Apostila de Francês

Apostila de Francês

(Parte 1 de 15)

http//:w.avangardix.hpg.ig.com.br Quarta Revisão – Janeiro de 2005

Avangardix

Método Complementar de Língua Francesa

Fábio Lucas Pierini Formado em Letras (Francês/Português) pela Unesp FCL/CAr

Avangardix – Método Complementar – Fábio Lucas Pierini – 2004

visite-nos: w.avangardix.hpg.ig.com.br - página 2

Prefácio

Caro aluno e caro professor, presente material em suas mãos não pretende ser um curso completo, muito menos ser o bastante para seus estudos em Francês. Trata-se de uma organização em torno do conteúdo mais imediatamente necessário para compreender o funcionamento da

Língua Francesa sem ter de apelar para métodos mais caros ou complexos cujo conteúdo não chegaria a ser explorado em sua totalidade.

Montamos esta apostila pensando nela como uma material complementar para aqueles que já vem estudando há algum tempo e precisam de um manual simplificado para rápida e fácil referência ou para aqueles que nunca viram esse idioma antes, mas pretendem começar de maneira descomprometida um contato com essa língua visando futuramente estudá-la mais a sério.

São 1 capítulos estruturados de acordo com nossas conveniências de aulas, o que quer dizer que não seguimos uma determinada filosofia gramatical pré-estabelecida por estudiosos no assunto, sejam brasileiros, sejam franceses. Recomendamos ao professor que tiver a intenção de aplicar nosso material em sala de aula, a intuição de administrar os assuntos de acordo com a sua própria metodologia, empregando a apostila apenas como fonte de assunto. Já aos que pretendem estudar sozinhos, podem seguir a ordem cronológica dos assuntos sem problema

Esperamos que nosso trabalho venha ao encontro das suas expectativas e que você continue nos prestigiando em nossa página e nos estimulando a desenvolver novos projetos para seus estudos.

Atenciosamente, Fábio Lucas Pierini. Consideração importante:

Ao baixar essa apostila da internet ou fotocopiá-la, você estará aceitando tacitamente a única condição para o seu uso: JAMAIS OMITIR NEM OCULTAR NEM REMOVER O NOME DO AUTOR. Você também NÃO PODERÁ EDITAR ESTE DOCUMENTO. Caso você encontre aqui qualquer tipo de erro, comunique-se com o Avangardix para que possamos disponibilizar uma versão corrigida da apostila.

Avangardix – Método Complementar – Fábio Lucas Pierini – 2004

visite-nos: w.avangardix.hpg.ig.com.br - página 3

Capítulo 1: Pronúncia05

Índice

Capítulo 2: Número e Gênero08
Capítulo 3: Verbos (I – Présent)13
Capítulo 4: As estruturas de Frases23
Capítulo 5: Pronomes e Adjetivos (I)32

Avangardix – Método Complementar – Fábio Lucas Pierini – 2004

Capítulo 6: Verbos (I – Tempos do Passado)40

visite-nos: w.avangardix.hpg.ig.com.br - página 4

Capítulo 7: Pronomes e Adjetivos (I)46
Capítulo 8: Verbos (I – Tempos do Futuro)51
Capítulo 9: Verbos (IV)54
Capítulo 10: Comparação e Advérbios58
Capítulo 1: Verbos (IV)61

Correção dos Exercícios.........................................................................................65

Avangardix – Método Complementar – Fábio Lucas Pierini – 2004 visite-nos: w.avangardix.hpg.ig.com.br - página 5

Capítulo 1: A Pronúncia

A pronúncia do Francês é bastante diferente da que encontramos no Português, mas ambas as línguas têm sons em comum: as consoantes. Isso quer dizer que não há em Francês nenhuma consoante desconhecida para o falante do Português. O que basta aprender são as vogais simples, as vogais nasais e os ditongos.

