Cromatografia em camada delgada e cromatografia em coluna

Cromatografia em camada delgada e cromatografia em coluna

  • O QUE É?

  • QUAIS AS VANTAGENS?

  • ADSORÇÃO

PREPARAÇÃO DAS PLACAS

  • PREPARAÇÃO DAS PLACAS

  • DEVE-SE OBSERVAR A POLARIDADE

  • O USO DE MISTURAS DE SOLVENTES

  • TESTANDO O SOLVENTE

Sabendo que o eluente era água, e que a amostra continha os 3 compostos abaixo, relacione o número da mancha com a estrutura dos compostos.

  • Sabendo que o eluente era água, e que a amostra continha os 3 compostos abaixo, relacione o número da mancha com a estrutura dos compostos.

DESENHAR

  • DESENHAR

  • PAPEL DE SEDA

  • FOTOGRAFAR

  • XEROCOPIAR

É uma técnica de partição baseada na capacidade de adsorção e solubilidade

  • É uma técnica de partição baseada na capacidade de adsorção e solubilidade

  • Utiliza uma coluna de vidro aberta na parte superior munida de uma torneira na parte inferior,por onde passa a fase móvel (solvente).

Dentro da coluna se encontra a fase estacionaria (sólida ou liquida) e a fase móvel que é liquida

  • Dentro da coluna se encontra a fase estacionaria (sólida ou liquida) e a fase móvel que é liquida

  • Geralmente na fase estacionaria se usa Sílica gel (SiO2)

A fase estacionaria é sólida e a fase móvel é liquida .

  • A fase estacionaria é sólida e a fase móvel é liquida .

  • Baseia-se nas diferentes afinidades entre a substância e a fase estacionária.

A fase estacionaria é liquida

  • A fase estacionaria é liquida

  • Baseado no diferença de solubilidade dos componentes da mistura nas duas fases liquida ou seja, o que apresentar maior solubilidade na fase estacionária ficará mais retido; os outros descerão a coluna de acordo com a solubilidade de cada um.

  • Coluna Cromatográfica;

  • Bastão de vidro;

  • Béquer;

  • Sílica gel;

  • Hexano.

  • Algodão;

  • Solução de extrato;

  • Cuba cromatográfica;

  • Hexano;

  • Acetato de etila.

Comentários