Publicidade e semiotica

Publicidade e semiotica

A semiótica na publicidade

Semiótica na publicidade

  • Magritte ilustra que uma imagem ou sinal não é essa coisa em si.

Semiótica na publicidade

  • “Um sinal é algo que se pode usar para contar uma mentira”

  • Umberto Eco

Semiótica na publicidade

  • Semiótica é uma tradição de pensamento conhecida para chamar atenção sobre as estruturas formais de significação, de sentido de decisão na cultura. Na medida em que podem ser usados para revelar o carácter arbitrário ou na construção dos significados que usamos no nosso quotidiano, semiótica é também uma forma de crítica social.

Semiótica na publicidade

  • Semiótica, ou semiologia, foi iniciada pelo linguista suíço Ferdinand de Saussure, assim como pelo filósofo americano Charles Sanders Peirce.

Semiótica na publicidade

  • Mas, qualquer coisa que se possa dizer sobre isto é que hoje em dia a semiótica dá-nos um conjunto de ferramentas muito útil para identificar e utilizar os padrões que funcionam efectivamente.

Semiótica na publicidade

  • Em Semiótica classificam-se: sinais e sistemas de signos em relação à forma como são transmitidos.

Semiótica na publicidade

  • o sinal é qualquer coisa que tenha um significado.

Semiótica na publicidade

  • Os sinais tem dois aspectos: conteúdo e significado. O conteúdo é o que a imagem realmente significa. Por exemplo: palavras numa página, uma fotografia, etc. O significado é o conceito do conteúdo nos dá.

Semiótica na publicidade

  • Por exemplo, as letras “rose” são o conteúdo e o significado são o conceito que temos sobre a flor.

Semiótica na publicidade

  • A relação entre o conteúdo e o significado é a denotação ou o verdadeiro significado do sinal. A palavra "rose" significa um tipo especifico de flor.

  • Semiótica começa a ser interessante quando começamos a explorar a conotações do significado.

Semiótica na publicidade

  • Conotação envolve o significado desses sinais, que se transformam num segundo significado muito mais complexo. O sinal "rose" transforma-se num segundo significado que se transforma em....

Semiótica na publicidade

  • . . . paixão...amor...etc.

Semiótica na publicidade

  • Este anúncio indica-nos o processo de conotação. Observem este poster por alguns segundos.

Semiótica na publicidade

  • Falemos agora do poster em termos semióticos.

Semiótica na publicidade

  • Uma das primeiras coisas em que os olhos se fixam é nesta placa brilhante. Esta imagem, combinada com as palavras, com o significado visual, literalmente sugere, que é uma placa bronze ou ouro.

Semiótica na publicidade

  • Para maior parte dos observadores este sinal será associado com clubes desportivos de luxo.

Semiótica na publicidade

  • O ouro, brilhante cor da placa reforça essa conotação, porque ouro é geralmente associada à riqueza.

Semiótica na publicidade

  • Evidentemente, que a conotação de riqueza são reforçadas por outros sinais ainda mais distantes deste anúncio, particularmente o ovo Fabergé que acentua a palavra "rico".

Semiótica na publicidade

  • O ovo Fabergé é conhecido como um item de consumo, pertença da colecção de milionários, como por exemplo, Malcolm Forbes.

Semiótica na publicidade

  • Juntos, todos estes sinais sugestivos riqueza cultural constitui um paradigma, uma corrente ou conjunto de sinais: uma colecção de elementos relacionados

Semiótica na publicidade

  • De facto, conjugando dois ou mais elementos de um paradigma, geralmente invocado no espírito do observador muitas mais associações partindo desse paradigma..

Semiótica na publicidade

  • Depois de ver os três elementos do paradigma da "riqueza" aqui representadas, nenhum de nós tem dificuldade de imaginar ou associar outros elementos ao paradigma.

Semiótica na publicidade

  • Evidentemente, o anunciante tem como meta, neste cartaz, é chamar a nossa atenção para o seu produto.

Semiótica na publicidade

  • A excepção é a que na publicidade, a verdade, o produto no anuncio é unicamente factual.

Semiótica na publicidade

  • O produto mergulha em paradigmas culturais desejáveis, incentivando-nos a associar um produto com outras coisas que valorizamos, é a estratégia básica da publicidade actual.

Semiótica na publicidade

  • Vejamos alguns exemplos

  • Parabéns a você ...ISA

Comentários