ISO 19011 - Diretrizes para auditorias em sistemas de gestão da

ISO 19011 - Diretrizes para auditorias em sistemas de gestão da

(Parte 1 de 17)

Guidelines for quality and/or environmental management systems auditing

Diretrizes para auditorias em sistemas de gestão da qualidade e/ou ambiental

2 Introduction

The ISO 9000 and ISO 14000 series of International Standards emphasize the importance of audits as a management tool for monitoring and verifying the effective implementation of an organization's quality and/or environmental policy. Audits are also an essential part of conformity assessment activities such as external certification/registration and of supply chain evaluation and surveillance.

This International Standard provides guidance on the management of audit programmes, the conduct of internal or external quality and/or environmental management system audits, as well as competence and evaluation of auditors. It is intended to apply to a broad range of potential users including auditors, organizations implementing quality and/or environmental management systems, organizations needing to conduct quality and/or environmental management system audits for contractual reasons, and organizations involved in auditor certification or training, certification/registration of management systems, accreditation or standardization in the area of conformity assessment.

The guidance in this International Standard is intended to be flexible. As indicated at various points in the text, the use of these guidelines can differ according to the size, nature and complexity of the organizations to be audited, as well as on the objectives and scopes of the audits to be conducted. In various places throughout this International Standard, supplementary guidance or examples on specific topics are provided in the form of practical help in boxed text. In some instances, this is intended to support the use of this International Standard in small organizations.

Clauses 1, 2 and 3 of this International Standard address scope, normative references and terms and definitions respectively.

Clause 4 describes the principles of auditing. These principles help the user to appreciate the essential nature of auditing and they are a necessary prelude to clauses 5, 6 and 7.

Clause 5 provides guidance on managing audit programmes and covers such issues as assigning responsibility for managing audit programmes, establishing the audit programme objectives, coordinating auditing activities and providing sufficient audit team resources.

Introdução

A série de Normas Internacionais NBR ISO 9000 e NBR ISO 14000 enfatizam a importância de auditorias como uma ferramenta de gestão para monitorar e verificar a eficácia da implementação da política ambiental e/ou da qualidade de uma organização. Auditorias também são uma parte essencial das atividades de avaliação da conformidade tais como certificação/credenciamento externo e avaliação e acompanhamento da cadeia de fornecedores.

Esta Norma fornece diretrizes para a gestão de programas de auditoria, para realizar auditorias internas ou externas de sistema de gestão da qualidade e/ou ambiental, como também para a competência e a avaliação de auditores. É intenção que esta Norma se aplique a um grande número de usuários potenciais incluindo auditores, organizações que implementam sistemas de gestão da qualidade e/ou ambiental, organizações que precisam realizar auditorias de sistemas de gestão da qualidade e/ou ambiental por razões contratuais, e organizações envolvidas com certificação ou treinamento de auditor, na certificação/credenciamento de sistemas de gestão, no credenciamento ou na padronização na área de avaliação da conformidade.

Pretende-se que a orientação desta Norma seja flexível. Como indicado em vários pontos do texto, o uso destas diretrizes pode diferir de acordo com o tamanho, natureza e complexidade das organizações a serem auditadas, como também com os objetivos e escopos das auditorias a serem executadas. Em vários lugares ao longo desta Norma, orientação adicional ou exemplos em tópicos específicos são fornecidos na forma de ajuda prática em caixa de texto. Em alguns casos, é intenção dar apoio na utilização desta Norma em pequenas organizações.

As cláusulas 1, 2 e 3 desta Norma referem-se ao escopo, referências normativas e termos e definições respectivamente.

A cláusula 4 descreve os princípios da auditoria. Estes princípios ajudam o usuário a entender a essência da natureza da auditoria e são uma introdução necessária para as cláusulas 5, 6 e 7.

A cláusula 5 fornece diretrizes para a gestão dos programas de auditoria e cobre pontos tais como designação da responsabilidade por gerenciar os programas de auditoria, definição dos objetivos do programa da auditoria, coordenação das atividades de auditoria e disponibilização de recursos suficientes para a equipe da auditoria.

Clause 6 contains guidance on conducting quality and/or environmental management system audits, including the selection of audit teams.

Clause 7 provides guidance on the competence needed by an auditor and outlines a process for evaluating auditors.

Where quality and environmental management systems are implemented together, it is at the discretion of the user of this International Standard whether the quality management system and environmental management system audits are conducted separately or together.

