Como Transformar o Modem SpeedStream 5200 em um Roteador

Autor: Gabriel Torres

Tipo: Tutoriais Última Atualização: 29 de outubro de 2003

Página: 1 de 3 Configurando seu Modem Dúvidas Mais Comuns

Introdução

Obs: Este tutorial é baseado no excelente tutorial presente em http://www.abusar.org/manuais/5200/index.html. Neste link você encontrará ainda mais dicas sobre a transformação do SpeedStream 5200 em roteador e muitas outras dicas sobre modems ADSL.

O modem SpeedStream 5200 é um dos modems ADSL mais populares no Brasil. Ele é usado principalmente no serviço ADSL da Telemar (Velox). O que quase ninguém sabe, é que este modem pode ser transformado em um roteador através de um procedimento extremamente simples de upgrade de firmware. Ou seja, basta atualizar o programa que existe gravado dentro do modem para que ele passe a funcionar como um roteador.

Mas para que transformar um modem em roteador? Existem várias vantagens, especialmente se você quer compartilhar a sua conexão Internet banda larga com outros computadores.

Se você quiser compartilhar a sua conexão ADSL com a sua rede, você obrigatoriamente terá de deixar um computador o tempo inteiro ligado (ou então comprar um roteador, que custa na faixa de R$ 350). Neste computador o modem será conectado e também a rede, através de uma segunda placa de rede. Você terá de instalar e configurar um software de compartilhamento (Wingate, Winroute, etc) ou então habilitar o serviço de compartilhamento de internet do seu sistema operacional. Além disto, você terá de fazer o procedimento de autenticação neste micro.

Transformando o seu modem em um roteador você resolve vários inconvenientes de uma só tacada.

Primeiro, você não precisará mais ter um micro como intermediário na ligação do modem com a rede. O modem poderá ser ligado diretamente ao hub ou ao switch da sua rede, o que não é possível de ser feito com o modem em sua configuração de fábrica. Segundo, você não precisa gastar dinheiro comprando um roteador, que é o equipamento que resolveria esta limitação descrita, permitindo a ligação do modem a um hub ou switch. Terceiro, o processo de autenticação passará a poder ser feito de qualquer um dos micros da rede. Quarto, não é necessária a configuração de qualquer programa de compartilhamento de conexão. Não é uma maravilha?

Você poderá trabalhar da seguinte forma: faz a autenticação do modem a partir de qualquer micro da rede e deixa o modem ligado direto. Assim, se qualquer micro da rede quiser acessar a Internet, basta ligá-lo, sem a necessidade de ligar um computador intermediário antes. Este novo procedimento representa também uma economia na conta de luz, já que você não precisará ter dois micros ligados para acessar a Internet.

E como esta maravilha é feita? Você precisará baixar o programa para upgrade de firmware deste modem em http://www.abusar.org/manuais/Update_E240_A21_70-7_1086-503.exe. Note que este upgrade só funciona em modems com part number E240. Basta ver se o número de série do seu modem é algo como XXX-E240-XXX.

Mas antes de fazer o upgrade, baixe também o manual do modem. Isto é necessário porque logo após o upgrade do firmware você não conseguirá acessar mais a Internet, até que você tenha feito algumas configurações no modem. Sugerimos também que você baixe o programa autenticador automático (http://www.veloxservice.com/). Este programa é uma "mão na roda", pois faz automaticamente a autenticação ADSL sem a necessidade se entrar no site da operadora (www.veloxzone.com.br, no caso da Telemar). Com a mesma finalidade você pode baixar o Autenticador ADSL.

Página: 2 de 3 Como Transformar o Modem SpeedStream 5200 em um Roteador

Configurando seu Modem

Após efetuar o upgrade de firmware no modem, você precisará efetuar algumas configurações para que você possa acessar a Internet. O passo a passo é o seguinte.

1. Você deve abrir o seu navegador no endereço http://192.168.254.254/. Este endereço é o endereço de configuração do modem. Na primeira vez em que você abrir este endereço, o modem pedirá para você configurar uma senha administrativa a ser usada nas próximas vezes em que você abrir o seu endereço de configuração. Clique na caixa "Save Settings".

2. Em seguida, clique na opção "Setup" da barra de navegação à esquerda e, em seguida, na opção "WAN Interface". O modem pedirá a senha que você acabou de configurar para prosseguir.

3. Aparecerá uma tela contendo uma lista de configurações para o modem. Haverá duas linhas. Você deverá configurar a primeira linha (chamada 0), clicando sobre seu valor (8/35). Na tela que aparecerá em seguida, você deverá colocar no campo VPI o valor 0 e no campo VCI o valor 33. Clique na caixa Next. Na tela seguinte, selecione a opção "RFC-2684 Bridged". Clique em seguida na caixa Next. Você terá então de dar um nome para esta configuração. Estas configurações que acabamos de fazer servem para você transformar o modem de novo em modem (modo bridge ou ponte). Isto é necessário pois se você tiver que devolver o modem para a operadora (Telemar, por exemplo) será necessário desfazer as modificações que você fez no modem. Sugerimos que você chame esta configuração de "Bridge".

