Michel Rolle (1652 - 1719)

Michel Rolle nasceu em Ambert, Basse-Auvergne, na França, no dia 21 de Abril de 1652. Recebeu pouca instrução, mas era um autodidata e a maior parte dos seus conhecimentos foi fruto de seus próprios estudos. Trabalhou durante um certo tempo como assistente de diversos advogados da região de Ambert.

Em 1675 foi para Paris, onde trabalhou como escrivão e perito em Aritmética. Adquiriu uma certa fama por ter resolvido um problema proposto publicamente por Ozanam, o que lhe rendeu uma recompensa e uma pensão, oferecidas por Jean Baptiste Colbert, Secretário de Estado da Marinha no reinado de Luís XIV, em 1682. Mais tarde tornou-se tutor do quarto filho do ministro Louvois.

Em 1685 entrou para a Académie Royal des Sciences, onde esteve em contato com grandes cientistas como Jakob Hermann, Daniel Bernoulli e Christian Goldbach. Mais tarde, em 1699, recebeu o título de Pensionnaire Géometre.

Academia Real de Ciências

Pensionista Geômetra

Rolle trabalhou com Análise Diofantina, Álgebra (usando os métodos de Bachet envolvendo o uso do algoritmo Euclidiano) e Geometria. Seu teorema mais importante - conhecido até hoje como Teorema de Rolle - foi publicado em 1691, em um livro sobre Geometria e Álgebra intitulado Méthode pour résoudre les égalités.

Método para resolver as igualdades

Assim como a maioria dos integrantes da Académie des Sciences, especialmente logo depois de 1700, Rolle questionava a validade dos novos métodos infinitesimais tais como eram apresentados por L'Hospital.

Academia de ciências

Sua obra mais conhecida é o Traité d'algèbre, sobre Teoria das Equações, publicado em 1690. Nele, Rolle parece ter sido o primeiro a afirmar que existem n valores para a raiz enésima de um número, mas só foi capaz de provar isso para n=3. Já nessa época, ele adotou a mesma notação utilizada hoje para indicar a raiz enésima.

Tratado de Álgebra

Rolle morreu no dia 8 de novembro de 1719, em Paris, aos 67 anos de idade.

Comentários