INTRODUÇÃO

  • INTRODUÇÃO

  • CARACTERÍSTCAS DAS ESPÉCIES DE SIPÚNCULOS

  • ESTRUTURA E FUNÇÃO

  • REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO

  • DIVERSIDADE DOS SIPUNCULA

  • FILOGENIA DOS SIPUNCULA

  • CONCLUSÃO

  • REFERÊNCIAS

As 150 espécies conhecidas de sipúnculos são vermes marinhos robustos e tentaculados que lembram superficialmente anêmonas-do-mar cavadoras. Seu corpo contraído pode lembrar um amendoim com casca ou uma estrela, por causa dos tentáculos que irradiam da cabeça.

  • As 150 espécies conhecidas de sipúnculos são vermes marinhos robustos e tentaculados que lembram superficialmente anêmonas-do-mar cavadoras. Seu corpo contraído pode lembrar um amendoim com casca ou uma estrela, por causa dos tentáculos que irradiam da cabeça.

Eles variam de 2mm a mais de 70cm, embora a maioria não exceda 10cm;

  • Eles variam de 2mm a mais de 70cm, embora a maioria não exceda 10cm;

  • Todos são crípticos;

  • A maioria cavadores de fundo;

  • De cor bege;

  • Alguns vivem em areia e lodo (Sipunculus), outros habitam cavidades de corais, conchas de moluscos vazias (Phascolion) ou tubos de anelídeos;

  • Diversas espécies são cavadoras de rochas coralinas e no mínimo uma perfura madeira.

A parede do corpo consiste em uma cutícula composta por fibras colágenas e abaixo a epiderme glandular (camadas musculares);

  • A parede do corpo consiste em uma cutícula composta por fibras colágenas e abaixo a epiderme glandular (camadas musculares);

  • A locomoção e feita pela contração da musculatura e a extensão e retração do introverte;

  • A digestão é extracelular no lúmen intestinal;

  • São suspensívoros não seletivos ou comedores de depósitos;

  • Não dispõem de sistema hemal, o transporte entre duas cavidades celômicas ocorre por difusão;

  • O fluído celômico é o único meio de transporte para gases e nutrientes;

  • O sistema nervoso compõe-se de um cérebro dorsal e um cordão nervoso com ramificações laterais.

Os sexos são separados na maioria das espécies;

  • Os sexos são separados na maioria das espécies;

  • Os gametas são liberados na água do mar e a fertilização é externa;

  • Podem se desenvolver diretamente em pequenos vermes, indiretamente por meio de trocófora lecitotrófica ou indiretamente como uma larva secundária chamada pelagosfera.

150 espécies divididas em dois grandes grupos:

  • 150 espécies divididas em dois grandes grupos:

    • Sipunculidea com 75% das espécies;
    • Phascolosomatidea com os 25% restantes.

Reino: Animalia

  • Reino: Animalia

    • Sub reino: Metazoa
      • Filo Sipuncula
        • Classe Sipunculidea
          • Ordem Sipunculiformes
        • Classe Phascolosomatidea
          • Ordem Phascolosomatiformes
          • Ordem Aspidosiphoniformes
  • latim: siphunculus = pequeno tubo, sifão

A importância ecológica e/ou econômica das espécies de Sipuncula que ocorrem na costa brasileira ainda está para ser determinada;

  • A importância ecológica e/ou econômica das espécies de Sipuncula que ocorrem na costa brasileira ainda está para ser determinada;

  • Os Sipuncula, como qualquer invertebrado marinho ou de água doce, sofrem ação deletéria de parasitas;

  • Os Sipuncula mantêm uma diversificada interação com outros grupos de invertebrados;

  • Os Sipuncula consituem importante item da dieta de peixes de diversas famílias.

  • Ruppert, E. Edward, Zoologia dos invertebrados, 7ª ed, 2005.

  • Sites consultados:

    • http://museo.biologia.ucr.ac.cr/Colecciones/OtrosInvertebrados.htm (acessado em 11/04/2010);
    • http://www.freewebs.com/invertebratezoology/phylumsipuncula.htm (acessado em 11/04/2010);
    • http://www.superstock.com/stock-photography/marine+worm (acessado em 11/04/2010);
    • http://rydberg.biology.colostate.edu/Dissections/sipuncula.htm (acessado em 11/04/2010);
    • http://www.sabedoria.ebrasil.net/db/biologia/estudos/biologia/biologiag/sipuncula.php.htm (acessado em 11/04/2010);

Comentários