Jornal de santa catarina uma analise ao ambiente interno e externo do jornal

Jornal de santa catarina uma analise ao ambiente interno e externo do jornal

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

tecnologia em gestão de recursos humanos

jean santos boaventura

jornal de santa catarina

Uma analise ao ambiente interno e externo do jornal

Feira de Santana

2008

jean santos boaventura

jornal de santa catarina

Uma analise ao ambiente interno e externo do jornal

Trabalho apresentado ao Curso Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina Gestão de Pessoas – Modulo II.

Orientador: Prof. Mônica Maria Silva

Feira de Santana

2008

jornal de santa catarina

Uma analise ao ambiente interno e externo do jornal

Questão 01

Faça uma análise do ambiente interno e externo do Jornal de Santa Catarina, destacando para o ambiente interno os pontos fortes e os pontos fracos, e para o ambiente externo as oportunidades e as ameaças. Baseie a sua análise nas informações apresentadas no texto.

Qualquer processo de administração estratégica começa com a análise do ambiente, isto é, com o processo de monitorar o ambiente organizacional para identificar os riscos e oportunidades presentes e futuras. Nesse contexto, o ambiente organizacional engloba todos os fatores, tanto internos como externos à organização, que podem influenciar o progresso obtido através da realização de objetivos da organização.

E fundamental compreender o propósito da análise do ambiente, reconhecer os vários níveis existentes no ambiente organizacional e entender as recomendações das normas para realizar uma análise do ambiente. Assim, o futuro herdará uma crescente mudança em todos os aspectos do ambiente organizacional. Como as organizações futuras serão mais complexas e mais dependentes dos seus ambientes, a realização de análises ambientais, com certeza, será mais importante para os administradores do futuro do que é para os atuais.

Uma consideração da necessidade dos administradores realizarem uma análise baseia-se na Teoria Geral dos Sistemas – TGS, que tem por objetivo uma análise da natureza dos sistemas e da inter-relação entre eles em diferentes espaços, assim como a inter-relação de suas partes. Ela ainda analisa as leis fundamentais dos sistemas.

De acordo com a TGS, as organizações são mais do que fechados, sistemas abertos. Ou seja, as organizações modernas são influenciadas pelo ambiente e estão constantemente interagidos com eles. Como as organizações são sistemas abertos, os fatores ambientais inevitavelmente as influenciam, e cabe aos administradores assegurar que essa influencia seja canalizada para uma direção positiva e que contribua para o sucesso organizacional.

Diante disso podemos concluir que dentro do ambiente interno, que é o ambiente da organização que esta dentro dela e normalmente tem implicação imediata e especifica na administração da organização das empresas jornalísticas, não só do Jornal de Santa Catarina. Tem como pontos fortes1: a gestão de pessoas, instrumentos que influenciem positivamente o desempenho dos funcionários. Para que haja uma transformação para uma alta performance, é necessário que esta organização invista no potencial humano, como: programas de treinamentos, sistemas de incentivos, estabelecimentos de objetivos, avaliação e capacitação dos funcionários e gestores, além do que, criação de novos lideres, melhoria salarial e ambiente de trabalho saudável. Como ponto fraco2 pode citar a baixa valorização da gestão de pessoas na organização.

Já dentro do ambiente externo, deve-se verificar as ameaças3 e oportunidades4 que estão no ambiente da empresa e as melhores maneiras de evitar e usufruir situações. A empresa deve olhar para dentro de si, para o ambiente onde estão as oportunidades de delegar poderes, criando uma mudança na estratégia, se assim for necessário. A criação de lideres que saibam atuar em um ambiente instável torna-se de fundamental importância. O desafio maior será substituir os índices negativos de leitura principalmente entre os jovens que fizeram opção por meios digitais de leitura a exemplo da internet, o que desafia a organização a criar meios competitivos com esta realidade, e afastar as ameaças desta competição.

Questão 2

Pesquise no site da RBS a missão/visão e os valores da empresa e com as informações apresentadas no texto indique quais competências gerais a empresa precisa desenvolver para atingir os resultados esperados.

A empresa deve ter, na sua sustentação estratégias que valorizem a pessoa como fonte de vantagem e como recurso de capital demandando um crescente investimento como diferencial competitivo, portanto, investir na gestão de pessoas leva a empresa a uma alta performance. Para tanto o desempenho deve ser livre e objetivo na obtenção de metas.

