Biologia - ufrgs-Prova com Gabarito Comentado-2004

Biologia - ufrgs-Prova com Gabarito Comentado-2004

(Parte 5 de 5)

Questão 23 – Letra D (fácil)

O DNA danificado pela radiação UV está presente nas células da pele, portanto, somáticas. O câncer seria herdável se a alteração tivesse ocorrido no DNA das células da linhagem germinativa.

Questão 24 – Letra C (média)

O albinismo é uma doença determinada por um gene autossômico recessivo. João e Maria possuem irmãos albinos e pais normais. Isso indica que os pais de ambos são heterozigotos para a característica considerada. Portanto, a partir dos fenótipos dos irmãos albinos do casal, pode-se deduzir os genótipos de seus pais, que é a informação necessária para elucidar a probabilidade de ambos possuírem o gene recessivo e dessa forma, gerarem um filho albino.

Questão 25 – Letra D (média)

A afirmativa I está errada, pois cada códon deve representar (codificar) um único aminoácido, não vários. Pode haver mais de um códon para o mesmo aminoácido, mas não o contrário.

A afirmativa I está correta, pois se os diferentes grupos possuem os mesmos genes devem ser essenciais para o genoma na determinação das suas características.

A afirmativa I está correta, pois os genes envolvidos na replicação, transcrição e tradução devem fazer parte da formação de um grupo de proteínas necessárias aos seres envolvidos, sendo, então, o conjunto mínimo de genes desses indivíduos.

Questão 26 – Letra B (média)

A hemofilia é transmitida por gene localizado no cromossomo X. Sendo assim, mãe hemofílica terá 100% de seus filhos (homens) afetados pela doença e poderá ter 50% de suas filhas portadoras do gene.

Mães portadoras poderão transmitir o gene a 50% de seus filhos de ambos os sexos.

Homens hemofílicos não transmitem o gene para seus filhos, uma vez que os mesmos herdam o cromossomo Y. Logo, não se pode descartar a possibilidade de nenhum dos homens envolvidos ser pai da criança, uma vez que o gene causador da doença foi transmitido pela mãe.

Questão 27 – Letra D (fácil)

A afirmação I está incorreta porque se o cruzamento ocorre entre poucos indivíduos com caracteres selecionados, a descendência terá uma pequena variabilidade genética.

Questão 28 – Letra A (difícil)

Por conceito, a deriva genética consiste na alteração das freqüências alélicas de uma população, causada por fatores aleatórios. Catástrofes ecológicas são bons exemplos de eventos casuais.

Antes da catástrofe, a população apresenta freqüências alélicas específicas, após a catástrofe, a população restante deve apresentar freqüências alélicas diferentes da população original, evidenciando a deriva gênica.

Questão 29 – Letra C (difícil)

Mecanismos pré-zigóticos de isolamento reprodutivo são aqueles que impedem a fecundação e, portanto, a formação de descendentes. Na situação 1, por não ocorrerem no mesmo hábitat, as espécies sofrem isolamento ecológico; na situação 2, a diferença morfológica entre os órgãos reprodutores gera uma incapacidade mecânica de cruzamento, e, na situação 3, a época de maturação sexual determina o isolamento sazonal.

Questão 30 – Letra C (difícil)

A primeira afirmativa é falsa, pois o nó a não é o mais recente ancestral dos vertebrados, pois esse cladograma não inclui os peixes.

A segunda afirmativa é falsa, pois após o nó a existe o nó b que determina o surgimento dos mamíferos e dos répteis. Não podemos, dessa forma, afirmar que os anfíbios são mais aparentados com os mamíferos do que com os répteis.

A terceira afirmativa é falsa, pois o nó b indica que a linhagem que origina os répteis e os mamíferos possui o mesmo ancestral e, em momento nenhum, mostra qual linhagem surgiu antes.

A quarta afirmativa é verdadeira pois mostra-se com um número maior de nós, demonstrando um número maior de características derivadas.

A quinta afirmativa é verdadeira, pois o cladograma apresenta o surgimento de ancestrais comuns, mas não afirma qual é o mais evoluído. Por isso, o cladograma determina o grau de parentesco e não o grau de evolução.

(Parte 5 de 5)

Comentários