Aula Clivagem Embrionária

Aula Clivagem Embrionária

(Parte 1 de 4)

Clivagem embrionClivagem embrionáária ria

Lembretes e Informes Lembretes e Informes

PROVAPROVA: : 29 DE SETEMBRO 29 DE SETEMBRO ààs 9:0 s 9:0 h da manhã (segundah da manhã (segunda--feira). feira).

A prova incluirA prova incluiráátoda mattoda matééria ria ministrada atministrada atéédia 26/09. dia 26/09.

Clivagem embrionClivagem embrionáária ria

Divisões mitóticas extremamente rápidas, onde o enorme volume citoplasmático do zigoto édividido em numerosas células menores

Clivagem embrionClivagem embrionáária ria

Apoptose espontânea Apoptose espontânea

Mecanismo de controle Mecanismo de controle de qualidade de qualidade

Remover blastômeros Remover blastômeros danificados, não danificados, não funcionais ou ectfuncionais ou ectóópicos. picos.

Tipos de Tipos de óóvulos vulos

Tipos de Tipos de óóvulos vulos

Os óvulos são classificados pela quantidade e localização do vitelo no citoplasma

Tipos de Tipos de óóvulos vulos

Ovos isolécitos: quantidade relativamente pequena de vitelo distribuído uniformemente na célula.

Ovos telolécitos: vitelo denso concentrado no pólo vegetal.

Tipos de Tipos de óóvulos vulos

Ovos mesolécitos: moderadamente telolécitos.

Ovos centrolécitos: vitelo concentrado no centro da célula.

O estímulo para o início do desenvolvimento éa penetração do espermatozóide no óvulo durante a fecundação e a fusão dos pró-núcleos masculino e feminino formando o zigoto. As divisões celulares iniciais são chamadas de clivagem ou segmentação.

Clivagem ou segmentaClivagem ou segmentaçção ão

SSéérie de divisões mitrie de divisões mitóóticas que ocorrem ticas que ocorrem sem que haja crescimento celular. sem que haja crescimento celular.

Cria a Cria a multicelularidademulticelularidade. .

Volume do ovo Volume do ovo éédividido em numerosas dividido em numerosas ccéélulas menores (blastômeros). lulas menores (blastômeros).

Maioria das espMaioria das espéécies: cies:

Clivagens são controladas por proteClivagens são controladas por proteíínas nas e e RNAsRNAsestocados no ovo. estocados no ovo.

Não hNão hááproduproduçção de RNA. ão de RNA.

Microtúbulose microfilamentossão essenciais durante as clivagens!! Microfilamentos:formação do anel contrátil

Microtúbulos: migração dos cromossomos

Albe rt s

Albe rt s etet al., 2002) al., 2002)

Divisões celulares durante a clivagem: Divisões celulares durante a clivagem:

1.1. Blastômeros iguais Blastômeros iguais

2.2.Blastômeros desiguais Blastômeros desiguais

MACRÔMEROS: cMACRÔMEROS: céélulas maiores (lulas maiores (polopolovegetal) vegetal)

MICRÔMEROS: cMICRÔMEROS: céélulas menores (lulas menores (polopoloanimal) animal)

OrientaOrientaçção dos planos de clivagem ão dos planos de clivagem

Planos de clivagem: Planos de clivagem:

1.1.Longitudinal ou meridional: os planos de Longitudinal ou meridional: os planos de clivagem são paralelos ou atravessam ao clivagem são paralelos ou atravessam ao eixo animaleixo animal--vegetal. vegetal.

2.2.Transversais: atravessam Transversais: atravessam perpendicularmente o eixo animalperpendicularmente o eixo animal- - vegetal. vegetal.

Equatorial: embrião separado em metades Equatorial: embrião separado em metades animal e vegetativa (atravessa o animal e vegetativa (atravessa o equador do equador do embriãoembrião ). ).

Latitudinal: quando não atravessa o equador Latitudinal: quando não atravessa o equador do embrião. do embrião.

OrientaOrientaçção dos planos de clivagem ão dos planos de clivagem

Blastômeros iguais

Blastômeros desiguais

D- Transversal equatorial

C- Longitudinal ou meridiona l E- Tra nsvers al latitudinal

Padrões de clivagem embrionPadrões de clivagem embrionáária ria

Clivagem Clivagem

HoloblHolobl áástica stica

(Parte 1 de 4)

Comentários