4. Você deverá agora configurar a segundo configuração, que é a configuração para o modem funcionar como roteador. Clique sobre o valor 8/81 da linha 1. Na tela que aparecerá, você deverá colocar no campo VPI o valor 0 e no campo VCI o valor 33. Clique na caixa Next. Na tela seguinte, selecione a opção "PPPoE". Clique na caixa Next. Selecione a opção Client Only e clique em Next. Na tela seguinte, selecione "1" e clique em Next. Na tela em seguida pede o nome do usuário e senha para login na rede da operadora. No caso da Telemar, o nome do usuário e a senha é o número do seu telefone, com o código DDD na frente. Por exemplo, se você mora na cidade do Rio de Janeiro e seu telefone é 2345-6789, você deve entrar nos dois campos (nome do usuário e senha) o valor 2123456789 (sem qualquer traço). Clique em seguida na caixa Next. Em seguida, marque a opção Auto-Connect on Disconnect e clique em Next. Na tela em seguida, deixe o campo (optional Static IP address) em branco e clique em Next. Na tela seguinte, Interface Options, deixe as configurações em seus valores de fábrica e clique em Next. Na próxima tela você deverá dar um nome para esta configuração. Sugerimos que você chame esta configuração de "Roteador". Clique em seguida em Next e, na tela seguinte, em Finish.

5. Agora você deverá habilitar o modem como roteador. Para fazer isto, vá em Setup, WAN Interface. A tela que vai aparecer mostra as duas configurações que você fez (Bridge e Roteador). A configuração que o modem está usando atualmente é a que possui a caixa Disable. Assim, se ao lado de Bridge tiver esta caixa, clique em Disable. Em seguida, clique na caixa Enable que aparecerá ao lado de Roteador. Lembre-se que você terá de voltar o modem para o modo bridge se você for devolver o modem para a operadora.

6. Após habilitar o modem como roteador, você precisará reiniciar o modem. Para isto, clique na palavra "Reboot" em vermelho que aparecerá, clicando na caixa Reboot na tela seguinte.

7. Após o reboot do modem, ele estará funcionando como roteador. Você não precisará mais se conectar usando o programa da Telemar. Basta se autenticar no Veloxzone para ter a Internet funcionando. Recomendamos que você use o autenticador automático (http://www.veloxservice.com/). Como explicamos na semana passada, uma vez autenticado, você não precisará nunca mais se autenticar novamente caso você não desligue o modem.

Página: 3 de 3 Introdução Configurando seu Modem Dúvidas Mais Comuns

Após eu ter transformado o modem em roteador, como faço para compartilhar a Internet com os demais micros da minha casa ou escritório?

Você precisará comprar um hub ou um switch e ligar o modem/roteador a uma das portas do hub ou switch usando um cabo do tipo cross-over (que é um cabo com pinagem diferente do cabo que vem com o modem; este cabo é facilmente encontrado pronto em lojas de material para redes) e cada um dos micros a uma das portas disponíveis neste aparelho, usando cabo em configuração pino-a-pino (o famoso cabo de rede azul). O modem após ser transformado como roteador passa a funcionar como um servidor DHCP, bastando configurar a rede de cada máquina em modo automático que o próprio modem/roteador configure a rede para você.

Qual será o endereço IP das máquinas?

Como dissemos, o roteador funcionará como um servidor DHCP, fornecendo às máquinas endereços na faixa 192.168.x.x automaticamente, e, portanto, basta configurar as máquinas em modo automático para que o roteador as configure automaticamente. As máquinas acessarão a Internet usando um único IP público, que é o endereço IP fornecido pela operadora. Como cada máquina usará um endereço IP “mágico” (endereços na faixa 192.168.x.x e 10.x.x.x são chamados “mágicos” por não permitirem conexão direta com a Internet sem o uso de um roteador), o modem/roteador também passa a funcionar como um firewall, impedindo que hackers acessem as máquinas de sua rede. Ou seja, além da comodidade que o modem passa a oferecer quando funcionando como roteador, você ainda ganha mais segurança.

Eu moro em São Paulo e aqui o modem mais popular é o SpeedStream 5660. Posso usar o mesmo procedimento neste modem?

O procedimento para este modem é diferente, sendo que você deve usar o passo a passo disponível em http://www.abusar.org/manuais/pppoe_no_efficient.html.

Tem como obtermos o firmware em português?

Existe uma versão do firmware em português, o que facilita a configuração do modem para quem não sabe inglês. Mas para isso é necessário fazer primeiro o upgrade do firmware para a versão em inglês, para depois efetuar o upgrade para a versão em português (um upgrade direto para o firmware em português não funciona). O firmware em português pode ser baixado em http://usuarios.uninet.com.br/~pinho/ss5200/Update_E240_A2W_70-37_6081_v1r(5).exe.

Comentários