

  • Unhas longas.

  • Corpo magro.

  • Cabeça grande.

  • Liberação de mecônio.

Ultra-som:

  • Ultra-som:

  • Comprimento do fêmur.

  • Circunferência abdominal.

  • Perímetro cefálico.

  • Diâmetro bi-parietal.

  • Morfologia.

Amniocentese → dosagem L/E (lecitina/esfingomielina): medida indireta da produção de surfactante.

  • Amniocentese → dosagem L/E (lecitina/esfingomielina): medida indireta da produção de surfactante.

  • Dosagem de alfa-fetoproteina (AFP) → aumentada nos casos de Síndrome de Down e defeitos de tubo neural.

  • Cariótipo → determinação da estrutura e número de cromossomos fetais.

Fetoscopia → observação direta do feto.

  • Fetoscopia → observação direta do feto.

  • Cardiotografia → avaliação da dinâmica cardíaca do feto.

REGRA DE NÄGELE:

  • REGRA DE NÄGELE:

  • Data da última mestruação

  • - 3 meses + 1 ano e sete dias.

  • Ex.: 10 de junho de 2007 =

  • 17 de março de 2008.

Desnutrição materna.

  • Desnutrição materna.

  • Gestação múltipla.

  • Tabagismo materno.

  • Hipertensão materna.

  • Fatores genéticos.

  • Maturação-placentária.

  • Etilismo.

  • Drogas sociais.

  • Doenças infecciosas intra-útero.

Comentários