Iniciação ao SPSS

Iniciação ao SPSS

(Parte 1 de 3)

UNIVERSIDADE DE AVEIRO – Departamento de Ciências da Educação LEIES – PACGI (Módulos 2006)

Análise estatística de dados para as Ciências Sociais – Utilização do SPSS

Módulo 1 – Iniciação ao SPSS Formador - José Bessa 1

Folha de Apoio - Iniciação ao SPSS

O SPSS (Statistical Package for Social Sciences) é uma aplicação de tratamento estatístico De dados que qualquer utilizador familiarizado com o Windows pode usar. A análise estatística é acessível para todos os utilizadores, incluindo os menos experientes. O SPSS é um pacote estatístico usado para a análise de dados que permite manipular, transformar, criar tabelas e gráficos que resumam a informação obtida. Mas as suas potencialidades vão mais além do que a simples análise descritiva de um conjunto de dados. È também possível realizar, com este software, procedimentos mais avançados que vão desde a Inferência Estatística, teste de hipóteses e estatísticas multivariadas para dados qualitativos e quantitativos.

1. Iniciar o SPSS - A janela de abertura do SPSS_

Para fazer correr o SPSS: colocar o cursor sobre o ícone SPSS, e premir o botão esquerdo do rato duas vezes, numa sucessão rápida. É Para sair do SPSS: usar a opção File >Exit.

Figura 1. Janela de iniciação do SPSS.

Quando se inicia o programa SPSS surge a seguinte informação no ecrã: ? Run the tutorial que permite iniciar o manual, construir uma nova base de dados;

? Type in data, para importar dados através de uma base de dados já existente;

? Run an existing query, Create new query using DataBase Capture Wizard, …

? Open an existing data source ou Open another type of file para abrir uma base de dados já existente ou abrir um outro tipo de ficheiro respectivamente. Neste último caso a janela mostra-nos uma listagem de bases de dados e de ficheiros, usados

Análise estatística de dados para as Ciências Sociais – Utilização do SPSS

Módulo 1 – Iniciação ao SPSS 2 recentemente no SPSS. Se a base de dados pretendida estiver na lista apresentada basta seleccioná-la e de seguida OK. Caso contrário é necessário fazer duplo clique sobre More Files, na referida lista.

Figura 2. Janela SPSS for Windows

Se o SPSS já estiver a ser usado (ou depois de aberto) pode-se seleccionar o menu File > Open > Data a partir da janela de edição (SPSS Data Editor). Aparecerá a caixa de diálogo Open File e o procedimento será semelhante ao descrito anteriormente. Nesta caixa de diálogo usam-se as teclas de direcção do teclado para procurar a base de dados pretendida e após se seleccionar a base de dados pretendida clique no botão Open.

Para se procurar os dados numa localização diferente usar Open File > Procurar em …Se os dados armazenados se encontram num outro formato de dados que não o do SPSS (.sav) selecciona-se a opção Ficheiros do tipo no fundo da janela Open / Other. Por exemplo, se seleccionarmos a opção Type in data e depois fizermos <OK>, acedemos ao editor de dados (Data Editor). Se a janela de abertura não aparecer (ou se aparecer, mas fizermos <Cancel>), entramos directamente no Data Editor (editor de dados).

Análise estatística de dados para as Ciências Sociais – Utilização do SPSS

Módulo 1 – Iniciação ao SPSS 3

2. As principais janelas do SPSS

O SPSS para o ambiente Windows apresenta outro tipo de interfaces, tais como: Janelas, barras de ferramentas e de estado, caixas de diálogo e menus que tornam mais acessível o seu manuseamento. A janela de edição (SPSS Data Editor) mostra o conteúdo de uma base de dados: 2.1. Janela de edição de Dados (Data Editor) com duas janelas;

Janela de dados - (Data View): Ao abrir o SPSS é a primeira janela que é visualizada e consiste nma matriz (linhas/colunas) onde vão ser inseridos (ou alterados) os dados. Cada coluna representa uma variável e cada linha é um registo, caso ou observação.

Janela de Variáveis - (Variable View): O SPSS tem uma janela de vista de variáveis onde se definem, ou se modificam, todos os aspectos relativos a cada uma das variáveis. (OBS: Qualquer ficheiro de dados salvado tem uma extensão tipo *.sav).

Figura 3: Janela de edição de dados (Data Editor)

As janelas de edição dos dados têm no topo a barra de títulos e, imediatamente por baixo, a barra de menus e a barra de ferramentas. Na parte inferior da janela, localiza-se a barra de estado, com informações sobre o progresso do trabalho. A barra de menus do Data Editor apresenta as seguintes opções:

? File. Abrir um ficheiro pré-existente (criado ou não no SPSS), criar um novo ficheiro, gravar um ficheiro ou imprimir um ficheiro. Os ficheiros poderão ser de dados (Data), de resultados (Output) ou de sintaxe (Syntax).