Although this International Standard applies to the auditing of quality and/or environmental management systems, the user can consider adapting or extending the guidance provided herein to apply to other types of audits, including other management system audits.

This International Standard provides only guidance, users can apply this to develop their own audit-related requirements.

In addition, any other individual or organization with an interest in monitoring conformance to requirements, such as product specifications or laws and regulations, can find the guidance in this International Standard useful.

A cláusula 6 contém orientação para realizar as auditorias de sistema de gestão da qualidade e/ou ambiental, incluindo a seleção das equipes de auditoria.

A cláusula 7 fornece diretrizes sobre a competência necessária a um auditor e descreve um processo para avaliar auditores.

Onde sistemas de gestão da qualidade e ambiental são implementados conjuntamente, fica a critério do usuário desta Norma se as auditorias do sistema de gestão da qualidade e de gestão ambiental serão executadas separadamente ou em conjunto.

Embora esta Norma se aplique a auditoria de sistemas de gestão da qualidade e/ou ambiental, o usuário pode considerar sua adaptação ou extensão da orientação fornecida para aplicação em outros tipos de auditorias, incluindo auditorias em outros sistemas de gestão.

Esta Norma forneça somente orientação, os usuários podem aplica-la no desenvolvimento de seus próprios requisitos relativos a auditoria.

Adicionalmente, qualquer outro indivíduo ou organização com interesse em monitorar a conformidade a requisitos, tais como especificações de produto ou leis e regulamentos, podem achar útil a orientação desta Norma.

Guidelines for quality and/or environmental management systems auditing

1 Scope

This International Standard provides guidance on the principles of auditing, managing audit programmes, conducting quality management system audits and environmental management system audits as well as the competence of quality and environmental management system auditors.

It is applicable to all organizations having a need to conduct internal or external quality and/or environmental management system audits or manage an audit programme.

The application of this International Standard to other types of audits is possible in principle but special consideration should be paid to identifying the competence needed by the audit team members in such cases.

Diretrizes para auditorias em sistemas de gestão da qualidade e/ou ambiental

1 Escopo

Este Norma fornece orientação sobre princípios de auditoria, gestão de programas de auditoria, realização de auditorias de sistema gestão da qualidade e auditorias de sistema gestão ambiental, como também sobre a competência de auditores de sistemas de gestão da qualidade e ambiental.

É aplicável a todas as organizações que têm necessidade de realizar auditorias internas ou externas de sistemas gestão da qualidade e/ou ambiental ou gerenciar um programa da auditoria.

A aplicação desta Norma para outros tipos de auditorias é possível em princípio mas deve ser dada em tais casos consideração especial a identificação da competência necessária aos membros da equipe da auditoria.

4 2 Normative references

The following normative documents contain provisions which, through references in this text, constitute provisions of this International Standard. For dated references, subsequent amendments to, or revisions of, any of these publications do not apply. However, parties to agreements based on this International Standard are encouraged to investigate the possibility of applying the most recent edition of the normative documents indicated below. For undated references, the latest edition of the normative document referred to apply. Members of ISO and IEC maintain registers of currently valid International Standards.

ISO 9000:2000, Quality management systems - Fundamentals and Vocabulary.

ISO 14050:1998, Environmental management – Vocabulary.

2 Referências normativas

Os documentos normativos relacionados a seguir contêm disposições que, ao serem citadas neste texto, constituem prescrições para esta Norma. Para referências datadas, quaisquer subseqüentes emendas ou revisões destas publicações não se aplicam. Porém, aqueles que realizam acordos baseados nesta Norma são encorajados a verificar a conveniência de usar a edição mais recente dos documentos normativos citados a seguir. Para referências não datadas, a mais recente edição do documento normativo referido se aplica. A ABNT possui a informação das normas em vigor em um dado momento.

NBR ISO 9000:2000, Sistemas de Gestão da Qualidade - Fundamentos e Vocabulário.

NBR ISO 14050:1998, Gestão Ambiental - Vocabulário.

3 Terms and definitions

For the purposes of this International Standard, the terms and definitions given in ISO 9000:2000 and ISO 14050:1998 apply, unless superseded by definitions given below.

A term in a definition or note which is defined elsewhere in this clause is indicated by boldface followed by its entry number in parentheses. Such a boldface term may be replaced in the definition by its complete definition.

3 Termos e definições

(Parte 1 de 17)

Comentários