Algumas características básicas são notadas:

- Liberdade de desempenho (respeitando as suas formas e se opondo a qualquer tipo de preconceito social, racial, religioso ou político, considerando a liberdade de informação uma conquista das sociedades civilizadas a exemplo da empresa Google.com)

- Construção de desafios (são os desafios que impulsionam as empresas a crescerem e tornarem-se competitivas)

- Determinar e buscar objetivos (fundamental para qualquer organização moderna que disponha de planejamento estratégico e de atuação no mercado)

Segundo Mandelli (2007)

“qualquer organização com desempenho aquém do esperado pode, utilizando ferramentas tradicionais, condicionar a performance humana e melhorar o nível de resultados, mas certamente não chegará à alta performance somente com esse condicionamento” .

O baixo desempenho observado no Jornal de Santa Catarina, pressupõem uma estratégia de baixa performance, ou seja, os valores humanos não estão sendo agregados o que tem levado o jornal ao baixo nível de leitura entre jovens, que escolheram a mídia digital como fonte de informação e entretenimento

Questão 3

Em que estágio de desempenho humano o jornal de Santa Catarina se encontra hoje? Justifique sua resposta com embasamento teórico de acordo com a perspectiva de Mandelli. (Adaptado, Suficiente, Condicional, Livre).

Hoje o jornal se encontra com desempenho suficiente apesar do capital humano ser determinante para o bom desempenho deste tipo de negocio. Pois um jornal depende exclusivamente das pessoas para as diversas fazes da sua concepção.

Questão 4

Para que a empresa possa estar transformada em uma organização de alta performance no prazo de 2 anos, quais são os processos básicos de gestão pessoas que precisam ser estabelecidos?

  • Investir em pessoal com iniciativa própria vislumbrando metas, sem perder o controle de equipe;

  • Promover as aptidões pessoais, dividindo as decisões a serem adotadas;

  • Equipe e direção devem trabalhar para um fim comum e metas comuns;

  • Investir nas pessoas, envolvendo-as nos princípios e causas comuns, fazendo-os adotarem desempenho livre;

  • Desenvolver a confiança, reconhecendo o material humano como base de crescimento, alem do que manter alto nível de comunicação e colaboração coletiva;

REFERENCIAS

Grupo RBS – Missão e Valores do grupo RBS – Rede Brasil Sul, http://www.rbs.com.br/quem_somos/index.php?pagina=missaoValores em 15/08/2008.

Teoria Geral do Sistema – http://www.unicamp.br/fea/ortega/temas530/melissa.thm acessado em 19/08/2008.

INDG – Instituto de Desenvolvimento Gerencial – Gerenciamento pelas Diretrizes; Definição; http://www.indg.com.br/gpd/definição.asp. em 15/08/2008.

INDG – Instituto de Desenvolvimento Gerencial – Gerenciamento pelas Diretrizes; Forma de Atuação; http://www.indg.com.br/gpd/forma_atuacao.asp. em 15/08/2008

INDG – Instituto de Desenvolvimento Gerencial – Gerenciamento pelas Diretrizes; Sistema de Gestão; http://www.indg.com.br/gpd/sistema_gestao.asp. em 15/08/2008.

CERTO, Samuel C. Administração estratégica: Planejamento e implementação da Estratégia. Tradução Flavio Deni Steffen. São Paulo: Makron Book, 1993. 469p.

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Planejamento estratégico: conceitos, metodologia e pratica. 12 ed, São Paulo: Atlas, 1998. 294p.

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Estratégia empresarial: uma abordagem empreendedora. 2.Ed, São Paulo: atlas, 1991. 381p.

1 Pontos Fortes é a diferenciação conseguida pela empresa que lhe proporciona uma vantagem operacional no ambiente empresarial (variável controlável).

2 Ponto Fraco é uma situação inadequada da empresa que lhe proporciona uma desvantagem operacional no ambiente empresarial (variavel controlavel)

3 Ameaças são forças ambientais incontrolaveis pela empresa, que criam obstaculos à sua ação estratégica, mas que poderão ou não ser evitadaos desde eu conhecidas em tempo hábil.

4 Oportinidades são forçasambientais incontrolaveis pela empresa, que podem favorecer a sua ação estrategica, desde que conhecidas e aproveitadas satisfatoriamente enquanto perduram.

Comentários