? Edit. Desfazer a última acção; cortar, copiar e colar texto, dados ou gráficos. O comando Options permite personalizar a utilização do SPSS.

? View. Ligar/desligar a barra de estado, a barra de ferramentas e as linhas da grelha da folha do editor de dados; apresentar as etiquetas das observações em vez dos números de código.

Análise estatística de dados para as Ciências Sociais – Utilização do SPSS

Módulo 1 – Iniciação ao SPSS 4

? Data. Fazer alterações de fundo nos ficheiros de dados, tais como transposição de variáveis ou de casos, criar subconjuntos de dados para análise, inserir novas variáveis ou casos, juntar ficheiros (com as mesmas variáveis e casos diferentes; com os mesmos casos e variáveis diferentes), ou ordenar os dados do ficheiro segundo determinado critério. As alterações produzidas são temporárias, a menos que se proceda à gravação subsequente do ficheiro.

? Transform. Alterar variáveis já existentes ou calcular novas variáveis a partir das variáveis pré-existentes no ficheiro. As alterações produzidas são temporárias, a menos que se proceda à gravação subsequente do ficheiro. É também possível gerar números aleatórios, atribuir postos às observações ou recodificar variáveis.

? Analyze. Encontram-se nele todos os procedimentos de análise estatística que o

SPSS é capaz de executar (estatística descritiva, tabelas, testes t, análise de variância, regressão, correlação, testes não paramétricos, etc.).

? Graphs. Permite criar gráficos de barras, gráficos de linhas, gráficos circulares, gráficos de áreas, histogramas, diagramas de dispersão, diagramas de caixa e outros tipos de apresentação gráfica, a partir dos dados.

? Utilities. Miscelânea de comandos que parecem não ter cabimento nos outros menús: listagem das variáveis existentes na folha de dados, informação detalhada sobre as características destas variáveis, definição de subconjuntos de variáveis que pretendemos analisar conjuntamente, alteração dos menus utilizando o editor de menús, etc.

? Window. Mudar de uma para outra ou alterar os atributos das diferentes janelas do SPSS (Data Editor, Output, Syntax e Chart).

? Help. Comandos para o sistema de ajuda do SPSS (por tópicos, tutor, guia de sintaxe e “statistics coach”).

Janela de resultados (Output Viewer) – Onde todos os resultados, tabelas e gráficos são exibidos. O conteúdo pode ser editado e gravado em ficheiro (extensão .spo). Janela de edição de gráficos Graph Editor - Abre quando se prime duas vezes o botão do rato sobre um gráfico que esteja no Viewer, possibilitando alterar as cores, os padrões, tipos e tamanhos de letra, trocar os eixos e o tipo de gráfico, etc

Análise estatística de dados para as Ciências Sociais – Utilização do SPSS

Módulo 1 – Iniciação ao SPSS 5

Figura 4. Janela de resultados (Output Viewer)

Janela de comandos - Syntax Editor - É, em termos práticos, uma janela de texto para onde as escolhas feitas nos menús e nas caixas de diálogo do SPSS podem ser copiadas, aparecendo aí sob a forma de uma sintaxe de comandos. Para esse efeito, basta clicar no botão Paste de cada caixa de diálogo, depois de introduzida/ seleccionada toda a informação necessária para a execução do procedimento pretendido. O programa que vai sendo assim construído pode mais tarde ser editado para inserir certas capacidades especiais de análise estatística que só são acessíveis no SPSS em modo programado, e não através das caixas de diálogo. Estes comandos podem ser gravados em ficheiros, e utilizados em sessões de trabalho posteriores. Para se fazer correr um programa de uma janela de sintaxe, basta seleccionar Run na barra de menus do Syntax Editor. (Esta janela não será abordada no módulo).que não será abordada neste módulo .

Figura 5. Janela de commandos (Syntax Editor)

Análise estatística de dados para as Ciências Sociais – Utilização do SPSS

Módulo 1 – Iniciação ao SPSS 6

Regra geral, quando se faz correr o SPSS, há duas janelas Data Editor e Viewer que abrem automaticamente: Se a janela Viewer não abrir nessa altura, abrirá de forma automática quando se solicitar uma análise estatística ou um gráfico. Todas as janelas descritas possuem uma barra de menus (Figura 6) com as opções disponíveis no topo de cada janela e uma barra de ferramentas (Figura7) que permite um acesso facilitado às tarefas mais comuns. Se colocar o ponteiro do rato sobre o botão de uma ferramenta, aparece uma breve descrição dessa ferramenta.

Figura 6 - Barra de menus da janela de edição

Figura 7 - Barra de ferramentas de edição

A maioria das selecções feitas em menus gera uma caixa de diálogo (Exemplo1). Estas caixas servem para seleccionar variáveis e opções de análise.

(Parte 1 de 3)

Comentários