apostila solidworks 2008

apostila solidworks 2008

(Parte 2 de 6)

Nessa sketch existe um perfil formado por um retângulo, com largura de 40 m e comprimento de 80 m. Note que o botão sketch está ativo, portanto estamos editando uma sketch. Esse perfil retangular servirá como referência para a criação do sólido.

Já na figura ao lado vemos uma feature criada a partir de um perfil de duas dimensões, que é a sketch anterior. Note que a única dimensão nova é a espessura de 20 m, adicionada por uma feature de extrusão. Os tipos de features serão vistos adiante.

2. Barras de Ferramentas e Menus

Tal como nos softwares Microsoft, o SOLIDWORKS possui barras de ferramentas e menus que organizam todas as funções disponíveis pelo software. É importante lembrar que são estes os locais onde você encontrará

Esta peça é formada por 3 sketches (sketch 1,2 e 3) e 3 features (EXTRUDED 1,2 e3).

Área de Trabalho

Árvore do Projeto

Barra de Ferramentas

Menus de Opções e Ferramentas

tudo o que precisa para elaborar seu projeto. Á medida que ferramentas mais complexas forem necessárias, poderão ser adicionadas. Veja a descrição dos itens apontados na figura acima:

Árvore de Projeto: Apresenta todas as características do desenho, ou seja, todas as sketches e features que formam o sólido.

Área de Trabalho: Local onde o desenho é elaborado e modificado.

Barra de Ferramentas: Conjunto de funções que auxiliam na construção de sketches e / ou features. Cabe ressaltar que existem ferramentas próprias para sketches e outras para features.

Menus de opções e Ferramentas: Fornecem um acesso mais completo às funções que estão disponíveis para desenho e permitem também configurar o SOLIDWORKS.

Como dito anteriormente, nossos desenhos e projetos possuirão na sua essência sketches e features. Quando estivermos utilizando umas ou outras algumas ferramentas estarão desativadas, por não serem adequadas a edição de sketches ou fatures. Isso facilita a identificação rápida dos recursos disponíveis.

Esta barra é uma que permite ao usuário ter acesso rápido às principais funções do SOLIDWORKS, como exemplo impressão, criação de novos desenhos, abertura de desenhos já existentes, entre outros. Segue abaixo a descrição dos principais itens desta barra.

Esta barra de ferramentas trata da visualização do sólido que está sendo desenhado. Ela pode mostrar desde todas as linhas e curvas que compõem o sólido até representação do mesmo totalmente preenchido. Essa barra será muito utilizada, pois em função das features e sketches a serem feitas, determinado tipo de visualizado será mais produtivo. Veja o que representa cada ícone dessa barra.

3CRIANDO SKETCHS

Um perfil em 2d é um desenho plano distribuído em apenas dois eixos:

XY, YZ, XZ. Durante a criação de uma SKETCH não se deve desenhá-la pensando no sólido como um todo, pois o mesmo só será obtido após o uso de um comando próprio para sua criação, que pode ser EXTRUDED, REVOLUTION, entre outros.

Para criar uma SKETCH acessa a barra COMMAND MANAGER acesse o segundo ícone da esquerda para direita. Assim a barra de ferramentas para Sketch será exibida. Veja a figura:

Após clicar no segundo botão marcado a processo de criação de

SKETCH será iniciado. O primeiro questionamento do programa sobre a sua SKETCH será a definição do plano ou face na qual será desenhado. As opções padrão se desdobram em quatro planos: FRONTAL, LATERAL, SUPERIOR e INFERIOR.

Para escolher um dos planos basta clica nele ou no nome que o identifica. É muito importante escolher o plano correto para que seu sólido esteja na posição correta durante a modelagem. Nos casos onde se quer modelar peças cilíndricas ou apenas simétricas, deve-se preocupar em construir a SKETCH tendo como referência central a origem da área de trabalho, o que facilitará as tarefas posteriores de edição do sólido.

Depois de escolhido o plano onde a SKETCH será desenhada, é importante utilizar a ferramenta NORMAL TO. Ela se encontra na barra de ferramentas VIEW, no ícone STANDART VIEWS. Essa ferramenta posiciona o plano de frente para a tela, dando a impressão que o usuário está desenhando em um quadro branco. Além dessa facilidade visual a ferramenta NORMAL TO proporciona referências importantes para o traçado de linhas e outras entidades (centro, fim de linha, meio de linha, entre outros).

Clicando no botão surgirá um menu com todas as opções de visualização. As seis primeiras se referem às posições bidimensionais (frontal, traseira, superior, inferior, lateral esquerda, lateral direita). Já as três últimas posicionam o sólido em três dimensões.