1.1. Vogais simples:

Como se escreve Como se fala Exemplos O que significa a a âme, lac alma, lago i i vie, riz vida, arroz o ô/ó dôme, mort domo, morte u i para a garganta e u para os lábios sur, rue sobre, rua e mudo premier primeiro é ê blé, enchanté trigo, encantado è é très, père muito, pai ê é fête, bête festa, bicho

Nota: O acento gráfico só muda a pronúncia da letra “E”, que pode ser muda, fechada (Ê) ou aberta (É). Como todas as palavras em Francês são oxítonas, ou seja, só a sílaba final é tônica, o acento não marca a tonicidade de uma sílaba, como é o caso da palavra étudiant: sua pronúncia é é-tu-di-ANT e não É-tu-di-ant como leríamos em Português.

Exercícios: 1. Tente ler as palavras abaixo e escute-as para conferir sua pronúncia.

chat mettre sac porte hasard pur pile dette pétard fenêtre piscine futur arbre délice perle misère terre usine béton colère

1.2. Vogais nasais: Existem três tipos de vogal nasal em Francês, são elas:

Como se escreve Como se fala Exemplos O que significa am, an, em, en ã champion, fantôme empereur, vent campeão, fantasma imperador, vento om, on õ ombre, ongle sombra, unha im, in, um, un én impossible, intéressant parfum, lundi impossível, interessante perfume, segunda-feira

Avangardix – Método Complementar – Fábio Lucas Pierini – 2004 visite-nos: w.avangardix.hpg.ig.com.br - página 6

Exercícios: 2. Tente ler as palavras abaixo e escute-as para conferir a sua pronúncia:

chanson pont lent linge singe examen sang pensée donc maman mention fonction condition main plein matin vendredi demain béton galanterie

1.3. Ditongos:

Os ditongos são uma combinação de duas vogais para formar o som de uma só ou de uma vogal mais uma semi-vogal (vogal fraca):

Como se escreve Como se fala Exemplos O que significa ai ê/é français, aide francês, ajuda au ô automobile, restaurant automóvel, restaurante ei é treize, seize treze, dezesseis eu/œu e para a garganta o para os lábios peu, peur pouco, medo ou u roue, tout roda, tudo oi wá roi, joie rei, alegria

Exercícios: 3. Tente ler as palavras abaixo e escute-as para conferir sua pronúncia:

poids devoir coin poil deux sœur cœur meuble moule écouter poudre couteau mais saisir peindre faire plaire épaule eau jeune

1.4. Outras ortografias:

Há adaptações ortográficas que servem para representar um determinado tipo de som. Em francês existem ao menos dois, GN e ILL:

Como se escreve Como se fala Exemplos O que significa gn nh agneau, poignée cordeiro, punhado ill i famille, travailleur família, trabalhador

Exercícios: 4. Tente ler as palavras abaixo e escute-as para conferir sua pronúncia:

montagne feuille Espagne vieille faille cigogne grenouille Champagne ligne cuillère vigne fille paille cognac mouiller poignard gagner faillir ignorant caillou

Atenção: A palavra ville (cidade) não é pronunciada da mesma forma: os dois “L” ficam com som de L mesmo.

Avangardix – Método Complementar – Fábio Lucas Pierini – 2004 visite-nos: w.avangardix.hpg.ig.com.br - página 7

1.5. O caso do H:

Em Francês, faz-se a distinção entre “H” mudo e “H” aspirado. O mudo comporta-se como uma vogal, possibilitando a elisão entre o artigo ou pronome e a palavra começada com “H” (le + homme = l’homme, “o homem” | je + habite = j’habite, “Eu moro”). Já o aspirado comporta-se como uma consoante, impedindo a elisão (le + haricot = le haricot, “o feijão” | je + hais = je hais, “Eu odeio”). A única maneira de distinguir um tipo de “H” do outro é consultando o dicionário: as palavras começadas por “H” aspirado recebem sempre um asterisco.

Exercícios: 5. Tente ler as palavras abaixo e escute-as para conferir sua pronúncia:

l’habit l’héritage l’hôtel le *hublot le *hasard l’hôpital la *harpe l’humanité l’haleine le *héros l’heure le *hurlement la *hiérarchie l’hommage la *hauteur l’habitude le *handicapé la *hulotte l’histoire le *harcèlement

1.6. Consoantes finais:

(Parte 1 de 15)

Comentários