Antes de começar a desenhar entidades é importante saber que todas elas deverão possuir medidas, que não podem ser aleatórias, ou seja, precisam ser determinadas para que influenciem positivamente no projeto. É claro que algumas dimensões são obtidas complementarmente a outras. Para

os casos onde é necessário estabalecer medidas usa-se a ferramenta SMART DIMENSION.

Assim que uma entidade é criada, pode-se logo utilizar a ferramenta SMART DIMENSION. Eis as possibilidades de medição:

Comprimento de linhas: clicando na linha automaticamente é criada uma cota e o valor atual de medida é mostrado em uma caixa de diálogo:

Nesse momento pode-se aceitar o valor informado ou digitar o valor de medida ideal e clicar no botão OK (símbolo de visto em verde).

Antes de aceitar o valor digitado para a cota, pode-se ver uma “prévia” do resultado da nova medida no desenho clicando no ícone REBUILD (algo parecido com um sinal de trânsito). A função REBUILD mostra como a nova dimensão se comportará na SKETCH e como as outras medidas se modificarão em função desta.

Mais importante que cotar é deixar as cotas na SKETCH. Elas são automaticamente ocultas quando a SKETCH é fechada. Para efeito de edição é mais prático deixar as cotas na própria SKETCH. Outra vantagem é que no momento em que forem geradas as vistas do sólido no modo DRAWING.

Chamamos de entidades as linhas ou curvas que fazem parte de uma

SKETCH, que podem ser linhas, círculos, retângulos, arcos, polígonos, entre outros. As ferramentas de SKETCH não se resumem apenas à construção, também existem ferramentas para edição de SKETCHS que serão vistas adiante. Veja a barra de ferramentas de SKETCH:

Todas as ferramentas de SKETCH estão disponíveis no MENU TOOLS SKETCH ENTITIES.

Após a seleção da ferramenta adequada repare que seu cursor tomará a forma da ferramenta escolhida. Essa mudança indica que um comando está ativo. Para “parar” um comando basta pressionar a tecla ESC do teclado e o cursor tomará a forma padrão do Windows.

Para traçar uma linha (depois de ter escolhido o comando LINE) basta clicar no ponto inicial, deslocar o mouse até o ponto final e clicar no local onde sua linha terminará. Será traçada uma linha que liga os dois pontos. Para finalizar o comando LINE basta pressionar ESC.

Quando é necessário ligar duas linhas através de seus pontos finais (mais extremos) pode-se utilizar o recurso SNAP do SOLIDWORKS. Quando se aproxima de uma referência (centro, extremidade, ponto médio) o SNAP aponta o a referência mais próxima e basta clicar no ponto para que o software ligue sua linha o ponto.

Observação: Durante o traçado de linhas ao lado do cursor note que é informado instantaneamente o tamanho do segmento. Isso facilita a criação da SKETCH, pois dá noção do tamanho do segmento, mesmo sem o uso do smart dimension.

LINE: Clique no ponto inicial da linha e depois no ponto final.

RECTANGLE: O primeiro ponto será um vértice do retângulo. Desloque o mouse em diagonal para determinar a área do retângulo e clique no ponto desejado.

CIRCLE: O primeiro informa onde é o centro da circunferência; o segundo informa o diâmetro da mesma.

CENTER POINT ARC: Informe o ponto central do arco e depois clique em dois outros pontos para informar a abertura do arco.

TANGENT ARC: Informe o ponto onde o arco começará e informe o seu ponto final.

3 POINT ARC: Informe o ponto inicial, final e o intermediário entre os dois pontos.

A criação de polígonos de assemelha à criação de círculos, pois necessita apenas da informação de origem do círculo que controla o polígono e do fim do mesmo. Após isso teremos o polígono desenhado. O que diferencia os dois comandos é a possibilidade de informar o número de lados que o polígono possuirá. Essa informação está destacada na figura ao lado.

4EDIÇÃO DE SKETCHES

Tais ferramentas são utilizadas para facilitar o término do desenho do perfil (sketch), seja eliminando arestas, aumentando segmentos, criando cópias paralelas de segmentos entre outros.

OBSERVAÇÃO: As ferramentas de edição de entidades estão no menu TOOLS / SKETCH TOOLS.

O exemplo a seguir foi elaborado através da criação e edição de entidades:

Foi desenhado um retângulo e em cada ponto médio de suas arestas foi desenhado um círculo. Com o uso da ferramenta POWER TRIM foram removidas as arestas que não eram necessárias.

(Parte 2 de 6)

Comentários